10 coisas sobre a Lei da Atração que nunca lhe explicaram direito

Quando ouvi falar em lei da atração pela primeira vez não dei muita importância nem credibilidade, talvez pela forma como isso me foi transmitido na época. Somente anos depois, pelos ensinamentos dos Abraham Hicks, que reconsiderei estudar e, principalmente, praticar o que antes só ouvia falar em teorias rasas.

E afinal, o que é essa tal de lei da atração? E quem são os Abraham?

A Lei da Atração, ou LDA como abreviamos em português, é uma lei universal responsável pela interface entre o mundo físico e o não físico, ou seja, é aquela que transforma pensamentos em coisas. E os Abraham são um grupo de consciência da dimensão não física que transmite ensinamentos sobre essa lei através de Esther Hicks.

Vale lembrar que todos nós temos acesso a essa superconsciência, basta querer de verdade silenciar a mente, sem preguiça de meditar!

Então, para entender sem mais floreios que o segredo, na verdade, não revela segredo nenhum listei 10 coisas sobre a Lei da Atração que nunca lhe (nem me) explicaram direito:

1. Você é o (co)criador da sua própria realidade

Você não cria sozinho, você cocria: você físico e você não físico. E isso é ótimo quando as coisas vão bem. Mas, e quando as coisas não vão bem? Por que alguém cocriaria sofrimento em sua vida? A resposta seria porque essa pessoa está cocriando por padrão e não deliberadamente, ou seja, cocriar por padrão é o mesmo que reproduzir crenças limitantes sem perceber que está fazendo isso.

E não é porque você não percebe que você não é responsável pela própria realidade. Acontece que quando a gente reconhece que tem o poder de ESCOLHA queremos que a nossa realidade mude do dia para noite e, frequentemente, confundimos escolher com controlar.


2. Manifestação não é controle

Você é responsável pelas escolhas que faz, não pelos resultados que obtém. Com frequência, as pessoas tentam usar a lei da atração para controlar os RESULTADOS, outras pessoas ou circunstâncias na vida e isso não funciona.

E sabe por que não funciona? Porque existe algo maior e que as pessoas insistem em se esquecer de levar em consideração nessa equação da manifestação.


3. Sua realidade não muda até que VOCÊ mude

O maior erro é acreditar que é só pensar e o universo fará todo o resto. Acontece que não é só sentar e ficar esperando as coisas acontecerem (apesar de ser essa a ideia que vendem para você) é importante perceber que você está sempre manifestando, seja o que quer ou o que não quer, seja algo diferente ou mais do mesmo.

Então, se você não der o primeiro passo rumo ao que você quer, o universo não tem como lhe entregar o que você quer. A partir do momento em que você DECIDE e AGE aí sim o universo pode começar a trabalhar a seu favor, revelando as especificidades de como as coisas vão acontecer.


4. Existe uma coisa chamada tempo Divino

E por “Divino” entenda o que quiser que isso signifique para você. Para os ansiosos, esse tempo é um martírio! Porém, da mesma forma que um fazendeiro planta milho e, no momento certo, sabe que vai colher este milho, você também deve plantar seus desejos e saber que, no momento certo, você os colherá.

Tudo tem um tempo para acontecer e isso é muito importante para MATURAR as suas percepções sobre a vida. De que adianta ficar sapateando no solo demandando que a semente cresça antes da hora? Quanto mais se cultiva a paciência, mais se aprende sobre o milagre que é estar vivo.


5. O contraste faz parte da sua expansão

Você sabe o que é o contraste? O contraste é a realidade atual manifesta. É o que é. Quando chegamos a esse mundo já havia uma realidade ali a qual começamos a interagir.

A partir do contraste, selecionamos as nossas PREFERÊNCIAS, ou seja, escolhemos o que preferimos para a nossa vida com a intenção de nos tornarmos melhores. Por exemplo: se o nosso contraste nos mostra escassez financeira, desejamos abundância financeira; se o nosso contraste mostra doença, desejamos saúde e por aí vai.

