AmorAtitudeO SegredoRelacionamentosSuperação

5 maneiras de liberar apegos a relacionamentos passados:

5 maneiras de liberar apegos a relacionamentos

É fato que carregamos bagagem de relacionamentos passados conosco.



Esses apegos que sentimos são difíceis de deixar ir, e após a relação terminar, eles se transformam em outras emoções, menos ideais.

Então o que podemos fazer para liberar esses velhos apegos?

1.Estar disposto


É o primeiro passo para consertar qualquer problema, estar disposto a resolvê-lo. Se você acabou de sair de um relacionamento, pode realmente não ser hora de liberar seus apegos.

É importante sentir todos os sentimentos quando um relacionamento termina. Não se apresse. Mas se o tempo passou e você sabe que está pronto, diga em voz alta. “Eu estou pronto para deixar ir.”


2.Escrever tudo


Há algo terapêutico sobre manter um diário e escrever como você se sente nele. É como que carregar a energia dessas emoções negativas para a página.

Não só isso, mas escrever tudo também ajuda a processar e descobrir como você realmente se sente sobre as coisas.


3.Encontrar o bom em tudo


Todo relacionamento que experimentamos em nossas vidas, sejam eles platônicos ou românticos, podem nos ensinar lições de vida importantes.

Não importa como você esteja ferido, seus relacionamentos anteriores têm muito a ensinar-lhe se você estiver disposto a encontrar o lado positivo neles.


4.Ser compassivo


Quando você está machucado, é fácil transmitir essa mágoa para o resto do mundo.

Em vez disso, aja com compaixão. Seja benevolente para com tudo.

Passe algum tempo em voluntariado. Conheça pessoas novas. Crie positividade no mundo.



5.Encontre a sua versão de felicidade

A sociedade nos diz como sermos felizes, mas isso não funciona para todos. Encontre o que é necessário para você ser feliz.

Descubra as coisas que você gosta de fazer e as faça. Aprenda a ser feliz de sua maneira. A felicidade vem de dentro, não de fontes externas.

_______


Do Original: Daily Vibes – Traduzido pela equipe de O Segredo

Transformando o sentimento negativo em força positiva:

Artigo Anterior

Familiares tóxicos: como podemos nos defender?

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.