5 dicas para atrair coisas boas

Dizem que os pensamentos positivos são capazes de atrair coisas boas, porém, eles sozinhos não são capazes de fazer muita coisa, mas te motivam a tomar atitudes positivas também. É como se você estivesse em um dia inspirado: se você tem um “gás extra”, é normal querer ir mais atrás das coisas, não ter medo das oportunidades e ver tudo com muito mais otimismo. E tudo isso inevitavelmente resultará em progresso.



Há também a velha questão do “ovo e da galinha”: “é o pensamento positivo que atrai coisas boas, ou nossas ações?”. No final das contas, não interessa quem começou primeiro, o que importa é que atitudes positivas sempre resultarão em energias positivas e vice-versa. E é justamente pensando nisso, fiz uma lista prática para ajudar nesse ciclo do bem:

1. Se envolva com pessoas

Se engana quem pensa que tudo vem das coisas e que é capaz de fazer tudo sozinho. Por mais que você viva bem consigo mesmo, medite e tenha paz de espírito, os melhores resultados e sensações virão de um conjunto de coisas que inevitavelmente envolverão você se dar bem com outras pessoas. Se for pensar bem, tudo de bom que você tem envolveu a participação de terceiros: desde saber meditar – que te fez precisar de um professor – até ter um filho e poder dar continuidade à vida.

Viver bem consigo mesmo é bom, mas são as pessoas que te farão dar risadas, te ajudarão a conquistar objetivos, entre outras coisas.



2. Nunca faça um favor procurando retorno imediato

Também se engana quem pensa que se fizer um favor a alguém, o pagamento virá da pessoa que foi beneficiada. Independente de você esperar ou não por “um pagamento”, ele sempre virá da vida, em um processo natural e inevitável, lindamente deduzido pela máxima “colhemos o que plantamos”.

Sem contar que se você fizer algo já pedindo para a outra pessoa fazer “tal coisa” por você, fora tirar toda a magia da sua ação, não será mais chamado de favor, mas sim de troca de serviços. Quando é favor, é feito de coração e o seu único pagamento será a felicidade por ter sido útil e ter feito alguém feliz. É brega, eu sei, mas é lindo também.


3. Escreva

Coisas ruins que acontecem não só tendem a ocupar grande parte do nosso pensamento, como costumam ficar dias a fio na nossa cabeça. Mude o foco e experimente escrever ao final de todos os dias coisas boas que te aconteceram.


“Hoje eu fiz uma amizade nova na academia”;

“Hoje eu chorei de tanto rir com a piada de fulano de tal”;

“Hoje o almoço estava delicioso”.

Parece um exercício um tanto quanto infantil, mas é capaz de atrair consequências inigualáveis.


4. Não exteriorize os seus problemas

Não adianta todo santo dia exteriorizar tudo de ruim que aconteceu contigo às outras pessoas: fora cansar, se você se repetir demais, a maioria delas perderão o interesse em te ouvir, outras vão mudar de assunto e outras simplesmente não saberão como te dar o melhor conselho. Sendo assim, cuidado para não fazer do ato de falar sobre o ocorrido apenas mais uma forma de atrair energia negativa, não só para você, como para a outra pessoa que te ouve.

Quer que as coisas deem certo? Converse com você mesmo, com o seu interior, até chegar a uma conclusão coerente, nem que seja a de que o melhor a se fazer é ficar quieto e deixar rolar. Só não se apresse, nem se martirize pelo o que não está ao seu alcance: ficar ansioso é só uma forma de você não conseguir o que quer, não só porque bloqueia a mente, como também porque te faz fazer tudo errado na ânsia de fazer dar certo.


5. Fé

Não importa a sua religião, nem se você acredita em Deus. Ter fé é saber que tudo na sua vida tem um propósito, que tudo vai dar certo e que depende muito mais de você do que você imagina. Eu sei que às vezes é duro, a gente pensa “na próxima vai dar certo”, e não dá. Nem da próxima, nem da próxima. É pedrada atrás de pedrada na cabeça. Porém, tenha certeza de que se está já está ruim e você ainda por cima inventar de perder a força de vontade e a fé, aí sim você acabou de lascar tudo de vez.

Aconteça o que acontecer, tire um tempo para si: ore, acenda incenso, limpe a casa, tome banho com sal grosso. Ponha gato, cachorro, periquito, papagaio no colo – enfim, qualquer coisa que te faça se sentir melhor. Nessas horas, não existe essa de “funciona ou não funciona”. Existe o que você acredita. E se você acredita, te faz bem e consequentemente funciona.

Reze, relaxe, releve. A princípio, os fatos externos não irão mudar, porém, se você conseguir mudar o seu interior, consequentemente isso influenciará nos próximos fatos externos que acontecerão contigo.

 

___

Via: Pergunte a uma Mulher

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.