5 leis não tão simples do amor, mas vitais para um relacionamento duradouro:

Nós estamos em desenvolvimento constante, e como consequência, nossos relacionamentos também mudam para nos acompanhar.

Conforme nos aproximamos e nos tornamos íntimos de uma pessoa, podemos encontrar pontos positivos e negativos em sua personalidade e comportamento. Para que o relacionamento se mantenha forte e resista às imperfeições diárias, é necessário lembrar-se de que as mudanças sempre acontecerão, e que a forma como lidamos com elas determina o rumo que nossos relacionamentos seguirão.

Abaixo estão explicadas 5 leis não tão simples do amor, mas que são de vital importância para um relacionamento duradouro:

1. Confiança é fundamental

Sem confiança, não há relacionamento. E, uma vez que você perde a confiança em seu parceiro ou vice-versa, quase nunca será capaz de encontrá-la novamente. Por mais que você ame uma pessoa, se a todo tempo ela o faz duvidar e perguntar a si mesmo, se realmente está comprometida com você, é um sinal de que seu relacionamento não é saudável. Em uma relação madura e positiva, seu parceiro o faz sentir plena confiança em seus sentimentos por você e sua fidelidade. Quebrar a confiança de seu parceiro em muitos casos significa o fim da união.


2. Discordâncias são normais

Provavelmente nunca encontraremos um parceiro que concorde conosco em absolutamente todos os tópicos da vida, e um relacionamento assim, provavelmente, não nos faria crescer, porque evoluímos com desafios e ao sairmos de nossa zona de conforto. Em um relacionamento, não devemos esperar que nosso parceiro sempre enxergue as coisas como nós, o importante é trabalharmos em equipe mesmo em meio as discordâncias. Quando ambos se esforçam apesar das dificuldades, o relacionamento cresce. É importante ouvir o ponto de vista de seu parceiro também, e juntos decidirem qual o melhor curso de ação. Pode não ser fácil abrir mão de suas opiniões, mas devemos estar dispostos a ceder.


3. A atração não é uma constante

Perder a atração ao longo do tempo não deve ser encarado como um ponto final no relacionamento. O tempo de relacionamento, a idade, o cansaço e autoestima, muitas vezes, causam o sentimento de perda de atração, mas muitos casais fazem um trabalho conjunto diário para não deixar a chama apagar. Algumas maneiras de fazer isso são planejar um encontro romântico, fazer surpresas, criar uma atividade juntos e torná-la um ritual semanal, passar mais tempo juntos. O crucial é sempre manter-se ativo e disposto a melhorar a relação.


4. A solidão pode surgir

O tempo e a rotina também podem provocar um sentimento de solidão. Muitas vezes podemos sentir que nosso parceiro nunca está por perto, que só nós lutamos pela relação e que ele não liga mais para nós, que está cansado e tentando deixar o relacionamento. Às vezes, a pessoa pode não perceber que está se comportando dessa maneira ou pode estar tentando fugir de alguma conversa importante. De qualquer maneira, voltando ao tópico 1, é importante manter a comunicação viva. Se não conversarmos com nossos parceiros, não saberemos o que passa em suas mentes e também não poderemos dizer o que nos incomoda e,  sem comunicação, a resolução de um problema é impossível. Manter as linhas de comunicação aberta é vital para o funcionamento saudável do relacionamento.


5. Em algum ponto, machucaremos um ao outro

Podemos nos descontrolar em certas situações e fazer ou dizer coisas das quais provavelmente nos arrependeremos para sempre. E nosso parceiro também pode nos ferir profundamente. De fato, as feridas doem mais quando são causadas por pessoas que amamos. Porém, somos pessoas imperfeitas, e estamos sujeitas a erros o tempo inteiro. Saber como não colocar seu foco nas falhas é vital. Quando se sentir ferido, tire um tempo para si mesmo, mas tenha a maturidade de lidar com os problemas, quando for a hora. Trabalhem como um casal para encontrar uma solução e não tente se vingar do seu parceiro, causando-lhe uma dor semelhante a que ele lhe causou. Isso não é maduro e não funciona em relacionamentos saudáveis.

___________

Direitos autorais da imagem de capa: arthurhidden / 123RF Banco de Imagens



Deixe seu comentário