publicidade

10 coisas que você nunca deve fazer para seus filhos achando que são atos de amor

Nós queremos dar aos nossos filhos o melhor. Gostaríamos de dá-los tudo o que não tivemos. Mas às vezes os pais vão longe demais com a forma de mostrarem sua afeição. E isso não é o melhor para suas crianças. Antes que as coisas fiquem fora de mão, se atente para os pontos listados abaixo.



1. Fazê-los sentirem-se como reis.

É importante fazer seus filhos se sentirem especiais, mas perder sua autoridade sobre eles só trará consequências negativas. Afirmar sua autoridade significa estabelecer limites. Embora seja vital estabelecer a seus filhos determinadas responsabilidades, é seu dever como pai guiá-los e ajudá-los a serem bem sucedidos em todas as áreas.


2. Confiar-lhes muito dinheiro.

O dinheiro é uma ferramenta, nunca um enfeite. Quanto mais cedo você fazê-los entender isso, melhor seus filhos irão ser. Embora estejamos vivemos em uma época de facilidades, é seu trabalho gerir os recursos, não importa a abundância. Confiar-lhes muito dinheiro ou comprar-lhes joias caras em seus primeiros anos vai os sobrecarregar, e o resultado final será uma criança extremamente ingrata por tudo.


3. Impedir-lhes de trabalhar.

O trabalho é essencial na vida. Adultos responsáveis trabalham para se sustentar. Fazê-los entenderem isso é benéfico para seu sucesso na fase adulta. Compreensivelmente você pode querer protegê-los de qualquer coisa que é trabalhosa, mas ensinar-lhes a lição vital do trabalho será uma atitude mais protetora do que destrutiva. Deixe-os apreciar a sensação de conseguir algo valioso por seus próprios esforços e sentirem orgulho disso.


4. Incentivá-los a não retribuir.

Uma das lições mais importantes que meus pais me ensinaram foi por que eu deveria retribuir. Esse é o fluxo da vida. Você recebe e dá. Não impeça seus filhos de serem voluntários em ações ou caridade.



5. Não exigir que sejam gratos.

Você pode sentir que seu filho merece tudo o que recebe e não deve nada a ninguém. Mas isso não desperta um espírito apreciativo neles. Palavras como “obrigado” os fazem compreender a importância de tudo o que os é dado.


6. Agir como uma criança mimada diante deles.

Nós, como pais devemos dar o exemplo. Nossos filhos devem enxergar responsabilidade e firmeza em nós. Não deveríamos lamentar e reclamar de tudo na frente deles.



7. Deixar de estabelecer limites.

Por natureza, as crianças querem ser mimadas. Não é seu dever como pai fazer isso acontecer. Ao invés disso, você está destinado a certificar-se de que se seus filhos se tornem comportados e simpáticos. Para fazer isso, é necessário estabelecer limitações e restrições, se não a criança torna-se desrespeitosa e rude.


8. Deixar que tudo seja do jeito deles o tempo todo.

É tudo sobre escolher o que você deve e não deve dar a eles. Há uma diferença entre querer o novo Playstation e querer doces. Cabe a você escolher as coisas que serão e não serão do jeito deles.


9. Oferecer-lhes presentes pelas razões erradas.

Se o seu filho está entediado com o velho brinquedo que você o comprou, e por isso tem que dar um novo para que ele pare de reclamar, você está oferecendo-lhe presentes pelas razões erradas. Os presentes devem ser oferecidos para mostrar que eles são merecedores e responsáveis ​​o suficiente para cuidá-los.


10. Privar seu filho de responsabilidades.

Seu filho deve ser responsável por suas ações. Sim, ele vai cometer erros, mas não responsabilizá-lo por estes erros o privará de ver a importância de aprender com eles.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.