Existem diversas formas de relacionamentos, o mais conhecido é o interpessoal, ou seja, aquele que temos com outras pessoas. Na área profissional estão os relacionamentos com os clientes, empresas, colaboradores e colegas de trabalho. No aspecto pessoal estão os relacionamentos com a família, parceiros amorosos, grupos sociais, religiosos e amigos.



Agora há um tipo de relacionamento que não é muito conhecido, mas que possui papel fundamental em todos os relacionamentos de sua vida, você já sabe qual é?! Se sim, excelente! Vai aprender algumas estratégias para aprimorá-lo. Se não, sem problemas! Passará a conhecê-lo agora. Esse novo tipo ao qual me refiro é o Relacionamento Intrapessoal, é aquele que diz respeito à capacidade que temos de se relacionar com nossas próprias emoções e sentimentos. Ou seja, refere-se ao autoconhecimento e a automotivação do indivíduo e como ele aplica estes em sua vida.

Estes elementos somados à capacidade de relacionamento interpessoal são fatores fundamentais para o alcance de resultados, pois influenciam diretamente na capacidade de comunicar-se e relacionar-se positivamente com as pessoas e alcançar sua cooperação.


Um bom relacionamento se desenvolve quando há confiança, empatia, respeito e harmonia entre as pessoas envolvidas e você só usufruirá ao máximo disso se tiver o mesmo consigo mesmo em primeiro lugar.

Para podermos desfrutar ao máximo dos nossos relacionamentos e do que a vida pode oferecer, devemos conhecer alguns princípios básicos que regem o comportamento humano. Esse conhecimento fará com que o nosso viver seja mais pleno, e certamente ajudará no processo de construção do destino e realização pessoal. As dicas que irei listar abaixo, podem ser aplicadas para ambos relacionamentos, intra e interpessoal, estude-os, compreenda-os e principalmente, aplique-os efetivamente em sua vida e em pouco tempo verá uma mudança positiva na forma como se relaciona consigo e com o mundo:

 


# 1 Segredo – O mapa não é o território

 

Nós criamos uma realidade de acordo com nossos valores, crenças e experiências de vida. Tudo que temos em mente é uma criação nossa, portanto a forma como vemos o mundo, não é como ele é de fato. Nós reagimos aos nossos mapas de mundo, ou seja, a tudo aquilo que criamos e acreditamos ser verdade. Um princípio básico é que só conseguimos enxergar no exterior aquilo que temos em nosso interior.

A chave nesse ponto é ter flexibilidade e saber que cada pessoa, inclusive você, têm uma maneira diferente de ver o mundo, não há forma certa ou errada e sim a que mais se adapta. Um ponto importante nesse pressuposto é que se nós temos uma realidade criada por nós, podemos modificá-la da forma que quisermos.


 

# 2 Segredo – As experiências possuem uma estrutura

 

Todas as nossas memórias e pensamentos possuem um padrão. É como se houvesse uma estrutura básica com a qual organizamos nossas experiências. Ao mudarmos a estrutura, mudamos a experiência e consequentemente as emoções vinculadas a ela. Procure identificar as memórias que estão “sabotando” seus relacionamentos e modifique a estrutura, tente olhar por um outro ângulo e tire um aprendizado que pode ser utilizado para melhorar a forma como você se relaciona consigo e com as pessoas.


 

# 3 Segredo – Se uma pessoa pode fazer algo, todos podem aprender a fazê-lo também

 

Todos nós possuímos a mesma neurologia, o que muda de uma pessoa para outra é a forma de se processar os eventos ao redor, ou seja, o mapa mental. Podemos aprender como é o mapa mental de uma pessoa que possui bons relacionamentos na vida, modelar suas crenças e comportamentos e fazê-los nosso também. É como se fossemos um grande “biocomputador”, em que se pode ser instalados novas crenças e atitudes, se assim o desejarmos. Esse processo de modelagem pode ser feito através de observação e perguntas.


