3 coisas que farão toda diferença para a realização do que você deseja em 2018:

O que você deseja para 2018? A primeira coisa que você precisa ter em mente é “o que” quer realizar neste ano, isso aumenta muito a chance de você conseguir o que deseja.

Tire um tempo (pelo menos de uma hora) para colocar no papel o que pretende conseguir no ano que chegou. Mas não basta apenas fazer uma listinha com 8 itens do que você quer realizar. (assim, há uma grande chance de você não realizar nem o primeiro item).

Traçar objetivos é de suma importância. Eles fazem toda a diferença na construção da sua vida, deixando-o motivado e focado durante o caminho. Com objetivos definidos, você tem mais força de vontade e motivação para lidar com os imprevistos e obstáculos que aparecem todos os dias.

Mas como definir as suas metas de forma que possam ser realizadas em 2018?

Todo encerramento de ciclo (semana, mês, ano) faz com as pessoas façam um balanço do que não vai bem e queiram mudanças. Os desejos são os mais variados – desde maternidade, mudança de trabalho, viagem, aposentadoria, montar um pequeno negócio, trocar de carro, ter uma alimentação mais saudável, malhar, até separação e morar em outro país.

Independentemente do seu sonho ou se ele é a curto/médio ou longo prazo, a técnica SMART vai ajudá-lo a desenvolver um passo a passo estruturado para que as chances dos seus sonhos se realizarem aumentem drasticamente.

Você sabia que apenas 8% das pessoas cumprem as promessas de ano novo? Essa é a informação publicada recentemente por um estudo em uma revista norte-americana de psicologia. Geralmente, até o final de janeiro, cerca de um terço das novas metas já terão sido abandonadas, afinal, toda mudança exige dedicação e principalmente consistência o que não acontece, quando você simplesmente promete na noite da virada ou escreve seu sonho na primeira folha da agenda.

São as pequenas atitudes, ações feitas no dia a dia que nos levam até o resultado esperado, afinal, ninguém emagrece 10 kg em uma semana ou aprende uma nova língua em um mês.

Para mudar isso, é necessário desenvolver um planejamento e ter em mente que, se o mesmo não funcionar, não tem problema algum recalcular a rota e traçar novamente um novo plano.

O segredo do sucesso é a consistência da persistência. – Harry Banks

Por isso um método como a técnica SMART, pode ajudá-lo a fazer parte dos 8% – pode ajudá-lo a continuar focado, quando a empolgação inicial do ano novo acabar:

Mas qual a diferença entre objetivos e metas? O objetivo é o seu desejo – ex: perder 15kg – a resposta para o “como conseguir isso” é sua meta. Exemplo: perder 2kg em um mês, tomar dois copos de água a mais, diariamente. Um objetivo sem metas claras é só um sonho! Ter metas o ajuda a manter-se em movimento, ajuda a acordar todas as manhãs sabendo o que precisa ser feito para estar mais perto do seu objetivo.

Quero dividir com você três coisas que farão toda diferença para a realização do que você deseja em 2018:

1. Escreva seus objetivos e metas

No livro “Metas” , Brian Tracy relata uma pesquisa feita em Harvard entre 1979 e 1989 sobre objetivos, apenas 3% dos formandos tinham escrito seus planos e metas, 10 anos depois, os pesquisadores voltaram a entrevistar as mesmas pessoas e, supreendentemente, os 3% de formandos que tinham metas claras por escrito, ao deixarem Harvard, estavam ganhando em média dez vezes mais que os outros 97% juntos.


2. Conte para as pessoas que são importantes para você sobre os seus planos

Isso ajuda a ter mais força de vontade e comprometimento, já que, dessa maneira, você está assumindo um compromisso com outras pessoas.


3. Use a técnica SMART, essa é uma maneira poderosa de realizar seus objetivos

Mas afinal o que é a técnica SMART?

Depois de anotar todos os teus objetivos para 2018, está na hora de olhar para cada um deles com mais profundidade, a meta SMART vai ajudá-lo a estruturar quais metas são necessárias para a realização do objetivo. Quero lembrar que essa técnica pode ser usada tanto para objetivos pessoais como profissionais. O acrônimo de SMART (esperto em inglês) é a abreviação de 5 critérios que que precisam estar presentes em uma meta. São eles:

S: especificidade 

A sua meta precisa ser específica, por ex: você quer melhorar o seu relacionamento em 2018.

Mas… o que é exatamente melhorar o seu relacionamento para você? Ter uma comunicação melhor, ter mais tempo a dois ou ter um filho?

Cada pessoa possui uma visão muito particular das coisas, sendo assim, cada pessoa pode ter uma ideia diferente sobre o que é “ter um relacionamento melhor”, “ganhar mais”, “emagrecer”.

Algumas perguntas que você pode se fazer nesse momento:

O que você quer realizar/conquistar (em detalhes) Você vai precisar da ajuda de outras pessoas para isso? Quem? Onde? Existe outra coisa que eu queira realizar que vai me trazer o mesmo grau de satisfação que essa meta? Quais as limitações que você tem para realizar essa meta?

Do que você não abre mão na realização dessa meta? O que você precisa fazer obrigatoriamente para conquistar essa meta?

Essas perguntas vão ajudá-lo a ter clareza do que precisa ser feito, o que significa para você e o impacto que vai ter na sua vida.

M: mensurável 

A sua meta precisa ser mensurada de alguma maneira, seja em termos financeiros, em tempo ou pelos resultados, pergunte-se:

Quais os resultados esperados em uma semana/ mês?  Quanto tempo eu preciso me dedicar para ter mais eficácia na realização da minha meta?

A: alcançável

Não adianta você ter um sonho incrível e metas definidas que não têm condições realistas para serem colocadas em prática. Bom senso é crucial na hora de definir sua meta SMART.

Você precisa ter claro se está disposto a pagar o preço por definir metas maiores e que demandam mais esforço.

R: relevante 

A sua meta está alinhada com seu propósito de vida? Ela impacta positivamente a sua vida e das pessoas próximas a você? Esse objetivo vai fazê-lo feliz? Se sim, vá em frente!

T: tempo

Datas são importantes para que você vença a vontade de procrastinar, vão ajudá-lo a entrar logo em ação.

Sempre defina prazos para tudo que você quer realizar, lembrando que as datas precisam ser realistas. Se você define datas longas demais, corre o risco de deixar para depois e não fazer e se elas são curtas demais, podem acabar desmotivando por perceber que não vai dar tempo de realizar o que se propôs.

Agora com sua meta SMART pronta, seu trajeto claro e definido, é hora de começar a mudar hábitos, eleve a sua confiança e acredite no seu potencial, mesmo que seu objetivo seu grande e audacioso. Saiba por qual motivo você quer essa meta e use essa motivação diariamente para não desistir.

Agora é só dar START em 2018! 

____________

Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: peus / 123RF Imagens



Deixe seu comentário