5 equívocos comuns e imprecisos sobre pessoas quietas:

Há um muitas pessoas lá fora que têm ideias estranhas sobre as pessoas silenciosas. Uma das piores é sobre como “todas as pessoas quietas são as mesmas.”

Porque existem inúmeras razões para que alguém não queria falar com você, talvez a pessoa seja tímida, talvez ela simplesmente não goste de você, ou talvez ela tenha um milhão de coisas passando por sua cabeça e decidir qual desses pensamentos ela deve compartilhar é debilitante.

Aqueles que não compreendem às várias razões pelas quais isso acontece, geralmente decidem criar suas próprias suposições absurdas sobre o que pessoas mais quietas estão pensando.

Do outro lado do espectro, mesmo os povos quietos delegam seus traços pessoais a todas as outras pessoas quietas neste planeta.

1. Eles precisam de sua ajuda

Um dos pressupostos equivocados mais comuns sobre as pessoas mais calmas é que eles querem ser falantes, mas não são capazes disso. Eles carecem de autoestima ou confiança e não conseguem encontrar as palavras certas, mas se você segurar sua mão você poderá guiá-los através das águas turvas da comunicação e salvá-los de sua situação.

Na verdade, muitas pessoas estão confortáveis sem falar muito, e não tem nada a ver com a falta de confiança ou habilidades sociais. Muitas vezes eles estão confortáveis, até que alguém venha mencionar o quão pouco eles estão falando e, em seguida, tentar forçá-los a se expor em uma conversa, o que é estranho e desconfortável na melhor das hipóteses.

Essa suposição se resume à projeção. Alguns pensam que falar com os outros é uma habilidade que vem facilmente e acabam pensando que há algo de errado com eles, por serem tão quietos, assim como todas as outras pessoas com esse mesmo perfil. E assim eles, provavelmente, querem alguém para tentar coagi-los para fora de seu dilema silencioso.

Antes de “ajudar” alguém que não está dizendo se precisa ou não de ajuda, tente entender qual a razão do seu silêncio.


2. Faltam habilidades sociais

Como alguém que já foi conhecido como uma “pessoa quieta”, posso dizer que as habilidades sociais não desempenham um papel tão grande, como se pode pensar. É possível ser silencioso e faltar habilidades sociais, mas os dois não estão diretamente relacionados. Eu conheci muitas pessoas tagarelas que são tão ineptos socialmente como as pessoas calmas.

Obviamente, há exceções, mas na maior parte das pessoas, as calmas não têm falta de habilidades sociais. Eles podem estar observando, eles podem ser excesso de pensamentos, ou centenas de outras coisas que podem estar acontecendo em sua mente.

Não tire conclusões automáticas, de que, porque alguém não está falando, signifique que não sabe como fazê-lo.


3. Falta confiança

Outra vez, essa suposição não cabe somente nas características de pessoas quietas. Nem todas as pessoas tranquilas são nerds tímidos, que não conseguem superar o quanto você pode rir deles quando eles falam, e nem todos se sentem inferiores, como você imagina.

Arrogância e excesso de confiança desempenham um papel em alguém ser silencioso tão igualmente como a insegurança faz. Às vezes alguns podem pensar que são mais espertos do que os outros ou que a conversação atual está abaixo de sua expectativa.

Supor que alguém está quieto só porque não acreditam em si mesmos, é infundado. Na verdade, é possível que eles possam ser mais autoconfiantes do que você supõe.


4. Eles querem ser deixados sozinhos

Quando uma pessoa tranquila está entre um grupo de pessoas barulhentas ou extrovertidas, eles se afastar, saindo fora como um polegar dolorido. E a maioria das pessoas vai pensar que eles querem ser deixados sozinhos.

Muitas vezes, os introvertidos são silenciosos, não porque desejam a solidão, mas na intenção e  preservarem energia. Estar em torno de grandes grupos de pessoas pode drenar um introvertido ao ponto e não terem energia para se comunicar tanto quanto você gostaria que eles fizessem. No entanto, quando um introvertido está em um pequeno grupo de amigos, eles são tudo, menos silenciosos. Então, não é que eles gostem de ficar sozinhos, eles apenas preferem gastar sua energia em outras atividades.


5. Eles estão com raiva de você

Quando as pessoas se veem de passagem, geralmente há algum tipo de interação como: “Tudo bem com você?”  “Olá!” – Vamos chamar de interação “linha de base”.

Esta linha de base é diferente para aqueles que são silenciosos versus aqueles que são abertamente falantes. Alguém que é mais falante vai sentir que é necessário iniciar uma conversação, enquanto uma pessoa tranquila virá de um ponto de vista puramente lógico e significativo de que, e tudo está bem e nada mudou entre hoje e ontem, a reação normal seria não fazer nada. E isso pode parecer que eles estão chateados ou bravos com você, mas novamente, isso atinge a projeção.

Só porque alguém reage de um modo diferente do que você faria, não significa que algo está errado com ele.

Basicamente, tente não julgar aqueles que são mais silenciosos do que você e não projetar o que você faria em situações onde, claramente, as outras pessoas não são você. Todo mundo lida com situações de forma diferente e somos todos seres únicos, apenas tentando viver bem neste planeta.


Referência: iheartintelligence – Direitos autorais da imagem de capa: JarenWicklund / 123RF Imagens

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Mystical Raven 



Deixe seu comentário