11 coisas que podem estar atrapalhando a sua relação com a Lei da Atração:

Porque aviões voam não significa que não haja gravidade na Terra. Porque há gravidade na Terra não significa que aviões não possam voar.

Porque há Lei da Atração não significa que as outras não atuem!

Uma lei não anula a outra. Mas podemos superar quando sabemos como funcionam e aplicamos conhecimentos e ações sobre elas. Os aviões superam a gravidade porque usam o vento que vem contra ele a seu favor, para criar sustentação.

Use qualquer situação/pessoa que vá contra você a seu favor!

Eu vou compartilhar dois depoimentos contigo, mas depois de uma década testando inúmeras técnicas, posso garantir que a Lei da Atração não é tudo. Calma! Ela existe e ela funciona, mas não é só pensar e receber, assim como voar não é só correr e abrir os braços.

Peço desculpas que este vai ser um texto mais longo do que estamos habituados, mas com certeza ele pode ajudá-lo a fazer as engrenagens da Lei da Atração funcionarem melhor!

1. Passe de mágica

Independentemente de questões religiosas, a Bíblia é um livro fascinantemente curioso. Com tantos avanços na Ciência, especialmente na astronomia, é fácil desacreditar nos primeiros capítulos de Gênesis sobre a criação. Serpente falante e nascimento-da-costela levam o livro para a seção de ficção. Mas tem algo intrigante: o livro foi (provavelmente) escrito por Moisés, e sua narrativa diz que houve: luz, céu, água e terra, mundo verde, animais aquáticos, animais terrestres e homem. Nesta ordem. A Ciência diz: luz, expansão, via Láctea, sistema solar, vida na água, mundo verde, dinossauros, mamíferos e homem. Guardadas as devidas proporções, a ordem bate. Como Moisés sabia disso em 1400 a.C.? Os egípcios, que seja! Como sabiam?

Os judeus sempre foram um povo de muita sabedoria e conhecimento. O Zohar foi escrito há cerca de 2000 anos e já falava sobre o DNA; mais do que isto, dizia quando os cientistas iriam descobri-lo – a previsão aconteceu de fato!

Diante disto é sensato dar atenção a estes textos. Mais sensato ainda é entender que são textos codificados, não literais!

A Lei da Atração, tal como já diziam os cabalistas, diz respeito a criarmos a nossa realidade. Gênesis nos dá uma amostra de criação.

Para ser como o Criador devemos agir como o Criador, e o Criador disse “haja luz” e houve luz. Foco no verbo: dizer. Não está escrito “ele desejou”, “ele fez”, “ele pensou”, está escrito que ele falou. Muito cuidado com o que você fala ao longo do dia (serve também para músicas)! Evite reclamações, fofocas e praguejamentos. Não crie, nem alimente coisas negativas.

Encha-se de luz!

O que é luz? Não sei, diga-me você! É isso que você deseja a todo mundo em festa de fim de ano. O que é luz?


2. Definições

Além de “luz”: o que é “sucesso”? E “sorte”? “Dinheiro”? “Felicidade”?

A preguiça pode estar estraçalhando seus planos. Em todos os sentidos: não agir e não definir.

Vejo muita gente desejando ser feliz. Aham, e o que é ser feliz? Você pode (muito bem) estar numa situação difícil e, apesar disso, ser feliz. Felicidade é uma decisão. Tem muita gente infeliz com milhões no banco e o nome na calçada da fama. Tem gente feliz num leito de hospital.

Quando você fala “eu quero ser feliz” o que significa? “Eu quero ser rico”, “eu quero ter sucesso”… O que estas coisas significam para você? Defina. Es-cre-va!


3. Não saber quem você é

A pior indefinição é sobre si mesmo.

Quais são as suas visões, valores e missão? Em outras palavras: quem é você? O que você veio fazer, como vai fazer e por quê?

Quando você tem estas respostas, você atrai – já falamos sobre como o seu subconsciente conspira a seu favor – pessoas e situações que o ajudam a conquistar estas coisas, que o ajudam a se aproximar do seu ideal. Se você não tem estas respostas na ponta da língua… que tipo de pessoas e situações você vai atrair? Eu tenho a resposta: pessoas e situações que refletem o seu estado de indefinição. Aquela coisa de “deixa a vida me levar”.

E tenha cuidado com desejos vazios e sem significado. Querer por querer não vai lhe trazer sustentação. Existe uma diferença enorme entre querer sem motivo e querer porque significa muito para você – você sabe que significa muito quando a simples menção o emociona/arrepia.

Certifique-se de que seus “queros” estão alinhados com quem você é (missão, visão, valores), e pergunte-se sempre: Por que eu quero isto? O que isto significa para mim?  Como isto pode ajudar o mundo a ser um pouco melhor?


