5min. de leitura

5 passos para o seu reencontro:

Gosto de dizer que o autoconhecimento é na verdade um reencontro. Um reencontro com quem sempre fomos, mas frente ao caos do dia a dia, esquecemos qual é a verdadeira identidade da nossa alma.

Muitas vezes já estive me questionando em momentos de ansiedade e angústia, com uma dúvida “onde será que estou errando?”


Eram tantos os problemas que eu via no mundo, mas tão poucos que eu encontrava em mim.

Quantas injustiças acontecendo lá fora, quantas pessoas perdidas em relação a vida, seus sonhos, seus objetivos.

E mesmo assim, eu ao invés de me questionar de verdade, a fundo, onde estavam as minhas injustiças, dores e sonhos, eu só perguntava “porque ?”


E quando paramos de perguntar porque as coisas estão acontecendo com a gente, e perguntamos, para qual crescimento esses problemas vieram, viramos uma chave na nossa consciência. A da autorresponsabilidade. Você está onde você se coloca.

São muitos os passos que precisamos dar em direção do nosso despertar de volta para casa, e para o caminho da alma, mas escolhi alguns deles para compartilhar como vocês: 

1 – Preste atenção em tudo o que você fala do outro. Só te incomoda o que mora em você.


2 – Se você deseja ser amado e respeitado. Ame e respeite. Você só pode ter, o que pode dar.

3 – Ninguém entra no seu caminho por acaso. Antes de “tirar” essa pessoa da sua vida, pergunte para si mesmo porque você atraiu essa energia para você. A gente só atrai o que a gente vibra.

4 – Peça para seu anjo da guarda ou mentor espiritual, te mostrar quando você tem atitudes que precisa melhorar. “Peças e serás atendido”

5 – Humildade  para aprender e se transformar, é o valor que você mais tem que dar foco se você quer encontrar “o seu caminho de volta pra casa”. Só cresce quem está disposto a aprender, ouvir, e quem tem coragem para olhar para os seus “podres mais podres”. Aceite com amor seus defeitos, e potencialize suas qualidades com a sua humildade para se transformar. Você assim, estará seguindo a lei da vida: Viemos para mudar !

Esse processo de reencontro, é muito doloroso. É como se algo nos impedisse sempre de voltar pra lá, porque dói.

Como Prem Baba uma vez me disse “Se há dor, é porque você ainda mente para você mesmo…”

E porque será que dói, ou que nós evitamos tanto entrar nesse caminho de reencontro?

Porque nós humanos, nesta evolução, ainda precisamos  do calor para apreciar o frio. Da dor para apreciar a saúde. Do ódio para apreciar o amor.

E não seria diferente com o nosso reencontro. Não existe absolutamente nada mais maravilhoso do que se reencontrar. Do que estar de volta em casa. Estar em paz, plenitude profunda consigo mesmo é um verdadeiro céu da consciência.

E para apreciarmos isso, como tudo na vida, precisamos do caos no caminho.

“Uma flecha só pode ser atirada se for puxada para trás.” “Quando a vida te arrasta para as dificuldades fazendo parecer que está andando para trás, não se desespere… Isso significa que na verdade você será lançado para algo grande e à  frente de muitos! Para que isso aconteça, se concentre e continue apontando para seus objetivos!

Imagine que você é uma flecha no arco de Deus. Quando tudo parece que está indo pra trás, é Deus segurando o seu arco apontando para onde Ele quer te levar. Quanto mais pra trás a flecha é puxada, mais longe ela irá atingir e não se preocupe com a pontaria, pois Deus Nunca erra o alvo ! ”

(ISAIAS 49:2)

Namastê!





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.