5 maneiras de administrar sua insegurança em seus relacionamentos:

A insegurança não é algo que todos escolhemos sentir em nossos relacionamentos. Ela tem muito a ver com nossas experiências de infância e de outros relacionamentos que, mesmo inconscientemente, carregamos conosco como bagagem em cada nova conexão.

O comportamento baseado na insegurança pode causar ameaças ao relacionamento, pois, muitas vezes, a pessoa insegura age baseada em coisas que tem em sua mente, e que não aconteceu realmente. O relacionamento chega ao fim quando a insegurança toma conta, e nenhum dos parceiros consegue lidar com a situação.

É muito importante que as pessoas que sofrem de insegurança aceitem esse fato, e tomem medidas que permitam o controle desse comportamento, para alcançarem melhores níveis de qualidade de vida e amor-próprio, o que influencia diretamente nos relacionamentos. Muitos buscam mudanças na aparência, como uma nova dieta ou um novo visual.

No entanto, a mudança no padrão de pensamento e comportamento interno é de igual ou maior importância, pois de nada adianta mudar a aparência, se os padrões de pensamento se mantiverem iguais. Para mantermos estabilidade e autoestima, devemos começar de dentro para fora.

Abaixo estão 5 comportamentos que ajudam a lidar com a insegurança de forma saudável:

1. Pare de perseguir a perfeição

A busca pela perfeição é um desperdício de tempo e recursos internos e externos. Não existem pessoas e relacionamentos perfeitos. Existem pessoas imperfeitas que trabalham entre si para criar algo bom para ambas. A perfeição é inalcançável. Portanto, esperar algo que não existe de seu parceiro ou de si mesmo, apenas cria cada vez mais insegurança no ambiente. Aprenda a aceitar as próprias falhas e as de seu companheiro. Ninguém nunca fará tudo cem por cento certo, mas uma pessoa que está disposta a fazer o seu melhor a cada dia, merece um voto de confiança.


2. Valorize a comunicação

Um relacionamento saudável entre duas pessoas só existe quando a comunicação é bem estabelecida. Todos nós temos insatisfações e ficamos chateados ou aborrecidos em determinados momentos de nossas relações. No entanto, nada pode ser resolvido se esperarmos nossos parceiros lerem nossas mentes e magicamente pedirem desculpas ou nos chamarem para conversar. A falta de comunicação gera problemas sérios, que podem levar ao fim do relacionamento. Se não é isso que você deseja, comunique-se! Fale para o seu parceiro quando ele o magoar, somente assim poderá abrir espaço para um entendimento.


3. Respeite e exija respeito

Isso serve para todos os tipos de relacionamento. Se você deseja que uma pessoa se abra com você e seja verdadeira em seu relacionamento, precisa respeitá-la. Você se sentiria confortável e seguro perto de uma pessoa que não o ouve quando você diz que alguns de seus comportamentos o deixam desconfortável ou ofendido? Bom, provavelmente o seu parceiro também não! A segurança depende muito de como somos tratados, só nos sentimos seguros perto de pessoas que nos respeitam o suficiente para permitirem que sejamos nós mesmos, sem medo de julgamento. Respeite o seu parceiro e exija respeito!


4. Entenda que nem todos os problemas são de responsabilidade sua

Nenhum relacionamento romântico é composto por apenas uma pessoa. Por isso, os erros e problemas dentro da relação não são apenas de um dos parceiros. No entanto, muitas pessoas tendem a se culpar por tudo o que dá errado no relacionamento, e isso cria uma insegurança desnecessária. O seu relacionamento deve ser aberto o suficiente para que ambos possam conversar e assumir a responsabilidade por suas ações de forma saudável. Você só pode assumir a responsabilidade por suas próprias ações, então, não tente assumir mais do que pode carregar. Os relacionamentos são parcerias, portanto, certifique-se de estar com um parceiro maduro e comprometido o suficiente para assumir seus erros.


5. Deixe os relacionamentos passados para trás

Comparar o seu parceiro atual ao parceiro passado é uma das maneiras mais fáceis de criar insegurança e pressão em seu relacionamento. Ninguém é igual a ninguém, e seu relacionamento atual não está fadado ao mesmo destino do anterior, tudo depende de como você e seu parceiro escolhem agir diariamente. Dê um voto de confiança a seu parceiro atual e o trate como a pessoa que ele realmente é. Pode não ser fácil no começo, mas dedique-se para isso. Se os traumas forem muito significativos, procure ajuda profissional, mas não desista daquilo que deseja para si mesmo.

Essas são apenas algumas dicas que podem ajudar a melhorar a qualidade de seu relacionamento. Você acrescentaria algo à lista? Compartilhe através dos comentários!



Deixe seu comentário