Acontece que muitos de nós nos acostumamos a reagir e brigar com a nossa realidade atual ao invés de aceitar e agir para melhorar a nossa realidade atual. Perceberam a diferença? Sem aceitação, não tem progressão.


6. Nós sempre vamos desejar

Desejar é algo natural e não tem nada de errado com isso. Você não precisa cortar a raiz do desejo até porque isso também seria um desejo! Então, para viver melhor COMPREENDA o que você realmente necessita e não dependa do que você acha que precisa.


7. Bem-estar incondicional

Tudo o que desejamos, desejamos porque acreditamos que vamos nos sentir melhor com a realização. Então, a base de tudo isso é sentir-se bem incondicionalmente e por incondicional entenda que é não depender de nada para sentir-se bem, ou seja, não depender do outro para ser feliz, ou da mudança das circunstâncias para você se sentir melhor, ou da perda de peso para se valorizar, ou de certa quantia de dinheiro para se sentir seguro e etc.

Sinta-se bem primeiro, independentemente de ter ou não aquilo que você quer neste momento.


8. É impossível fingir a felicidade

Pode até ser possível por fora, mas por dentro não tem como se enganar.  O universo é vibracional e responde à energia que você emana com frequência, ou seja, as emoções que você sente com frequência, então, por mais que você engane os outros à sua volta ou até tente enganar a si mesmo forçando a felicidade, perceba que você só atrairá mais enganação para a sua realidade. E aí vai dizer que esse negócio de lei da atração não funciona.

A maioria das pessoas tem medo de sentir suas emoções porque elas não querem atrair as “coisas ruins”. Mas precisamos sentir nossas emoções para liberá-las. Permita-se chorar, ficar deprimido, desapontado, com o coração partido. Quando você não está feliz, não force a felicidade. Seja paciente consigo mesmo. Todas as emoções servem a um propósito de orientação indicando quando você está ou não alinhado com a Fonte.


9. Como entrar no Vortex

Vortex ou vórtice é o campo vibracional onde está tudo o que você quer, digamos assim. E para ter acesso a isso você precisa estar de bom humor. Essa é uma linguagem totalmente vibracional! Emoções são vibrações. E querer se sentir bem deve ser pelo prazer de se sentir bem não pela condição de querer manifestar seus desejos como falamos no tópico acima.

Emoções não mentem. Por isso, o universo não responde ao que você fala mais ao que você realmente quer dizer, ou seja, ao que você sente!


10. O trabalho é interno

Sempre. Não tem outro jeito e cada um precisa ter quantas experiências forem necessárias para se convencer de que o mundo de fora é um reflexo do mundo de dentro e não ao contrário. Onde você está agora é resultado de vibrações (pensamentos e sentimentos) que você emanou no passado. Para mudar seus pensamentos e emoções e, consequentemente, suas circunstâncias, você precisa fazer o trabalho interno necessário para mudar suas crenças.

E como nesse universo nada se perde tudo se transforma. Crenças também não são excluídas, são transformadas. E para transformá-las é preciso presença. A atenção plena é o ingrediente principal para desenvolvermos cada vez mais clareza, foco e determinação em manter nossas novas escolhas e tudo isso a gente consegue trabalhar através da prática consistente de meditação.

Incentivo você a não apenas ler tudo isso passivamente, mas a colocar em prática. É somente com a prática consistente que nos aprofundamos e aprendemos de verdade. Há tanta informação sobre isso e pouco conhecimento.

A lei da atração é real, mas é preciso ter vontade de ir mais fundo e como com qualquer coisa, isso leva tempo e paciência para ser internalizado.

Espero que você possa ver que essas coisas valem a pena, porque uma vida intencionalmente criativa está à sua espera. Você só precisa trabalhar para isso.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123rf / profile_racorn



Deixe seu comentário