4. Não ter foco

Se eu lhe dissesse que eu vou encontrar um profeta muito poderoso, capaz de realizar qualquer pedido, o que você gostaria que eu pedisse a ele?

Se você hesitou para responder, você não tem um foco.

No documentário “Becoming Warren Buffett”, pedem para Warren Buffett e Bill Gates escreverem uma única coisa que eles atribuem a seus respectivos sucessos; sem saber o que o outro está escrevendo, ambos respondem: foco.

Eu sei que um ano cheio de realizações, paz, amor, sucesso e felicidade inclui casa própria, carro, tanque cheio, relacionamentos saudáveis, dinheiro, compras, etc. Mas foque em uma coisa por vez, concentre toda a sua energia, atenção, fé, esforço, visualização e afirmação em uma coisa. Foco! Realize isto, encha-se de certeza (de que funciona), e vá para o próximo item da lista (mais confiante).


5. CTRL + C, CTRL + V

Pior do que não ter foco, é ter foco na coisa errada.

Imagina se o Criador, em vez de olhar o vazio e dizer “que haja luz”, tivesse dito “Ih, rapaz, tá vazio”!? Soa engraçado, né? Mas quando uma situação está difícil e você diz “tá difícil”, é o que você faz! “Não vai dar”, “duvido que venha”, “não consigo”, “tô sem dinheiro”…

Na Cabala, dizemos que “a vida e a morte estão nas mãos da língua”. Embora soe estranho, é assustadora e encantadoramente verdade.

Histórias reais (aconteceram comigo, em dezembro 2017 e janeiro 2018, respectivamente):

Meu avô se esconde no interior de São Paulo. Como era época festiva, a frota de ônibus nas ruas estava bem reduzida. Para ir, pegamos ônibus cheios, malcheirosos e que demoraram a chegar. Na volta, no ponto de ônibus lotado e disputadíssimo pelos passageiros que fugiam da chuva, eu disse: “O nosso ônibus vai chegar rápido, virá vazio, cheiroso e com lugares para sentarmos. E na hora de descer, com sorte, a chuva terá parado.”. Aconteceu. O ônibus estava vazio, tinha lugares para sentarmos e a chuva parou quando descemos dele. O único ‘porém’ é que eu não disse “que haja bancos secos” e alguns estavam pingados de chuva.

A gatinha de casa sumiu, e, ao voltar, trouxe outro gato consigo. Como já temos quatro, precisamos encontrar um novo lar para ele. Uma vizinha tinha demonstrado interesse, pediu um prazo para se organizar antes da adoção. O prazo chegou e ela não veio. Mas eu disse: “Hoje você vai para sua nova casa”. Minha mãe demonstrou descrença, mas antes que ela terminasse a frase eu a corrigi “Não! Diga que ele vai”. Ela repetiu: “Você vai para sua nova casa”. Algumas horas depois, uma amiga dela comentou que queria um gato. Ela ainda estava aqui quando a vizinha também apareceu atrás do bichinho. Ou seja, de não ter o que fazer passamos a ter opções.


6. “Se” e “Só”

A sua felicidade não é negociável!

O medo limita e aprisiona muitas pessoas, até na hora de desejar uma realidade ideal. A pergunta é “quanto você quer ganhar por mês?”, e elas respondem “quero ganhar R$ 5 mil, mas, se ganhar R$ 3 mil já está bom”. Sabe o que acontece? A pessoa acaba ganhando os R$ 3 mil. Perto de um salário mínimo pode ser melhor, mas perto do verdadeiro desejo dela é pior!

Quando você imagina uma situação ideal, tem que poder a avaliar numa escala de 0 a 10. Se o que você está criando na sua imaginação não é 10, ela não é ideal. Melhore-a!

Não é exagero nem ganância. É querer a totalidade da Luz! É respeitar o seu desejo, a Lei da Atração e o Universo. Eles estão aí para isto! Imagine se seu cônjuge ou seu filho não te quer por inteiro, só quer parte de você, como você se sentiria? Ou, que ele só lhe dá um pouco de atenção, só um pouco disso ou daquilo? Esta energia de “só” não corresponde com a energia de abundância do Universo.

Faça um favor para si: passe um zíper na boca de “se eu conseguir”, “se ela vier”, “se acontecer”, “se der certo”. Ou é ou não é. Não crie incertezas. Troque o “se” por “quando”: “quando eu conseguir”, “quando ela vier”, “quando acontecer”, “quando der certo”. Vê a diferença?


7. Se Deus quiser

Este “se” merece uma categoria exclusiva.

