ColunistasRelacionamentos

4 coisas que podem estragar e acabar com um relacionamento

4 coisas que estragam relacionamentos

Existem diversos fatores que podem acabar com um relacionamento, desde o fato de que você coloca o feijão primeiro e o arroz depois, a outras coisas não tão importantes como: traição, falta de compatibilidade e brigas frequentes etc., mas eu escolhi quatro fatores que podem acabar com uma relação que tem todo potencial para dar certo.



1. Comodidade

É quando a pessoa fica com a outra, simplesmente por medo de não conseguir um outro alguém, ou por preguiça, ou por medo de não encontrar outra pessoa que cozinhe tão bem, que não assista a com ele (a), ah, essas coisas.

E aí, por comodismo -medo e preguiça também -, a pessoa vai empurrando o relacionamento com a barriga, afastando a si mesmo e o parceiro da felicidade.



2. Dúvidas

Quando se namora alguém, uma das melhores sensações é poder olhar no fundo dos olhos da outra pessoa e saber que você não precisa mais do que a companhia dessa pessoa e um kitnet para ser feliz.

Precisamos ter e passar essa confiança ao outro, para que exista no relacionamento a reciprocidade.



3. Falta de reciprocidade

Olhem ela aqui, minha gente! Um relacionamento exige a presença de (pelo menos) duas pessoas e que haja entre elas sentimentos recíprocos, como: amor, cuidado, carinho, desejo, atenção, etc. Porque a falta de reciprocidade num relacionamento pode ser, sem dúvidas, o ponto-chave para o término, afinal de contas, se fosse para amar sozinho, não iríamos desejar um relacionamento.



4. Rotina

Não estou querendo dizer que para manter seu relacionamento você deve quebrar a rotina e se mudar para os Alpes Suíços ou surpreender comprando um carro, uma girafa, dois camelos e uma piscina em formato de guitarra. Mas o que eu quero dizer é que você tem que se importar o suficiente com o outro para surpreender e quebrar a rotina, seja com uma rosa, uma cerveja, um “você sabia que eu te amo? “.

O ponto é saber abrir mão das coisas pela felicidade do outro. É saber poupar, é respeitar o espaço e saber que o diálogo é sempre importante e é sempre a melhor opção. E, acima de tudo: saber respeitar as diferenças.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: massonforstock / 123RF Imagens

Não culpe o destino ou a sorte, enquanto você mesmo se sabota

Artigo Anterior

Nosso amor acontece fora das redes sociais

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.