6min. de leitura

5 maneiras de começar a viver sem medo:

Não é fácil ser destemido. Quase diariamente, vemos a tragédia, o trauma e a injustiça em muitas formas e experimentamos fortes emoções em resposta.


Quando o medo e a raiva surgem, podemos querer olhar para fora de nós mesmos para encontrar segurança e previsibilidade, mas como as circunstâncias mudam rapidamente, pode ser difícil encontrar consolo.

Viver neste estado crônico de estresse tem um enorme tributo em nossas mentes e corpos. O estresse mental de sentir medo pode nos levar a tomar decisões ruins. Nossa atenção se estreita e se concentra em tentar encontrar possíveis ameaças, o que pode perpetuar um sentimento de angústia.

Quando temos medo, somos menos capazes de avaliar com precisão situações e tomar medidas razoáveis.

Este é um convite para dominar seus medos e não ser controlado por eles. Por não termos medo de nós mesmos, podemos ajudar a tornar as vidas dos outros – nossas famílias, nossas comunidades – e o mundo em geral, um lugar mais seguro.


Aqui estão cinco maneiras, apoiadas por pesquisas, para sair do medo e sentir-se mais seguro agora:

1.Reivindique seu próprio medo e raiva

Ao reivindicá-los, você tem o poder de mudá-los. Muitas vezes, a raiva é uma defesa contra o sentimento de medo. Se negarmos nossas fortes emoções negativas, elas não desaparecem. Outras pessoas muitas vezes podem senti-las, e nós somos mais propensos a projetá-las em outras pessoas e situações. Nomeie, reivindique e libere suas emoções negativas de uma maneira segura. Apenas falar com um amigo de confiança sobre suas preocupações pode fazer uma grande diferença. Por outro lado, uma pesquisa mostra que técnicas como a catarse, em que você age fora de sua agressão, na verdade, torna as pessoas mais agressivas e cria menos segurança em geral.


2.Vibre como uma pessoa segura

Esperar que outras pessoas te ajudem a se sentir seguro cria o tipo de dependência de circunstâncias externas que não levará a uma sensação duradoura de segurança. Sinta sua própria bondade e sua intenção positiva, e deixe que os outros a sintam, também. Isso sinalizará para outros que você é uma pessoa segura e os ajudará a relaxar, construindo assim confiança em seus relacionamentos e encontros diários.


3.Procure o bem nos outros

O medo cria um desejo de isolamento daqueles que parecem diferentes de nós. Quando nos sentimos ameaçados, somos mais suscetíveis a desumanizar os membros de grupos com os quais não nos identificamos e podemos buscar culpá-los pelas dificuldades. Isso faz com que todos sintam mais medo. Se você é membro de um grupo que tem sido alvo de uma forma ameaçadora, ou conhece as pessoas em tal grupo, reflita a humanidade e bondade aos membros desse grupo. Veja as conexões positivas entre você e outras pessoas, e concentre-se na conexão através de seus valores comuns.



4.Não imagine o pior cenário possível

As pessoas costumam imaginar o pior cenário em suas mentes, porque pensam que se preparar para o pior vai, de alguma forma, fazê-las se sentirem melhor. Mas pesquisas mostram que geralmente só cria mais ansiedade, porque seu medo não é criado pela situação real, mas por seus pensamentos sobre ela. Imaginando o cenário do pior caso, nós literalmente executamos a experiência através de nossos corpos e mentes, como se realmente estivesse acontecendo. Então, começamos a responder como se o evento temido estivesse acontecendo – o que pode levar a estresse desnecessário. E quanto mais ansiosos somos, menos recursos cognitivos temos para tomar boas decisões no momento.


5.Seja proativo e permaneça conectado

Resista à tentação de se isolar ou de pensar que você é o único a sentir medo. Tenha um plano para quando você começar a se sentir ansioso ou com medo. Decida o que você fará (por exemplo, ligar para um amigo) e o que você não fará (por exemplo, publicar algo em mídias sociais).

Ao gerenciar o seu medo, você será mais eficaz nas ações que tomará para ajudar a trazer as mudanças que quer ver no mundo, porque estará agindo conscientemente, em vez de reagir com base em seus medos no momento.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Psychology Today





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.