publicidade

10 mandamentos para desestressar você, mãe de várias jornadas…

Anda irritada com as crianças? Anda se sentindo culpada por não dar conta das diversas jornadas ou por ter abandonado a academia, a dança, o estudo?



Se você se sente sobrecarregada com suas diversas jornadas e culpada por “descontar” nos filhos, fique comigo, que já vamos ver soluções para isso.

Esta reflexão é para você mãe, seja qual for sua idade, que se sente cansada, estressada, ansiosa, preocupada, negativa, com distúrbio de sono, sem tempo para si e, principalmente, achando que não é uma boa mãe!

Compreendo bem seu desespero! Sou mãe, esposa, profissional com mais de um tipo de trabalho, ser humano… Sempre amei trabalhar, estudar, namorar, cozinhar, arrumar a casa, brincar com os filhos, ver filmes, fazer tricô…

Mas sei como é difícil compatibilizar tudo isso e, acima de tudo, ter momentos só seus para repor energias, manter a autoestima em alta e, principalmente, manter a saúde física, mental e emocional.


Disse difícil, mas não impossível.

É possível compatibilizar tudo e não se abandonar

É só parar de cometer erros que levam nosso tempo e energia embora sem necessidade, sem uma função real.


Quais os principais erros?

– Cultivar culpa! Culpa por não dar conta, culpa por ter raiva de não poder fazer as suas coisas em determinados momentos, culpa por não ser mais organizada, culpa por não pedir ajuda, culpa por não dizer “não”, culpa por não estabelecer limites…

– Não viver o momento presente! Viver pensando no que tem que fazer depois, viver bolando estratégias para poder fazer suas coisas e sentir-se como naquele desenho do papa-léguas que o coiote sempre arma situações e elas nunca saem como ele queria.

– Acreditar que mãe tem que se preocupar! É uma crença limitante que aumenta absurdamente a ansiedade, acreditar que mãe precisa estar sempre preocupada com o filho. Se ele vai sentir frio, se ele vai se dar bem na vida, se ele vai se feliz na relação, etc. Aí agora você pensou: nossa que insensível! Preocupação gera ansiedade, diminui foco e faz um monte de outros estragos. O que a mãe precisa é estar focada e prestar atenção às necessidades dos filhos, planejar e ensinar o que é certo ou errado. Preparar os filhos para o mundo com consciência, apoiar erros e ajudar nas mudanças e elogiar acertos.

– Esperar sempre o tempo e a situação ideal. Melhor mesmo é facilitar a vida e procurar viver intensamente os momentos da melhor forma, mas, com o que se tem. Se sobram 10 minutos para brincar com os filhos, dedique 100% de você nesses 10 minutos. Garanto que é melhor que uma hora dividida entre eles e o face, o whats, o insta…

Estes erros são como drenos, fazendo com que a energia se esvaia.


E qual a solução? Ou, quais as soluções?

Adotar estes 10 mandamentos, para poder ser, com certeza, uma mãe centrada, focada, plena e feliz, com a certeza de que está sendo um modelo certo para os filhos:

1. Nunca se compare! Somos seres únicos e especiais. Você como mãe não pode se comparar a outra mãe, pois são realidades completamente diferentes. Comparações geralmente geram culpa, frustração, inveja, negatividade. Concentre-se apenas em buscar se conhecer e se melhorar.

2. Elimine reclamações e aí você para de detonar seus neurônios, fortalece seu sistema nervoso e ajuda o seu cérebro a permanecer saudável.

3. Reveja constantemente crenças, pois tudo muda rapidamente.

4. Tenha o hábito de parar em alguns momentos do dia e perceber como está se sentindo. Quanto mais você enviar comandos para o cérebro que quer mudar e se fortalecer para poder criar filhos saudáveis e amadurecidos emocionalmente, mais ele vai gerar “química favorável”.

5. Aceite que tem emoções negativas como raiva, medo, inveja. Busque ativar as emoções positivas como amor, gratidão, bondade, gentileza em muito maior dosagem.

6. Não aceite suas próprias desculpas e todos os dias faça algo que goste, desde coisas simples e rápidas como ouvir uma música, comer algo que gosta, regar as plantas, até ir ao cinema, passear…

7. Seja protagonista de sua história, não culpe os demais por seus resultados. Se a vida não está como quer, mude algo, mas não adote o papel de vítima.

8. Perdoe de forma plena, principalmente a si mesma, tudo aquilo que você acredita que fez errado.

9. Seja a pessoa mais amiga de si e a quem você mais ama!

10. Aproveite a rotina e faça exercícios de foco, mantenha-se no presente, viva o agora, assim você preserva a energia emocional.


Veja neste vídeo dicas de como desenvolver o foco aproveitando suas várias rotinas, seus vários papéis:

E agora?

Seja uma mãe de múltiplos papéis bem mais feliz!!!!

Abraço carinhoso!

Isabel

________

Direitos autorais da imagem de capa: dglimages / 123RF Imagens

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.