Reflexão

2016 está terminando: veja se você fez estas 4 coisas para viver um grande ano:

Conforme chegamos ao final de mais um ano, olhamos para trás nos últimos 12 meses e fazemos um inventário pessoal.



Se você é sério sobre promover seu crescimento pessoal, então é uma boa ideia fazer-se as seguintes quatro perguntas regularmente. Todas elas podem agir como poderosos gatilhos para a autorreflexão.

Cada pergunta irá ajudá-lo a avaliar se você viveu ou não um grande 2016 e te ajudará em sua jornada de 2017, para viver um ano ainda melhor!

1.Você se tornou mais positivo?


Uma mentalidade positiva é a chave para o sucesso em todas as áreas de sua vida.

Até você aprender a detectar e agarrar as oportunidades que o cercam, grande parte do seu potencial será desperdiçada. Além disso, é muito mais fácil ser produtivo e se recuperar de contratempos se você manter um estado de espírito otimista. Você foi capaz de olhar para o lado brilhante em 2016, ou encontrou-se deslizando em um estado negativo de vez em quando?

Algumas pessoas parecem ser naturalmente mais positivas do que outras, mas com a prática, qualquer um pode ensinar-se a olhar o lado positivo mesmo na mais desolada das situações. Se você já é positivo, tenha como objetivo conservar esse hábito em 2017!



2.Você aprendeu mais sobre seus pontos fortes e fracos?

Tomar um olhar honesto em seus pontos fortes e fracos pessoais pode ser um desafio.

Somos criaturas complexas que se comportam de maneira diferente dependendo da situação, do nosso humor e de muitos outros fatores. É por isso que vale a pena tomar tempo para avaliar o que estamos fazendo bem e em que podemos melhorar.


Faça um plano para os próximos meses que lhe permitirá melhorar suas áreas mais fracas e reforçar seus pontos fortes ainda mais. Ninguém é perfeito, mas você pode ajudar a si mesmo ao longo do caminho para a autorrealização estando disposto a analisar o seu perfil único de habilidades, talentos e ambições futuras.


3.Você descobriu mais sobre o que realmente quer?

O que você mais quer da vida muda à medida que envelhece.


Por exemplo, em seu final de adolescência e início dos vinte anos, o seu foco pode ser garantir um diploma universitário e, em seguida, progredir até os primeiros degraus da carreira. No entanto, conforme o tempo passa, você pode achar que precisa de um relacionamento de longo prazo, desenvolvimento espiritual, ou começar uma família.

Ao refletir sobre 2016, considere se seus principais desejos e necessidades mudaram nos últimos 12 meses. Se assim for, você precisa ajustar seus planos ou estilo de vida para se aproximar de alcançar seus sonhos? Se seus desejos se mantiveram inalterados, você tomou as medidas apropriadas em 2016 para ajudar-se a chegar mais perto de seus objetivos?


4.Você fez pelo menos uma descoberta em seu trabalho ou vida pessoal?


Você nem sempre tem que realizar grandes feitos ou feitos heroicos para fazer progresso, quando se trata de crescimento pessoal.

Se você está disposto a sair da sua zona de conforto, está na direção certa. Pense em todos os desafios que você superou em 2016. Você superou algum medo ou conquistou alguma ambição?

Examinar sua vida e elaborar um plano para o próximo ano pode ser uma perspectiva assustadora, mas a autorreflexão é a melhor maneira de garantir estar no caminho certo. Mesmo que 2016 não tenha sido especialmente bom, 2017 está logo aí.


Por que não se dedicar para torná-lo os melhores 12 meses de sua vida?

___

Traduzido pela equipe de O Segredo Fonte: Life Hack


Desculpe-me, mas simpatia forçada nunca foi o meu forte!

Artigo Anterior

A realidade dos casamentos que você não verá em publicações de redes sociais:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.