publicidade

12 coisas que apenas um iluminado vai entender

A iluminação não é um estado remoto de consciência que nós precisamos alcançar em algum momento no futuro, mas é o coração da nossa natureza. A iluminação é a nossa verdadeira natureza interior. Infelizmente, durante a nossa busca espiritual, a maioria de nós foi alienada dela; podendo até mesmo esquecê-la. Ela é, no entanto, permanente em nossa vida, mas nós simplesmente a ignoramos. Nossa atenção está sempre envolvida por algo, por isso, muito raramente nos damos ao trabalho de olharmos para nós mesmos. Ainda assim, se formos capazes de concentrar a nossa atenção em nós mesmos, aquele breve momento de consciência alerta seria o suficiente para reconhecermos que essa é a nossa verdadeira natureza interior. No estado da consciência alerta, podemos experimentar o silêncio, e nele reconhecemos as seguintes verdades:



1.Nós experimentamos a natureza dos desejos, a variabilidade constante do mundo de formas e formas, onde nada é duradouro, tudo é dialético, mutável. Somos capazes de abandonar os nossos desejos e ambições.

12 coisas que apenas um iluminado2

2.Nós acordamos do feitiço hipnótico de nossa história pessoal. Já não acreditamos no que firmemente consideramos como a nossa própria história pessoal. Esta experiência pode nos levar ao ponto de questionar a veracidade daquilo que acreditávamos ser verdade em relação a nós mesmos.


3.Quando acordamos do sono da identidade pessoal, reconhecemos que somos o espaço livre da Consciência. Nós não somos idênticos as formas que aparecem neste espaço, mas somos o próprio espaço, o espaço que permite que as formas apareçam e as mantêm vivas.

4.O nosso desenvolvimento interno, portanto, não depende apenas da nossa experiência de vida; depende muito mais da nossa capacidade de desviar a nossa atenção do mundo exterior para nosso mundo interno. Somos capazes de nos afastar dos padrões da mente, programados pelos nossos Egos, e há um profundo desejo de conhecer a verdadeira resposta para a pergunta “Quem sou eu?”

5.O autocontrole real nasce a partir do reconhecimento e compreensão do significado da vida. Esse tipo de autocontrole irá libertar a nossa consciência do estado de identificação com o mundo de formas e formas. Ele vai criar um espaço entre nós e as funções da mente, e nesse espaço a capacidade de ver e compreender vai nascer.


6.Nós somos capazes de reconhecer a natureza basicamente dual da existência, o fato de que a felicidade está enraizada na infelicidade, nos permite dizer sim com prazer para as coisas que estão acontecendo para nós.

7.Atualmente, o programa das nossas expectativas internas já foram dissolvidos, e nós já não nos identificamos com as nossas expectativas das outras pessoas.

8.Estamos agora conscientes de que sofrimentos são de fato nossos ajudantes, e podem acelerar o processo através do qual a Consciência acorda no corpo que, anteriormente e erroneamente, considerávamos nossos próprios.

9.Vamos aceitar prontamente qualquer coisa que o momento nos trouxer, seja alegria ou tristeza, porque vamos estar plenamente conscientes de que todos estes são partes do mesmo jogo.

10.Tudo criado para nós por outras pessoas é transitório, mas o que criamos para nós mesmos será duradouro e permanente.

11.Todo mundo deve encontrar em si mesmo o que está procurando.

12.Esclarecimento somos nós mesmos.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: The open Mind

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.