5min. de leitura

3 grandes lições que podemos aprender com a filosofia da água

A água não resiste às mudanças, pelo contrário, permanece sempre aberta. Dessa maneira, pode se adaptar às temperaturas e ganha a habilidade de mudar de estado.


O Taoísmo é uma religião e filosofia que surgiu na China. O objetivo dessa tradição é a busca pelo Tao, que representa “caminho” e a força cósmica que cria o universo e todas as coisas.

Bruce Lee, o lendário artista marista chinês-americano compartilha uma frase muito interessante sobre como a água pode ser uma grande inspiração para todos nós:

“Esvazie sua mente, fique sem forma. Sem forma como a água. Se você colocar a água em um copo, ela se torna o copo. Se você colocar a água em uma garrafa, ela se torna a garrafa. Se colocá-la em um bule de chá, ela se tornará o bule de chá. Agora, a água pode fluir ou pode colidir. Seja água, meu amigo.”


Raymond Tang, um aspirante nesse tipo de conhecimento, começou a buscar respostas para lidar com o nosso mundo em constante mudança, que pode nos tornar ansiosos e estressados. Ele encontrou o que precisava em um texto clássico no The Tao Te Ching, o poema do filósofo chinês Lao Tzu, descrevendo a natureza da água.

“O bem supremo é como a água. Beneficia todas as coisas sem disputa.

Na habitação, ele permanece aterrado. Em ser, ele flui para as profundezas.


Em expressão, é honesto. Em confronto, ele permanece gentil.

Na governança, não controla. Em ação, ele se alinha ao tempo.

Está satisfeito com a sua natureza e, portanto, não pode ser criticado.”

– Lao-Tzu, The Tao Te Ching

Baseado nessa inspiração, Raymond estabeleceu três lições que podemos aprender com a água, aprendidas pelos chineses há milênios. Confira abaixo.

1. Humildade

A água que flui em um rio permanece sempre baixa. Apesar disso, ela é vital para a vida dos seres que sob ela vivem e também para as plantas e todos os animais ao seu redor. Sem a água, a vida não existiria, mas ela se mantém gentil e humilde.

Aplicando a humildade em sua vida:

  • Aceite suas limitações e esteja sempre aberto a novos aprendizados.
  • Alegre-se pelo sucesso das pessoas próximas a você e ajude-as a continuar evoluindo.

2. Harmonia

A água é sábia o suficiente para não lutar contra os obstáculos que encontra em seu caminho. Ao invés disso, continua fluindo naturalmente, sempre encontrando uma solução harmônica para aquilo que aparece em sua jornada.

Aplicando a harmonia em sua vida:

  • Cultive a harmonia primeiro em seu interior, em seus pensamentos, palavras e ações, para depois espalhar esses sentimentos.
  • Esteja feliz com quem você é, ao invés de perder sua essência tentando ser um outro alguém.
  • Concentre-se nas coisas que você pode controlar e resolver.

3. Abertura

A água não resiste às mudanças, pelo contrário, permanece sempre aberta. Dessa maneira, pode se adaptar às temperaturas e ganha a habilidade de mudar de estado.

A habilidade de adaptação nos permite evoluir e conquistar capacidades novas, o que contribui diretamente para nosso sucesso na vida.

Aplicando a abertura em sua vida:

  • Esteja sempre disposto a avançar.
  • Aprenda a enxergar diferentes visões de mundo e possibilidades.

A água pode nos ensinar muitas coisas sobre flexibilidade e adaptabilidade. Tente fluir como ela e quando se deparar com alguma dificuldade em sua vida, imagine: O que a água faria?

Claro, não é simples nos tornarmos mais parecidos com a água, principalmente quando acreditamos que tudo está funcionando a nosso favor. Mas é um aprendizado necessário, porque a vida está em constante mudança, e quando a maré virar, você precisa estar preparado para fluir tranquilamente.


Direitos autorais da imagem de capa: zhang kaiyv / Unsplash





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.