“Querer” pressupõe falta. Deus é perfeito, Deus é completo, não precisa e não quer. Simplesmente é. “Eu sou o que sou”. Deus não quer abençoar, Deus abençoa. É diferente.

É mais delicado porque envolve a fé individual. Posso dizer que entendo que esta frase quer dizer: “se estiver nos planos de Deus”. Mas se você acha que Deus tem planos para deixá-lo infeliz e frustrado, você precisa conhecê-lo melhor! Se Deus não quisesse, não teria colocado a Árvore, a serpente e o homem no mesmo lugar. O fato é “não come para não morrer”, e não “eu não quero que você coma”. Deus não quer nada, Ele não precisa de nada. Pense nisso!

Deus é Luz, a Luz compartilha.

Para compartilhar é preciso ter alguém para receber; consequência natural. E é onde entramos nesta linda história! Somos recipientes.

Acontece que ao nos encher, Ele nos deu sua imagem e semelhança, isto é, além de receber, obtivemos a característica de compartilhar – se você encher um recipiente com bebida quente, o recipiente vai, naturalmente, receber as características da bebida: temperatura, coloração, etc. E, portanto, este é o grande milagre da vida: você é simultaneamente a fonte e o recipiente, o que compartilha e o que recebe.

Lembre-se sempre de compartilhar e criar coisas boas, pois todos vamos receber.

E, mais uma vez, muito cuidado com o que você fala, especialmente com quais “eu sou” saem da sua boca.


8. Mão de vaca

Por falar em compartilhar, eis outra coisa que atrapalha o processo: não compartilhar. Dinheiro, orações, ajudas, boas ações, voluntariado, tempo, amor, carinho, perdão, conhecimento. Mesmo um simples compartilhar deste (e outros textos) já é um compartilhamento.

Nós somos canais de luz neste mundo, recebemos para compartilhar, é como um cano, se estiver tampado em um dos lados, não vai fluir. Certifique-se de que está recebendo e também compartilhando.

Ana Bekoach é uma oração poderosíssima – inclusive, teve um post sobre ela aqui no portal. Tem a transcrição e a tradução, além dos Salmos e dias da semana correspondentes. A oração, contudo, vai além. As iniciais das palavras, juntas, formam combinações que trazem significados ainda mais profundos. Por exemplo, “Alef Bet Guimel Yud Tav Tsady?” tem o valor numérico de “Ahavat Chinam” (Amor Incondicional). Portanto, este verso nos conecta com a misericórdia e o amor do Criador, com o fluxo da perfeição, ajuda-nos a estar além das limitações de tempo-espaço-movimento. Uma outra combinação das iniciais vai despertar a capacidade de dizer as palavras certas, no momento certo, e, atrair as pessoas certas.
Vale muito a pena dar uma olhada no vídeo do Youtube, “Ana Be Coach”, do canal Elo 91 Escola de Cabala. Lá, o professor, que é israelense, explica (em Português) verso a verso desta oração capaz de alinhar você com a Árvore da Vida!

Esta oração o permite conectar-se com as outras pessoas e enviar (compartilhar) a elas todas as energias da prece. É um must-do (tem-que-fazer) diário.


9. Falta de investimento

Tempo, conhecimento, dinheiro, espiritualidade, amor. Quem não investe em si, não cresce. Quem não cresce não sai do lugar. A internet está cheia de livros, textos e vídeos, uns gratuitos, outros não, para ajudar no seu crescimento.

Cresça todos os dias! Nem que seja 0,001%, mas certifique-se de que você está investindo em si e está crescendo continuamente. Quanto mais você investe em si, mais você cresce, quanto mais você cresce, mais você sabe/tem, quanto mais você sabe/tem mais você pode compartilhar; consequentemente, maiores são sua luz (intensidade) e resultados da Lei da Atração.


10. Ingratidão

Já falamos bastante sobre gratidão em outros textos, então, não vou tecer comentários profundos sobre isso, apenas: “Todo o nosso descontentamento por aquilo que nos falta procede da nossa falta de gratidão por aquilo que temos“. Valorize o que você tem: vida, saúde, 5 sentidos, casa, roupas, água encanada, alimento, eletricidade, celular, internet, família, amigos.


11. Culpar o outro

Pare com o jogo Adão e Eva! Assuma as suas responsabilidades e culpas e lide com elas. Se outros fatores e pessoas têm culpa, deixe que eles se virem com isso, não o compete mudá-los ou julgá-los. Ocupe-se em fazer a sua parte. Faça a sua parte! Se o seu sucesso depende das ações de terceiros, então você não é autor da própria história, é coadjuvante na história de alguém que, com certeza, é o autor da própria história.

___________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: vukvuk / 123RF Imagens



Deixe seu comentário