Pais e Filhos

5 maneiras de manter seu filho protegido sem o sobrecarregar:

5 maneiras de manter seu

Quando nos tornamos pais, nosso instinto de proteção se desenvolve e muitas vezes fala mais alto do que o senso de independência, que é importante incentivarmos em nossos filhos, desde a infância.



É importante manter em mente que, por mais que você queira, não poderá estar cem por cento do tempo ao lado de seu filho, tomando todas as decisões por ele.

Os filhos crescem e seguem seu próprio caminho.

No entanto, você pode desempenhar o seu papel de proteção de uma forma saudável, que valorize a independência de seu filho e sua liberdade de escolha.


Abaixo estão 5 maneiras de manter seu filho protegido sem o sobrecarregar.

1. Ensine seu filho a compartilhar elevador com estranhos de forma segura

Aconselhe-o a sempre a manterem suas costas na parede, quando estiver em um elevador sozinho com estranhos. Ao fazer isso, ele sempre poderá ver quem se aproxima.



2. Ensine-o a não comentar com os outros quando estiver sozinho em casa

Crianças são inocentes e, muitas vezes, não têm o conhecimento da malícia que existe no mundo. Por isso, podem compartilhar com algum conhecido quando ficam sozinhas em casa por algum motivo, para serem vistas como independentes. Porém, você deve ensinar ao seu filho que não é certo falar que está sozinho, porque nem todas as pessoas têm as melhores intenções em seus corações. Deixe bem claro que se um estranho chegar à porta, ela nunca deve abrir quando estiver só.


3. Criar uma senha para identificação


Criar uma senha de identificação pode ajudar a manter seu filho seguro no caso de algum estranho se aproximar dele. Combine com seu filho alguma pergunta chave, da qual só vocês sabem a resposta, e fale para ele fazer essa pergunta se caso algum dia uma pessoa desconhecida aparecer para buscá-lo em algum lugar. Ensine-o a falar: “Quais são os nomes dos meus pais? Qual é a senha de identificação? ”


4. Ensine seu filho a gritar, se tiver medo

Deixe seu filho ciente de que quando ele se sentir ameaçado ou em perigo, nunca é errado ou falta de educação gritar o mais alto que conseguir e pedir ajuda. Dessa forma, ele terá o seu consentimento e não ficará em dúvidas quanto a pedir ajuda em situações perigosas.



5. Ensine seu filho a correr de carros na direção oposta

Ensinar seu filho a não entrar em um carro com estranhos é importante. Mas também ensine-o que se um carro chegar perto dele ou começar a segui-lo, o melhor a fazer é correr rapidamente na direção oposta e pedir ajuda.

Por mais que desejemos, não podemos estar perto sempre e nem prever tudo o que pode acontecer. Por isso, é sempre bom orientar seu filho, mas nunca sobrecarregá-lo de medos e traumas. Isso não fará bem a ele e nem a você, a longo prazo.


___________

Direitos autorais da imagem de capa: warrengoldswain / 123RF Banco de Imagens

25 coisas que você deve impedir que façam a você:

Artigo Anterior

10 forças de pessoas que amam passar um tempo sozinhas:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.