Bem-EstarO SegredoVida

10 regras de alimentação das crianças francesas que deveríamos incorporar em nossas vidas

1. Coma, mas não o dia todo



Três refeições por dia, além do tradicional lanche da tarde, que pode ser uma fruta.

Quando chegar a hora das refeições, você comerá com prazer, porque estará com fome de verdade.



2. Coma alimentos reais e porções generosas

Fazer três refeições por dia sem quebrar a regra significa que você comerá bem quando se sentar na mesa – o que inclui uma entrada, prato principal, queijo e sobremesa. As porções são generosas sem excesso.


3. Escolha água


De um modo geral, os franceses não bebem suas calorias. Na hora das refeições, água é a bebida escolhida. Adultos podem optar por um ou dois copos de vinho, mas as taças não são do tamanho de aquários.


4. Sente-se

É raro ver pessoas comendo durante caminhadas ou compras. Nem mesmo há porta-copos na maioria dos carros. Você come à mesa, não na frente da tela da TV ou computador.



5. Comer algo mais leve à noite

A hora do almoço é o evento principal. O jantar é geralmente light: sopas, saladas, um omelete, um simples prato de massa. Sobremesa pode ser um iogurte ou frutas. E você dorme muito melhor.



6. Quando a cozinha fecha, ela está fechada

Sem assaltos à geladeira após o jantar.


7. Conheça o seu limite, então pare


Definir tempos para comer ajuda-o a entrar em sintonia com quando você estiver realmente com fome ou cheio.


8. Prove sua comida, identifique os ingredientes

Os franceses não apenas gostam de comer comida fabulosa e beber vinho maravilhoso, eles gostam de falar sobre isso. Discutir o gosto das comidas, seus ingredientes e como foram feitas eleva a consciência; as crianças gostam de participar da conversa. Aprendem sobre a origem real das comidas.



9. Vá cozinhar!

Junto com o interesse em ingredientes vem o interesse no processo real de cozinhar. As crianças adoram ajudar com os legumes ou massas frescas, ou fazerum bolo de chocolate sozinhas. Ser parte do processo de apreciação aumenta e cria bons hábitos para a vida.



10. Comer bem não é um pecado; é um prazer

Comer comida excelente – não importa quão simples ou elaborada – é um dos grandes prazeres da vida, e não uma viagem de culpa sem fim. Especialmente quando é com moderação.

 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Mind Body Green

7 hábitos para transformar uma vida tediosa em extraordinária!

Artigo Anterior

A raiva contida é mais perigosa

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.