Comportamento

5 coisas para dizer a si mesmo quando a ansiedade atacar

Com tantas pessoas no mundo de hoje se sentindo sobrecarregadas pela ansiedade, precisamos de alívio coletivo agora mais do que nunca. O mundo continua a se mover em um ritmo cada vez mais rápido, o que daria até mesmo à pessoa mais calma um pouco de ansiedade. Isso acontece com o melhor de nós, mas às vezes, a ansiedade pode ser debilitante. Quando isso vai acabar? Quando é que vamos encontrar as respostas dentro de nós mesmos?



Claro, todos nós podemos tomar medidas preventivas para mantermos a nossa ansiedade em cheque, mas ela pode se aproximar quando menos esperamos. A ansiedade enfraquece nossos mecanismos de defesa e nos mantêm em estado de alerta em todos os momentos, mesmo se não sentimos uma ameaça imediata para a nossa sobrevivência. Apesar da ansiedade ser muito real, começa na mente. A fim de corrigirmos e curarmos a nossa ansiedade, é preciso primeiro trabalharmos em acalmar nossos cérebros e os ensinar a olhar o mundo sob uma luz diferente.

Se você é uma das milhões de pessoas em todo o mundo que lutam com a ansiedade, este artigo é para você.

5 coisas para dizer a si mesmo quando a ansiedade atacar


5-coisas-para-dizer-a

1.”Eu te amo”

Muitas pessoas se sentem incapazes de serem amadas, devido à sua ansiedade, e elas próprias se odeiam por algo fora de seu controle. Isso não parece bobagem, quando você realmente pensa sobre isso. A ansiedade parece indestrutível e eterna, e vencê-la pode parecer uma batalha difícil e constante. No entanto, para realmente aprender a curar ou pelo menos controlar sua ansiedade, você tem que amar a si mesmo totalmente, com ansiedade e tudo. Você não pode descartar qualquer parte de si mesmo que sente que é digna de amor, porque a ansiedade torna-se o seu ser, pelo menos parcialmente.

Ele não tem de governar ou possuir você, mas está lá. Então, aceite isso e aprenda a amar a pessoa dentro de si. Como se costuma dizer, o primeiro passo para a recuperação começa sempre com a aceitação e a compreensão do problema.



2.”Nesse momento, existe verdadeiramente alguma coisa que possa ferir-me?”

Muitas vezes, as pessoas com ansiedade têm cérebros completamente diferentes. Na verdade, um estudo publicado na revista Current Biology mostra que as pessoas com ansiedade têm menos capacidade de distinguirem entre uma ameaça real e um estímulo “seguro”. Por quê? Bem, por uma questão de brevidade, as pessoas com ansiedade, basicamente, têm uma “fiação” diferente em seus cérebros, o que resulta em uma percepção mais ansiosa do mundo. Sua amígdala, ou a região do cérebro responsável por regular as emoções, essencialmente, diz a mente para sentir medo, e envia o sinal para as outras partes do cérebro que ajudam a processar as emoções.

Apesar desta resposta evolutiva parecer mais forte em pessoas com ansiedade, você pode realmente reprogramar seu cérebro através da meditação mindfulness e outras práticas que ajudam a acalmar e relaxar a mente. Todos temos sinapses no nosso cérebro, que são lacunas entre duas células nervosas que enviam impulsos para o resto do corpo. Embora a genética não importa no que diz respeito à probabilidade de ter ansiedade, você pode aprender a controlá-la, olhando para o seu ambiente de forma objetiva. Nossos cérebros mudam com base em hábitos e comportamentos aprendidos, dê uma chance.



3.”Respire fundo”

Muitas vezes, aqueles com ansiedade simplesmente se esquecem de como respirar. Algo que parece tão simples na infância pode ser facilmente esquecido em nossas vidas agitadas em ritmo acelerado. Nós não passamos tempo suficiente relaxando, e, portanto, a respiração torna-se instável. Quando você sentir um ataque de ansiedade, tome alguns momentos para relaxar na respiração lenta e profunda. Isso irá ajudá-lo a reagir de uma forma calma, e não deixe que a sua ansiedade vença.



4.”Você consegue fazer isso!”

Você encontra-se duvidando e questionando-se com frequência? Se assim for, isto pode exacerbar uma grande ansiedade. Na próxima vez em que sentir um ataque de ansiedade e começar a perder a fé em si mesmo, diga que este poderoso mantra em sua mente. Muitas pessoas com ansiedade também sofrem de baixa autoestima devido aos efeitos de sua doença, e elas também tendem a ter altos níveis de sensibilidade. Assim, aumentar a sua própria confiança pode ajudá-lo a combater a ansiedade e enfrentar os demônios em sua mente.

Acredite em si mesmo, e a ansiedade vai diminuir.



5.”Por que estou me sentindo assim agora?”

Infelizmente, muitos de nós perderam o contato consigo mesmos e suas emoções. Nós não sintonizamos o suficiente em nossos pensamentos e sentimentos mais íntimos. A cada dia, lembre-se de abrandar e prestar atenção em como você se sente. Se você encontrar-se sentindo-se ansioso, pergunte a si mesmo o porquê. É algo em seu ambiente? Você pode mudar esta situação para que possa eliminar a fonte da ansiedade? Simplesmente tornar-se consciente da maneira como sua mente funciona pode fazer maravilhas em ajudá-lo a tratar a sua ansiedade naturalmente.

___

Traduzido pela equipe de O SegredoFonte: Power of Positivity


4 alimentos que aumentam significativamente o risco de alzheimer!

Artigo Anterior

6 segredos da educação japonesa que fazem dela uma das melhores do mundo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.