ComportamentoO SegredoProsperidade

10 perguntas que vão mudar sua maneira de pensar sobre seus problemas

mb

O ditado “Quem ensina aos outros, ensina-se” é muito verdadeiro, não só porque a repetição constante ajuda a gravar os fatos na mente, mas também porque o processo de ensino em si, dá um maior conhecimento sobre o assunto ensinado.



Uma das estratégias que Marc e eu ensinamos vez ou outra é autoinvestigação, que é basicamente a arte de perguntar a nós mesmos as perguntas certas. Por que esta estratégia é tão importante? Porque as perguntas que fazemos a nós mesmos se tornam pensamentos. Pensamentos se tornam palavras. As palavras se tornam ações. Ações se tornam caráter. E o caráter muda tudo.

Verdade seja dita, quando os tempos ficam difíceis e surgem grandes problemas, é a força do nosso caráter que nos faz enxergar além.

E como nosso caráter é diretamente influenciado pelo que dizemos e (pedimos) a nós mesmo diariamente, eu quero que você pense sobre como você tem falado consigo mesmo ultimamente. Você tem usado as palavras poderosas e encorajadoras que usaria ao conversar com um amigo?


Durante todo o dia você fala silenciosamente consigo mesmo, e uma parte de você acredita em cada palavra. Por isso, é importante ficar atento quando surgem problemas, e meditar sobre estas perguntas:

1. Você poderia ser positivo e feliz sobre o que nesse exato momento, se quisesse?

Sua maior arma contra o estresse e negatividade é a sua capacidade de escolher um pensamento ao invés de outro. A felicidade escapa daqueles que se recusam a ver o bom no que têm. Quando a vida lhe der todos os motivos para ser negativo, pense positivo.



2. Você é grato sobre qual problema que não tem?

Sorria, não porque a vida tem sido fácil, perfeita, ou exatamente como você tinha planejado. Sorria porque você escolheu ser feliz e grato por todas as coisas boas que tem, e todos os problemas que não tem.


3. Em que coisas você precisa parar de pensar e dizer para si mesmo?


Pare de se torturar por coisas que você não é, e comece a dar-se crédito por tudo que você é. Nós temos que ser nossos melhores amigos, porque às vezes nós caímos muito facilmente na armadilha de sermos nossos piores inimigos.


4. O que você está segurando que precisa deixar ir?

Uma das lições mais difíceis na vida é deixar ir. Seja culpa, raiva, amor ou perda. Mudar nunca é fácil, você luta para segurar e para deixar ir. Mas, muitas vezes, deixar ir é o caminho mais saudável a tomar. Ele limpa os pensamentos tóxicos do passado. Você tem que libertar-se emocionalmente das coisas que já significaram muito para você, para ser capaz de superar o passado e as dores que ele te trás. Mais uma vez, é preciso muito trabalho para deixar ir e reorientar os seus pensamentos, mas vale cada pouco de esforço você puder reunir.



5. Você vai culpar os outros e negar a responsabilidade? Ou vai criar um plano de ação para avançar em seus próprios termos?

Imagine quão mais eficaz e feliz você seria se, ao invés de negar, culpar, temer e lutar contra determinadas situações e tarefas, você simplesmente as tivesse sobre controle.



6. Como você pode responder com clareza e força, ao invés de impensadamente reagir a certas experiências?

Toda vez que você estiver tentado a reagir da mesma maneira de sempre, pergunte-se se você quer ser um prisioneiro do passado ou um pioneiro do futuro. E lembre-se de que o nosso caráter é muitas vezes mais evidente em nossos altos e baixos. Seja humilde no topo das montanhas, forte nos vales, fiel entre eles.


7. Como você pode estar a serviço de uma pessoa ou situação, e de si mesmo, se todos se sentem puxados para baixo?


A vida é um presente, e nos oferece o privilégio, a oportunidade e a responsabilidade de dar algo em retorno, nos tornando melhores. Assim, a melhor maneira de encontrar a si mesmo quando os tempos estão difíceis é perder-se a serviço de uma causa maior que si mesmo.


8. Você está colocando um monte de expectativas sobre si ou sobre outras pessoas? Essas expectativas estão te servindo ou ferindo?

As expectativas são como barro fino, quanto mais força você usar para segurá-las, mais provavelmente elas irão rachar. Lembre-se disso. Você vai achar a vida muito mais fácil quando você diminuir suas expectativas. Abandone-as um pouco, e aprecie a sua vida e seus relacionamentos pelo que eles são.



9. Quem ou o quê precisa do seu perdão?

Perdão nem sempre cura relacionamentos e situações. Alguns relacionamentos e situações não são destinados a durar. Perdoe de qualquer maneira, e deixe que o que está destinado a ser, acontecer. Vá em frente e se liberte. Quando você conserva ressentimento por uma outra entidade, você está conectado a essa pessoa ou condição por uma ligação emocional mais forte que o aço. O perdão é a única forma de dissolver essa corrente e se libertar.



10. O que você já sabe melhor para a próxima vez?

Não deixe que seu medo de eventos passados ​​afetem o resultado de seu futuro. Viva para o que o hoje tem para oferecer, não pelo o que o ontem levou embora. O que vemos depende da forma como olhamos. Esqueça o que você perdeu e se concentre no que você aprendeu.

A vida é cheia de circunstâncias incontroláveis. A única coisa que podemos controlar é como escolhemos responder.

Em qualquer situação, escolha: Será que vou permitir que isso me chateie? Vou tornar essa situação boa ou ruim? Será que vou optar por ficar ou ir embora? Eu escolheria gritar ou sussurrar? Escolho reagir ou pensar para responder?

Resumindo: As perguntas que fazemos a nós mesmos conduzem nosso comportamento, e nosso comportamento é uma coisa pequena que faz uma grande diferença. Criamos nosso destino a cada dia.

Com qual desses pontos você se identificou mais? O que você faz para ficar atento e focado quando surgem problemas em sua vida? Deixe um comentário abaixo.

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Marc and Angel Hack Life

4 comportamentos tóxicos que separam casais

Artigo Anterior

Aceitação ou resignação?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.