AutoconhecimentoComportamentoO Segredo

3 autolimitações que estão te impedindo de ser feliz

Problemas familiares e sentimentais são circunstancias da vida que nos colocam para baixo e nos fazem perder a fé no sentido da vida. Quando estamos passando por isso sempre existirão pessoas mal intencionadas que virão dizendo coisas do tipo:



“Esquece, isso não vai te levar a nada.”

“Pare com isso, isso não é para você.”

“Você não é bom o suficiente para isso.”


Acreditar nisso, muitas das vezes nos leva a viver desanimados e tristes, apavorados com a possibilidade de novas experiências. Aqui vão três autolimitações que as pessoas impõem a si mesmas que as impedem de serem felizes fazendo o que realmente têm vontade.

1. Preocupação exagerada com o que os outros pensam ao seu respeito

Não deixe com que os outros falam de você se torne algo que influencie diretamente nas suas decisões. Você é um ser humano individual, e o que você faz ou deixa de fazer, diz respeito apenas a você.

Na verdade o que os outros pensam sobre você, diz muitos mais sobre eles mesmos do que sobre você. Talvez o que seja certo para você não agrade a maioria, mas isso não quer dizer que esteja errado. Não estou te dizendo para ser uma pessoa narcisista, e não aceitar qualquer tipo de comentário e opinião, apenas para você começar a filtrar aquilo que te acrescenta de coisas que são ditas apenas para te colocar para baixo.


Portanto fique fora do drama alheio, o que dizem sobre você é opinião deles, e não uma verdade absoluta. Ao invés de ficar se privando pensando na oportunidade perdida, vá e faça. Afaste as pessoas negativas e viva sua vida da sua maneira.


2. Basear suas decisões de vida nas opiniões de sua família e amigos

Desde crianças somos ensinados a seguir padrões que às vezes não correspondem as nossas expectativas, que não são a nossa realidade. Somos encorajados a pensar que nossa vida de alguma forma deve satisfazer as expectativas das outras pessoas, principalmente se essas outras pessoas forem as que convivemos e amamos. A opinião dessas pessoas em nossa vida é importante, mas não deve ser delimitadora. Temos que pensar por nós mesmos, e não vivermos nossa vida como uma nova versão da vida dos outros.


Quando fazemos aquilo que amamos, nossa felicidade é contagiante. E e por mais que as pessoas que amamos não concordem plenamente com nossas escolhas, se elas nos amam de verdade sempre irão apoiar, mesmo nas nossas falhas estarão sempre presentes com palavras de conforto e até mesmo com soluções que não havíamos pensado antes.

Portanto tenha coragem para expor o que você pensa, seja forte e vá atrás dos seus sonhos.


3. Medo de não alcançar o sucesso


O fato de outras pessoas terem conseguido se dar bem em algo não exclui sua chance de também ser bem sucedido. Todos têm limitações na vida, mas isso não quer dizer que jamais conseguiremos.

É muito fácil arrumar desculpas para camuflar sua covardia, seu medo de fracassar, mas as pessoas que chegaram ao sucesso só o conseguiram com trabalho duro, fazendo com que cada obstáculo vencido fosse um gás a mais para atingir o tão esperado objetivo. Portanto, não é sentado em uma cadeira o dia todo se lamentando por estar insatisfeito com a vida que você vai conseguir sua realização, mas sim com coragem para enfrentar os medos. Problemas todos temos, mas cabe a cada um de nós decidirmos de que forma nossos problemas irão interferir em nossas vidas. Se para o bem em forma de crescimento, ou para o mal em forma de fracasso.

 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Marc and Angel Hack Life

5 maneiras de tornar a vida menos preocupante e mais leve

Artigo Anterior

O valor da paciência

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.