ComportamentoRelacionamentos

4 razões pelas quais muitas pessoas têm medo de relacionamentos:

“Namorar é um risco, com uma grande recompensa, basta lembrar que você pode continuar ou parar a qualquer momento, esta é a sua vida.” – Anon.



Todos nós temos diferentes perspectivas sobre namoro. Algumas pessoas o veem como algo divertido e cheio de possibilidades. Outras odeiam. A perspectiva ruim sobre namoro é compreensível, pois o caminho para encontrar um parceiro é, muitas vezes, um pouco difícil.

Alguns de nós já passamos pelo inferno antes de encontrar o nosso amor – um tempo de tremenda alegria acompanhado por uma sensação de alívio.

A incerteza do namoro faz algumas pessoas terem medo – uma resposta natural à vulnerabilidade. Seja paciente e espere quando estiver pronto.


Neste artigo, discutimos quatro razões pelas quais algumas pessoas têm medo de se relacionar:

1. Medo da rejeição

Ninguém gosta de se sentir rejeitado. Infelizmente, relacionamentos, frequentemente, envolvem rejeição. Em essência, ser rejeitado é semelhante a ouvir “Você não é bom o suficiente.”

Além do influxo de emoções negativas, a rejeição inflige danos ao bem-estar psicológico. Usando Ressonância Magnética Funcional (fMRI), os cientistas descobriram que a rejeição segue os mesmos caminhos do cérebro que recebe sinais de dor. A rejeição literalmente machuca a partir de uma perspectiva neurológica.


Considerando a tendência do cérebro a reviver eventos negativos da vida – e a manifestação de dor emocional e física que a rejeição traz – rapidamente torna-se aparente porque uma pessoa que foi ferida teme a  envolver-se em um namoro.


2. Experiências anteriores com pessoas com sérios problemas

Talvez seu ex parceiro fosse um alcoólatra ou viciado, manipulador, narcisista, descontrolado, ou qualquer outra coisas. Infelizmente, essa pessoa ainda está lutando com o abuso a que foi submetida.


Ser alvo de abuso emocional, psicológico ou físico é traumatizante. Infelizmente, também é muito comum.


3. Medo de estar em um relacionamento

Existem muitas pessoas que amam ser solteiras, e a razão é bastante simples: elas podem fazer o que quiserem, sempre que desejarem. Sem parceiro = sem problema.


Porém, chega um momento em que muitas dessas pessoas sentem o desejo de compartilharem suas vidas com alguém. Este sentimento é semelhante a mergulhar seu pé na água fria. Lembre-se de que não há “limite de tempo” para namorar alguém. Não tenha pressa.


4. Medo de compromisso ou da falta dele

Medo de namoro, como um subproduto de questões de compromisso, geralmente resulta de uma de duas coisas: medo do compromisso, ou a falta de um parceiro potencial.


Existe uma multiplicidade de razões para ter medo de compromisso: estar ligado a uma pessoa por toda a vida, temer o “fim” hipotético de um relacionamento, não ser capaz de atingir objetivos de vida, necessidade de espaço pessoal – e assim por diante.

A exposição repetida à falta de compromisso de outra pessoa leva um preço emocional considerável, suficiente para abster-se de namoro por um período de tempo indefinido.

Não há vergonha em admitir a si mesmo que você está com medo de se relacionar – ser vulnerável.

Não importa se você foi uma vítima, ou se está com medo de desistir de sua própria vida.


Mais importante, não permita que outra pessoa defina a felicidade por você. Não deixe ninguém lhe dizer como sua vida “deve ser”.

É a sua vida; persiga sua própria versão de felicidade.


Referências do texto: thedatereport – psychologytoday


Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power of Positivity

Seu desejo é uma ordem! – a felicidade sempre nos está disponível!

Artigo Anterior

5 benefícios do excesso de pensamentos:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.