10 DICAS PARA AJUDAR COM O EXCESSO DE PENSAMENTOS

1. Entenda que seu excesso de pensamentos é um problema

Muitas pessoas pensam demais, mesmo sem saber, e como resultado, passam a vida em uma espiral de preocupação e insegurança. Uma vez que você souber que pensa demais e aceitar que isso é um problema, será capaz de começar a desafiar a si mesmo, e tentar mudar a maneira com a qual se aproxima de determinadas situações em sua vida.


2. Não seja excessivamente duro consigo mesmo

Uma coisa que o pensador excessivo tende a fazer, com muita frequência, é se culpar por tudo o que acontece em sua vida. Se algo der errado, é muito fácil mesmo culpar a si mesmo, e pensar que provavelmente foi algo que você fez. No entanto, na maioria das vezes, este não é o caso. Normalmente, qualquer coisa que der errado não é tão importante no grande esquema das coisas – tente colocar as coisas em perspectiva, e lembre-se de que não é o fim do mundo.


3. Relaxe e respire

Muitas pessoas não sabem como se acalmar quando estão preocupadas, no entanto, simplesmente tomar algum tempo para se sentar e respirar, pode acalmar sua mente ativa. Sente-se em algum lugar confortável e tome uma respiração profunda e lenta, e, em seguida, segure-a durante alguns segundos antes de expirar. Isso pode diminuir o seu ritmo cardíaco, e ajudá-lo a se apossar da clareza que pode estar faltando quando está se preocupando com a situação.


4. Mantenha-se ocupado

Quando você está pensando demais, nada é pior do que seus pensamentos venenosos para lhe fazerem companhia. É muito melhor tentar manter-se ocupado, porque significa que você tem menos tempo para meditar sobre tudo o que acontece. Tente cercar-se com amigos e família. Fazer algum exercício físico pode também ser ótimo, pois as endorfinas liberadas durante esse tipo de atividade podem lhe dar um impulso muito necessário.


5. Aceite o que não pode mudar, e abrace o que pode

Algumas coisas na vida podemos controlar, outras não. É importante entender a diferença, porque a menos que possamos manter isso em mente, estaremos propensos a gastar muito tempo nos preocupando com coisas sobre as quais não temos controle. Sempre que você se preocupar com alguma coisa, pergunte-se se tem a habilidade para mudar isso. Se você acha que há algo que pode fazer, use toda essa energia para colocar esforço em sua solução. Se não há nada que possa ser feito, então não há muito sentido em se preocupar – pois isso não irá fazer as coisas melhorarem.


6. Tente não falar muito

Uma grande parte do tempo, as pessoas podem incentivá-lo a falar sobre os seus problemas, pois pode ajudar liberá-los. Embora isto seja verdade para problemas “normais”, se você é um pensador excessivo, colocando seus pensamentos para fora, provavelmente apenas os incentivará a girarem em círculos sem nunca encontrarem uma solução – porque na maior parte do tempo, a pessoa vai se preocupar com nada realmente importante, de qualquer maneira.


7. Mantenha-se fora de situações negativas

Por exemplo, se você sabe que quando está bêbado, tende a fazer coisas das quais se arrepende quando acorda, deve evitar o álcool. Se você sabe que não pode controlar suas ações em torno de uma determinada pessoa, ou talvez até mesmo todo um grupo de amigos, então seria melhor evitá-los completamente. Ao manter-se fora de situações negativas, muitas vezes você evita o risco de edificar pensamentos negativos.


8. Não se empolgue com possibilidades

“E se” é um pensamento comum para um pensador excessivo, e é definitivamente um dos mais perigosos para se ter. Você pode ficar louco com todas as diferentes possibilidades para qualquer situação, mas isso só piora as coisas. Claro, você pode tentar fazer escolhas sensatas para aumentar suas chances de um resultado positivo, mas uma vez que suas escolhas foram feitas, há pouco que você pode fazer para mudá-las – se obcecar com o que pode acontecer é apenas um desperdício de energia . Compreender isso, e tentar mudar a maneira com a qual você pensa sobre as consequências de suas ações, pode ser a chave para a prevenção de novos excessos de pensamentos no futuro.


9. Lembre-se de que pensamentos se tornam coisas

Onde a nossa atenção vai, a energia flui. E onde a energia flui, as coisas crescem. Pensamentos excessivos podem manifestar o indesejado. Sempre tente e mantenha seu foco nas coisas positivas, ou nas coisas que você realmente deseja. A chave é focar o desejado, não o indesejado.


10. Tenha um pouco de paciência

Estas dicas vão quase certamente ajudá-lo a acalmar sua ansiedade e excesso de pensamento a longo prazo, porém nada é uma correção instantânea, e é muito importante que você seja capaz de entender isso. Tudo o que é bom requer tempo, e contanto que você coloque esforço para se apossar de seus pensamentos, vai perceber, eventualmente, que eles começarão a diminuir, te deixando com mais tempo para aproveitar a vida ao invés de se preocupar com coisas que não pode controlar.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science and Metaphysics



Deixe seu comentário