Espiritualidade

3 atividades comuns que podem ajudá-lo a conectar-se a sua espiritualidade:

Atividades comuns que podem ajudá-lo a se conectar com sua verdade mais elevada: 



Eu sempre fui uma pessoa ansiosa para entender a vida, minha experiência, as experiências de outras pessoas e as relações entre todas elas.

Ao crescer, eu ansiava por uma vida espiritual, mas nunca estive presa a qualquer prática espiritual. Eu tentei cantar. Eu meditei. Duas vezes. Fiz yoga, meia dúzia de vezes.

Eu tentei, mas nunca me “encaixei” em algo.


Por quê?

Porque esse desejo de espiritualidade era uma parte muito real de mim que resistia.

Minha hesitação não foi causada por uma falta de adesão ou sinceridade, mas sim pela minha estreita visão de uma prática espiritual. Eu pensei que a espiritualidade significasse  meditar, cantar e orar todos os dias. Eu pensei que tivesse que fazer novas atividades orientais, “fora do comum”, para me guiar para a porta da minha experiência interior.

Mas essas práticas, por mais maravilhosas que fossem, não ressoavam completamente comigo. Eu precisava de minhas práticas espirituais para despertar minha alma, para tocar o intocado, para agitar e acalmar o fogo interior.


Quando afrouxamos nosso aperto e expandimos nossa atual definição de espiritualidade, descobrimos que temos vivido uma vida espiritual o tempo todo.

Ao explorar essa necessidade e imaginar como era a espiritualidade para mim, percebi que qualquer ação ou processo que nos tire do grumo cotidiano e caótico nos reconecte aos nossos amores, nossa sabedoria, nossa alegria e nossa verdade é a espiritualidade. Descobri que já estava participando de atividades que me levavam a esse lugar conectado.

Dedicar-nos a uma prática espiritual exige-nos calma e regularidade. Não há caminho certo para uma vida espiritual. O caminho de cada um é diferente e uma prática espiritual autêntica é aquela que fala à sua alma única, e o coloca em contato com o que é mais verdadeiro.

Estas são as três atividades cotidianas que me abriram a uma vida espiritual:


1. Respiração

A respiração é uma prática que imediatamente nos leva para fora de nossas cabeças e corpos. Não importa o que está acontecendo com a tempestade torrencial de pensamentos em nosso cérebro, tomar um momento para respirar diretamente nos transporta de volta ao momento presente. Entramos num espaço de calma e temos a sensação de que tudo vai ficar bem.


2. Diário


Diários são lugares sagrados onde podemos ser nós mesmos. Esse hábito nos leva a compartilhar nossos medos e desejos sem julgamento ou crítica. Ao colocar a caneta no papel, limpamos as teias de aranha de nossas mentes e cultivamos um coração aberto a explorar a rica paisagem espiritual dentro de nós.


3. Dança

A dança é uma prática que toca as partes de nós não acessíveis, através de palavras. É uma experiência de corpo inteiro, visceral, que ignora todo o ruído de como devemos ser, e foca em quem realmente somos. Ela abre portas que sempre foram fechadas, localiza verdades não reveladas e revela sentimentos nunca antes sentidos – tudo com o poder de um ritmo.


Se você está com dificuldades para encontrar as práticas que te levam a um lugar espiritual, tente escrever sobre estas questões: que atividades fazem meu coração feliz e me lembram que a vida é boa? Que atividades me levam à verdade de mim mesmo? Tudo o que você escrever podem ser suas novas práticas espirituais.

Gentilmente comece a integrá-las em sua vida, com intenção, e observe as mudanças.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Mind Body Green


Bom mesmo é segurar quem não te larga e ficar onde te querem!

Artigo Anterior

25 coisas para não dizer aos seus filhos:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.