EmoçõesDicasVida

21 rituais tranquilizantes para quando tudo estiver indo mal

21 rituais tranquilizantes

1.Faça chá gelado com folhas de hortelã fresca.



2.Organize suas estantes pela cor.

3.Customize uma roupa.

4.Faça uma limpeza facial caseira.


5.Assista seu filme preferido.

6.Exercite-se.

7.Encontre um sacolão e compre produtos orgânicos para a semana lá. Coma um pedaço de fruta fresca todos os dias durante uma semana. E, além disso, tente ficar sem açúcar indo por uma semana.

21-rituais-tranquilizantes


8.Livre-se de todas as coisas desnecessárias em sua carteira, bolsa.

9.Arrume seu guarda-roupa e separe coisas que não usa mais para a caridade.

10.Visite um abrigo de animais. Tente não adotar todos.

11.Faça um inventário de todo o conteúdo de sua geladeira, e anote as coisas que você pode fazer com esses alimentos durante a semana.


12.Encontre uma afirmação que ressoa com você, e a repita 15 vezes, sempre que necessário.

13.Encontre músicas novas em vez de ouvir as mesmas três playlists monótonas de sempre.

14.Faça uma aula de boxe. Libere sua agressividade de uma maneira produtiva.

15.Converse sobre coisas bobas com seu melhor amigo.


16.Pare de pedir permissão para si mesmo. Isso não é necessariamente um ritual calmante, mas é uma condição necessária para se manter bem.

17.Assista a um tutorial no YouTube sobre um instrumento que sempre quis aprender.

18.Compre um belo vaso de plantas ou flores para sua casa. Não se esqueça de regar corretamente.

19.Uma vez por dia, faça um esforço para sorrir. Não importa se você não é uma pessoa sorridente, apenas tome um tempo e lembre-se de sorrir. Isso melhora o seu humor.


20.Escreve para aquele seu amigo que mora em outra cidade, estado ou país. Não precisa avisá-lo que está escrevendo para ele, faça uma surpresa!

21.Redecore uma parede em sua casa. Mude a cor, pendure um quadro, use sua criatividade!

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Thought Catalog


7 benefícios de saúde surpreendentes de usar óleo orgânico para limpar os dentes

Artigo Anterior

A triste verdade sobre os “quase relacionamentos” e porque eu nunca mais vou vivê-los

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.