 

# 4 Segredo – Corpo e mente são partes do mesmo sistema

 

O que pensamos afeta direta e instantaneamente nosso corpo e vice e versa. Observe a fisiologia de uma pessoa que está com depressão, certamente verá ombros caídos, andar rastejante e cabeça baixa. Agora, observe uma pessoa com extrema vitalidade e energia, totalmente o oposto. O simples fato de mudar a nossa fisiologia, já começamos a nos sentir bem. Experimente fazer uma pessoa que está triste olhar para cima e manter uma postura ereta por alguns minutos, em pouco tempo ela vai começar a se sentir melhor.


Procure adotar pensamentos e fisiologias que vão fortalecer seus relacionamentos, dessa forma começará a colher frutos preciosos ao seu redor.

 

# 5 Segredo – As pessoas já possuem todos os recursos de que necessitam

 


Sempre que buscamos ajuda, acreditamos na ideia de que a outra pessoa tem o que necessitamos. Entretanto, para chegarmos à conclusão que o outro tem o recurso que precisamos, em algum nível no nosso ser já temos este conosco. Construímos nossos recursos mentais e físicos a partir de imagens mentais, vozes interiores, sensações e sentimentos. Podemos utilizar essa habilidade nata que temos, para criar os estados que necessitamos, com a finalidade de atingirmos um objetivo em específico (ou vários). O que você deseja obter como resultados em seus relacionamentos? E o que você pensa que você precisa para obtê-lo?

 

# 6 Segredo – É impossível NÃO se comunicar

 


O simples fato de estarmos em silêncio já estamos comunicando. O comportamento não verbal é responsável por mais de 80% da nossa comunicação, ou seja, um olhar, sorriso ou suspiro já passam a mensagem que estamos pensando. Até mesmo nossos pensamentos são formas de comunicação com nós mesmos. Normalmente você só não se comunica quando está há sete palmos abaixo do chão (isso se tirarmos a ótica espírita, caso contrário, segundo essa filosofia, até assim você pode se comunicar icon biggrin Os 10 Segredos do Relacionamento Efetivo ).

# 7 Segredo – O significado da sua comunicação é a reação que você obtém

 

A responsabilidade da comunicação é do comunicador. Os outros recebem o que dizemos e fazemos através dos seus mapas mentais do mundo. Quando alguém ouve algo diferente do que tivemos a intenção de dizer, esta é a nossa chance de observarmos que comunicação é o que se recebe. Procure conhecer os modelos de mundo das pessoas que você convive, dessa forma a forma de se comunicar terá outro sentido e impacto.

 

# 8 Segredo – Todo comportamento tem uma intenção positiva

 

Até posso ouvir alguns de vocês perguntando: “Como assim?”. Todos os comportamentos, por mais nocivos e prejudiciais tiveram um propósito positivo originalmente. Gritar para ser reconhecido. Agredir para se defender. Esconder-se para se sentir mais seguro. Sempre há uma intenção positiva para quem o pratica. A chave para não nos estressarmos com o comportamento alheio, de acordo com o nosso mapa, é separar o comportamento da possível intenção positiva. Dessa forma certamente passaremos a compreender o outro de uma forma mais ampla.

# 9 Segredo – As pessoas sempre fazem a melhor escolha disponível para elas 

 

Todos nós possuímos uma história de vida, e é através dela que aprendemos o que querer, o que valorizar, o que aprender e como fazer tudo isso. É a nossa experiência; e fazemos nossas decisões baseadas nas melhores alternativas que temos no momento da escolha, alternativas essas derivadas de nossa experiência de vida. Sempre faremos a mesma decisão, até acrescentarmos novas informações e escolhas.

 

# 10 Segredo – Se o que você está fazendo não está funcionando, faça outra coisa

 

Se você sempre tiver um comportamento, sempre terá o mesmo resultado. Quer algo diferente? Mude a forma como anda obtendo esse resultado.

Por Edson Oliveira

Você tem problemas sentimentais?

Artigo Anterior

Ser humano

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.