3 químicos do amor que são a verdadeira razão pela qual atraímos parceiros tóxicos

5min. de leitura

Por que o velho clichê de que as mulheres gostam de caras que as maltratam, se tornou um clichê?



Por que somos atraídos por pessoas que poderiam ser tóxicas para nós?

Pode ser a sua personalidade misteriosa que nos intriga, ou os tempos emocionantes que tivemos com elas que nos seduz. Muitas pessoas são atraídas para relacionamentos onde querem ajudar ou corrigir a outra pessoa, e isso normalmente é uma receita para o desastre.

Alguns de nós já tiveram relacionamentos nos quais nos sentimos tratados injustamente, e mesmo assim mantivemos uma conexão amorosa, e mostramos diferentes formas de bondade.


Tal como acontece com tudo neste universo, há sempre um fluxo e refluxo de energia entre as pessoas. Quando encontramos alguém de interesse que não nos mostre disponibilidade emocional, damos-lhe mais energia para tentar e recebê-la de volta. Isso pode criar um ciclo de ceder mais energia do que recebê-la.

Claro, é o nosso cérebro disparando diferentes sinapses que nos faz sentir tais emoções profundas para com os nossos parceiros. A primeira seria a dopamina.

Dopamina

3 químicos do amor que são2


Também conhecida como o centro de prazer do cérebro, a dopamina controla os neurotransmissores que associam sentimentos de felicidade. Quando temos momentos intensamente alegres com alguém, as substâncias químicas liberadas durante esses momentos ficam com a gente.

Então, quando os relacionamentos tomam um rumo negativo e você permanece neles, pode se machucar profundamente.

É como se prender a poucos bons momentos quando há momentos muito ruins se acumulando. É essa sensação de segurança daqueles bons tempos que você quer mais, mesmo à custa da sua própria felicidade.


Ocitocina

3 químicos do amor que são3

Ocitocina, também conhecida como o hormônio do amor do nosso cérebro. A ocitocina é liberada quando temos um vínculo físico com alguém e, através do poder do toque, nos sentimos mais próximos uns com os outros. É o mesmo tipo de vínculo que temos com nossas mães no momento do nascimento. Ele não apenas produz uma sensação de luxúria, mas também de confiança!

Então, quando é ligado com alguém fisicamente, realmente está unido a esse alguém, tanto mentalmente quanto emocionalmente.

Este produto químico cria o nosso senso de conexão através de fisicalidade.

É algo que nos faz sentir seguros, assim como nos sentíamos com nossa mãe.

Pode ser algo que desejamos mesmo quando é de alguém que só nos proporcionará isso condicionalmente.


Serotonina

3 químicos do amor que são4

Serotonina são os produtos químicos que regulam e estabilizam nossos padrões de humor e pensamento. Curiosamente, pesquisas mostraram que quando estamos apaixonados, os produtos químicos no nosso cérebro se assemelham aqueles que têm TOC. Muitos querem cuidar tanto de seus parceiros que esse cuidado pode ser confundido com obsessão.

A serotonina é responsável por essas recordações e momentos encantadores do passado. É algo que nos atrai de volta, porque ela está cheio de nostalgia.

É importante focar em si mesmo em qualquer relacionamento, porque você é tão importante quanto a outra pessoa. Se você se encontra comprometendo suas necessidades excessivamente, precisa avaliar a natureza de seu relacionamento.

Se há muito mais energia negativa do que positiva em seu interior, é importante pesar as suas opções.

Se você sabe que vale a pena lutar por seu relacionamento, cabe a você e seu parceiro se tornarem o mais claros e comunicativos possível.

Isso trará clareza e compreensão para a relação, o que é a base para o crescimento e transformação real.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: The Spiritscience

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.