AtitudeFelicidadeListasO SegredoVida

5 lixos que você deve jogar para fora da sua vida:

LIXOS

Parece que todo mundo está em uma corrida para ser o melhor – o melhor pai ou mãe, melhor cônjuge, melhor vizinho, o melhor presidente do conselho de pais da escola. Para se tornar o melhor, as pessoas muitas vezes perdem de vista as coisas que realmente importam.



Infelizmente, eu vi isso em minha própria vida. Enquanto meu marido trabalhava para conseguir sua licenciatura em Direito, eu fui em frente, dia após dia, tentando o melhor que eu podia para ser uma boa esposa e apoiá-lo – a melhor dona de casa, a melhor mãe, a melhor vizinha, etc.

Mas muitas vezes eu me vi cansada e desanimada. Às vezes, eu simplesmente não conseguia fazer isso.Isso não deveria ter acontecido. Eu não deveria ter me permitido ser consumida pela necessidade de ser a melhor em todos os aspectos da vida, e você também não deveria. Enquanto eu contemplava o que precisava mudar, eu percebi que estava carregando lixo. Eu estava mantendo hábitos e pensamentos que estavam me destruindo.



Eu precisava jogar coisas fora e nunca olhar para trás novamente.

Aqui estão cinco lixos que você deveria jogar fora rapidamente e nunca acumular.

1. Dúvida

Quando meu marido começou a faculdade de Direito, nós nos mudamos e ficamos a centenas de quilômetros de distância da família e dos amigos. Eu não conhecia ninguém e eu mal podia passear pela nossa cidade com milhares de ruas de sentido único. Eu tinha muita dúvida sobre o que eu e meu marido estávamos fazendo, por que nós deveríamos estar nesta cidade, como eu iria criar uma família tão longe da minha família, etc.


De acordo com um artigo publicado no Huffington Post, a dúvida leva à ansiedade e depressão que, por sua vez, leva a inúmeras consequências físicas e mentais, como ganho de peso, pressão arterial elevada e fadiga crônica.

Quando a dúvida entra em nossas mentes, quando começamos a questionar “por que”, ela pode nos consumir. Ela pode nos destruir até desistirmos de tudo. No entanto, não precisa ser assim. Quando você começar a sentir dúvida, pegue um caderno e faça uma lista de todas as coisas boas em sua vida. Pense sobre suas boas qualidades, sobre as bênçãos e misericórdias que você recebe a cada dia. Além disso, não tenha medo de falar com alguém sobre seus sentimentos. A positividade de outra pessoa é a maneira perfeita de jogar fora qualquer dúvida que você tenha sobre si ou sobre sua situação atual.


2. Medo do fracasso


Não é incomum deixar que o medo do fracasso nos impeça de realizar nossos objetivos. Quando pensamentos de fracasso arrastam-se para dentro de nossa mente, basta pensar no pior cenário possível. Muitas vezes, ele realmente não é tão ruim quanto você pensa, ou você pode planejar com antecedência para evitar essa situação. Quando você cria um plano, você está preparado. Quando você está preparado, você não pode falhar.


3. Procrastinação

Procrastinação é um hábito terrível e desagradável que só irá impedir você de alcançar todo seu potencial. Muitas pessoas inventam mil desculpas do por que elas devem adiar algo: as crianças estão tirando uma soneca, eu vou esperar meu marido chegar em casa, etc. No entanto, adiar as coisas não ajuda. Na verdade, só piora. Eu confio muito na vantagem que é fazer uma lista de afazeres e um horário diariamente. Se você sabe exatamente o que precisa ser feito e priorizar suas tarefas, é mais fácil continuar trabalhando durante o dia. Além disso, o sentimento de satisfação que você ganha ao riscar os itens completados na sua lista é contagioso.



4. Preguiça

A preguiça anda de mãos dadas com a procrastinação. Ser preguiçoso não significa apenas ser negligente com responsabilidades familiares e domésticas. Também se refere ao nosso corpo físico e nossa saúde. Se não nos esforçarmos para cuidar de nossos corpos adequadamente, não teremos energia para nos tornar o nosso melhor. Não conseguiremos cuidar de nossos filhos, apoiar nossos maridos e cuidar de nossa casa e família. Jogue fora seus hábitos de preguiça e participe de algum tipo de atividade física todos os dias. Não precisa ser um treino muito exigente ou cansativo – apenas movimente-se. Além disso, tenha cuidado com o que você come. Você não quer comer algo que vá sugar suas energias. Coloque em seu corpo comidas que irão alimentá-la, como frutas, legumes, verduras, proteína, etc.



5. Excesso de análise

Podemos não perceber, mas o excesso de análise de situações pode ser um grande fardo para nós e é algo do qual precisamos nos livrar rapidamente. Podemos nos encontrar em muitas situações em que não nos sentimos confortáveis ou algo é dito que nos deixa chateados. As pessoas podem criticar a maneira que você cria seus filhos ou dizer algo sobre o seu casamento ou como você cuida de sua casa, etc. Não analise em excesso o que dizem. Se não é gentil ou se é julgamento, jogue fora. Não fique presa naquilo e não pense nisso.

Você pode facilmente perder de vista as coisas que importam por perder o foco em sua vida. Avalie sua vida. Pense nessas coisas que estão destruindo você e jogue-as fora. Pegue uma lata de lixo gigante e jogue-as lá dentro. Você vai se sentir muito melhor.

___________


Traduzido e adaptado por Sarah Pierina do original 5 pieces of garbage you should throw out of your life.

 

Criado nos lixões, morador de rua entra na universidade de harvard:

Artigo Anterior

Chi: liberando o potencial infinito do universo

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.