publicidade

3 coisas sobre o tdah que seus médicos e professores nunca lhe disseram:

1.Seu filho é criativo e imaginativo

Estudantes diagnosticados com TDAH são mais propensos a serem retidos e suspensos da escola. Isto é resultado do fato de que os professores não sabem dar-lhes a instrução direita, não há algo errado com eles.



“Ao tratarmos automaticamente as características do TDAH como uma deficiência – como frequentemente fazemos em um contexto educacional – estamos desnecessariamente deixando muitas crianças competentes e criativas sem apoio.” – Scott Barry Kaufman, Diretor Científico do Positive Psychology Center at the University of Pennsylvania.


2.A indústria farmacêutica ganha muito dinheiro por conta de seu filho

Isso mesmo, durante os últimos 20 anos, a indústria farmacêutica se afastou de tratar distúrbios reais. Em vez disso, optou por fazer dinheiro de medicamentos duvidosos para doenças falsas como TDAH.

“A profissão médica está sendo comprada pela indústria farmacêutica, não só em termos da prática da medicina, mas também em termos de ensino e pesquisa. As instituições acadêmicas deste país estão se permitindo ser os agentes pagos da indústria farmacêutica. Eu acho isso vergonhoso.” – Arnold Seymour Relman, Professor de Medicina de Harvard.


3.Não há nada de errado em ter pouca atenção

Só porque o seu filho se esforça para prestar atenção, não significa que ele não tem uma atenção adequada. Seu filho pode ser perfeitamente normal, só têm dificuldade em estabelecer o foco. Se você está se questionando se o seu filho tem TDAH, faça ele se concentrar em algo que gosta. Se ele puder se concentrar facilmente nisso, mas não em suas lições de matemática, seu filho não tem um distúrbio de atenção. Considere a educação alternativa.


___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Higher Perspectives


Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.