Lei da AtraçãoColunistasO Segredo

5 passos para fazer a lei da atração funcionar na sua vida

leidaatração

Por que tantas pessoas dizem usar a Lei da Atração e funcionar? Por que eu estou tentando há tanto tempo e não consigo?



Infelizmente a maior parte das pessoas que tentam usar a Lei da Atração para mudar suas vidas fracassam porque estão esperando por mágica, não a colocam para funcionar corretamente e erram na parte mais simples.

Quero que me responda agora: é possível plantar sementes de abacaxi na terra e colher batata doce?

Não né! Rsrsrsrs


Pois é! Mas é isso que acontece com a maioria das pessoas, elas começam a desejar algo e não passam disso, aí quando percebem que nada acontece perdem a motivação e voltam a ser como antes.

Se mantemos nossos pensamentos, emoções e atitudes como eles são hoje vamos manifestar somente mais da vida que temos hoje, quando decidimos mudar (e repetindo mesmo!) nossos pensamentos, emoções e atitudes a nossa vida muda porque começamos a plantar coisas diferentes, não tem como colher mais do mesmo.

Essa é a tríade do sucesso da Lei da Atração: PENSAMENTO – SENTIMENTO – AÇÃO

1. Defina seu objetivo – de forma bem clara, algo que realmente faça sentido para você, que você passe o que passe vai querer alcançar, que não importa o tempo que vai demorar você sabe que vai conseguir.



2. Tenha a intenção (intenção é diferente de desejo, quem deseja só fica esperando as coisas acontecerem, quem intenciona age!). Sinta sua intenção no futuro, tudo o que você vai ganhar, sentir e conseguir com esse objetivo realizado.


3. Mude sua frequência vibratória


Mudando seus pensamentos, sentimentos e crenças.

Pergunte-se várias vezes ao dia: como estou me sentindo agora? Se não tiver bem, se tiver algum aperto no coração, angústia, raiva, mágoa, ressentimento, medo, ansiedade, transforme esse sentimento!

Sabia que muitas pessoas querem viver um grande amor, mas na verdade não se sentem merecedoras de viver esse grande amor? Ou tem muito medo? Essas crenças e emoções geram um grande conflito entre sua mente e seu coração e com isso a lei da atração não funciona é preciso transformar essas crenças que te limitam em crenças que te impulsionam.

A lei da Atração é clara: atraímos o que sentimos e não o que desejamos.


Se seu objetivo for realmente importante para você não importa o tempo que ele vai demorar para acontecer, você não vai desistir.

Por isso sinta ele todos os dias e espere, não tente forçar o Universo, não tente barganhar, somente se você manter o sentimento e suas ações você conseguirá alcançar o objetivo.

O medo, a ansiedade, a preocupação vão vir sim, mas trabalhe eles com sua mente, se você entrar na frequência deles só vai demorar ainda mais.



4. Sinta gratidão

O único momento que temos é o presente, aceite seu momento presente, não brigue com ele, pratique a gratidão e apreciação diárias, isso faz você entrar no estado de fluxo de abundancia.

Aceite sua turbulência, as situações difíceis existem, mas a escolha de qual postura você vai escolher para passar por elas é somente sua. Você passando em estado de gratidão e aceitação (aceitação não é submissão, é não se rebelar) você não precisará repetir essa situação de uma outra forma mais pra frente.

No estado de clareza você terá mais ideias para resolver seus problemas e o processo de sofrimento vai passar mais rápido.



5. Defina um Plano de Ação

Você precisa de um planejamento com metas de curto, médio e longo prazo para que tenha ações diárias que vão te levar em direção ao seu objetivo.

Se você seguir esses passos vai alcançar seu objetivo, não tem mágica, tem dedicação, esforço, técnica e atitude!!!


O quanto é realmente importante para você sair do estado que vive nesse momento?

Qual pessoa você escolhe ser nesse momento: a que realiza e vive seus sonhos aproveitando a jornada e sendo muito feliz ou aquela que vive reclamando, lamentando, esperando que algo caia do céu e falando que faria muita coisa na vida se realmente fizesse algo?

Quando você voltar, talvez eu não esteja mais aqui…

Artigo Anterior

Sobre o timing e o perdão…

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.