Relacionamentos

12 coisas que o casamento não é (e 12 que é)

55555

A propósito do 24º aniversário do seu casamento, a Dra. Margaret Rutherford – uma psicóloga clínica especializada em terapia matrimonial – escreveu um artigo para o Huffington Post, com uma lista de 12 coisas que o casamento não é, seguida de uma lista de 12 coisas que o casamento é. Como achei o artigo muito interessante, trago-lhe as duas listas.



12 Coisas que o casamento não é

1. O casamento não é para mariquinhas, é trabalho árduo.

2. O casamento não é levar sempre a melhor, ou ter a última palavra. Não estamos a falar de uma ditadura, e não é querer ganhar sempre porque isso significa que a outra pessoa perderia sempre.


3. O casamento não é demasiado complicado, e baseia-se em princípios muito simples: gentileza, respeito e lealdade. Esse tipo de coisas simples.

4. O casamento não é uma moda, é para a vida e é assim que devemos pensar.

5. O casamento não é estimulante por si só, por isso deve esforçar-se para que seja estimulante, afinal de contas, estar com a mesma pessoa tanto tempo nem sempre é simples.

6. O casamento não é como coleccionar algo. As alegrias do casamento não são palpáveis e é isso que as torna especiais.


7. O casamento não é para os impacientes. Algumas das melhores coisas levam o seu tempo a desenvolver-se.

8. O casamento não é lugar para críticas, para abusos.

9. O casamento não é uma loja de reparações rápidas, o seu companheiro ou companheira não tem que atender a todas as suas necessidades, e terá que cuidar de muitas coisas por si só.

10. O casamento não é auto-sustentável, se se focar apenas em si ou nos filhos, está a cometer um erro.


11. O casamento não é aborrecido, duas vidas juntas podem ser bastante interessantes.

12. O casamento não é livre de conflitos. O truque é saber como discordar e atravessar a raiva e a desilusão.

12 Coisas que o casamento é

1. O casamento é um espaço que pode potenciar uma intimidade profunda e intensa. A nível emocional, relacional e sexual.


2. O casamento é saber que tem sempre alguém para o / a apoiar, e que estará lá para apoiar também.

3. O casamento é perceber que já viram o seu pior lado, e que mesmo assim o amam. Há todo um sentimento de gratidão e segurança nisso.

4. O casamento é partilhar piadas e histórias antigas, que já foram contadas uma e outra vez.

5. O casamento é comoverem-se juntos.


6. O casamento é pensar sobre a outra pessoa não estar mais lá, e não ser capaz de pensar nisso.

7. O casamento é irritar-se com as coisas que o / a irritam sempre, e tolerar, porque o lado bom compensa largamente estas irritações.

8. O casamento é não conseguir esperar para chegar a casa e contar um pequeno episódio do seu dia.

9. O casamento é desejar que fosse você a estar doente e não a outra pessoa.


10. O casamento é discutir às vezes, e aprender a pedir desculpa, a ouvir, e a descobrir soluções.

11. O casamento é vulnerabilidade. É dar a alguém o direito de o magoar ou desapontar, ao mesmo tempo que lhe dá a oportunidade de lhe proporcionar enormes alegrias.

12. O casamento é uma promessa. Uma promessa de tentar ao máximo humanamente possível.

 


O seu casamento é, ou não é assim?

Boas experiências!

 

Fonte: HUFFINGTON POST


Carta a quem está chegando agora na minha vida

Artigo Anterior

“olá, eu sou o seu sintoma…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.