4min. de leitura

4 coisas sobre o seu relacionamento para manter sempre em segredo:

“Temos de reconhecer que não pode haver relações a menos que haja compromisso, amor, paciência e persistência.” – Cornel West.

A maioria de daqueles que estão/já estiveram em um relacionamento íntimo, discute/discutiu alguns detalhes íntimos do relacionamento em seu círculo social. Alguns destes diálogos são divertidos e inofensivos, mas existem certas partes de um relacionamento que não devem ser discutidas com ninguém, além de seu parceiro.


Primeiramente, alguns tópicos são inteiramente impróprios, mesmo para um melhor amigo. Em segundo lugar, as palavras se espalham rapidamente, e, com o uso prolífico de mídias sociais, seus “assuntos privados” podem rapidamente tornar-se públicos.

Além disso, considere como você se sentiria se seu parceiro discutisse assuntos íntimos e privados com outra pessoa.

Relacionamentos íntimos são especiais por causa da intimidade – uma conexão física e emocional compartilhada por duas pessoas.

Aqui estão cinco coisas para manter sempre privadas, dentro de uma relação:


1.Qualquer coisa relacionada a sua intimidade

Falar sobre qualquer coisa relacionada a sua intimidade, não é legal. Não importa quão grandes ou pequenos esses detalhes possam ser, conversar com qualquer outra pessoa sobre temas relacionados a sua intimidades pessoas com seu parceiro, nunca é legal.

Se você e seu parceiro estiverem com problemas nessa área, existem profissionais que podem ajudar a resolver esses problemas. Além disso, especialistas como terapeutas de relacionamento e conselheiros estão vinculados por acordos de confidencialidade a manter todos os assuntos relacionados privados.


2.Brigas ou discussões

Além das discussões que envolvem abuso físico ou emocional, as “brigas” não devem ser discutidas com outras pessoas. Seu amigo íntimo pode realmente ajudar a “resolver” a questão até certo ponto, mas aí reside o problema – ele tira seu parceiro da equação.


Resolver discussões contínuas requer comunicação com as partes apropriadas. Ou seja, você, seu parceiro e (possivelmente) um conselheiro ou terapeuta.


3.Problemas de dinheiro

Primeiro, é importante entender que os problemas financeiros dentro de um relacionamento são muito comuns.

Você não está sozinho em seus problemas de dinheiro. Por mais estresse que as questões relacionadas ao dinheiro podem induzir, elas têm solução. Se uma resolução rápida é essencial, procure o aconselhamento de um consultor financeiro. Abstenha-se de falhar sobre os problemas que não interessam a ninguém além de você e seu parceiro. Essas pessoas provavelmente não vão ajudar, de qualquer maneira.


4.Qualquer coisa confidencial

Por mais que seja clichê, a confiança é a base de qualquer relacionamento. A maioria do que acontece em um relacionamento tem algum tipo de “cura”, mas trair a confiança do seu parceiro é talvez a mais notória das ofensas – e é, sem surpresa, difícil de recuperar.

É exatamente por isso que seus pensamentos e sentimentos mais íntimos – aqueles que seu parceiro confiou somente a você – nunca devem ser revelados.

_____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power Of Positivity





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.