publicidade

5 dicas para mudar seu padrão de pensamento

Primeiro pensamos ou primeiro sentimos? Uma coisa é certa quando mudamos o padrão mental, o universo ao nosso redor também muda.

Tenham em mente uma coisa: tudo melhora quando pensamos em coisas boas.



Todas as pessoas podem ser alvo de maus momentos, mas a diferença entre a vida de uma pessoa e outra é a forma como se encara o problema.

A mudança pode começar agora!

Se o sentimento de frustração e tristeza invade seus pensamentos é hora de mudar o padrão, pois pensamentos negativos acarretam coisas que vão além do nosso conhecimento, pois a nossa mente muda nosso universo.


Dicas:

1. Sempre que estiver triste, pense em um bom momento do seu passado. Quando focamos nos momentos bons já vividos, estamos arquitetando um futuro glorioso. O pensamento de hoje gera a sua futura felicidade.


2. Se uma pessoa lhe disser algo ruim ou maltratá-lo, não pense em nada, evite o sentimento negativo. O rancor é um veneno que nos mata pouco a pouco. Pense em como você é abençoado por ter ouvidos para ouvir.


3. Não leia ou assista a notícias que geram frustrações e pensamentos negativos. Nossos olhos são a porta de entrada de nossa alma. Quando temos contato com esses tipos de acontecimentos, geramos para a nossa vida uma negatividade desnecessária.



4. Para mudar o seu padrão de pensamento trabalhe a mente com repetições, afirmações positivas. Isso o fará mais poderoso. Repita para si mesmo em todos os momentos: “Eu sou feliz”, “eu me amo”, “sou cercado por boas pessoas”.


5. Viver é algo maravilhoso! Esse é o padrão principal que devemos manter em nossas mentes. No momento em que você aceita a vida como uma bênção, coisas extraordinárias acontecem.


Direitos autorais da imagem de capa: wall.alphacoders / 814431

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.