6min. de leitura

5 razões científicas que mostram que os bons pais fazem diferença na vida de seus filhos:

Quero ser muito claro, desde o início: as mães solteiras são heroínas absolutas. Elas assumem a responsabilidade pelo bem-estar de seus filhos em todos os aspectos, de forma que a maioria dos pais não faz.

Algumas têm sorte de ter um modelo masculino forte na vida de seus filhos e outras preenchem muito bem esse papel. As mães solteiras merecem uma enorme quantidade de reconhecimento – assim como os bons pais.



Um bom pai ajuda no desenvolvimento de uma criança de inúmeras maneiras. A presença e cuidado de um grande pai – ou tio, avô, mentor ou amigo próximo – pode fazer uma imensa diferença na vida de uma criança.

Abaixo estão seis formas, cientificamente comprovadas, através das quais um bom pai enriquece a vida de seus filhos:

1. Os pais ensinam as crianças a correrem riscos

Por natureza, as mães se preocupam em manter os filhos seguros e em cuidar de sua saúde emocional. Os pais, ao contrário, estão focados em ensinar seus filhos a sobreviver no mundo. Este efeito foi comprovado no Swim Lesson Study, que examinou o comportamento dos pais enquanto ajudavam seus filhos a aprenderem a nadar. Os pesquisadores descobriram que “os pais tendem a ficar atrás de seus filhos para que possam enfrentar seu ambiente social, enquanto as mães tendem a  ficar na frente de seus filhos, procurando estabelecer contato visual com eles”. Esse comportamento também está em exibição quando…


2. Os pais são firmes com seus filhos

A firmeza provou ser uma parte crucial do desenvolvimento infantil. Claro, é uma maneira fisicamente ativa de facilitar a ligação em um mundo onde a maioria das crianças não obtém o suficiente de qualquer um. No entanto, também provou aumentar a resiliência e a inteligência de uma criança. Há mais coisas abaixo da superfície áspera da dureza. Aprender sobre a justiça e estabelecer limites encoraja as crianças a desenvolver inteligência emocional e fortalecerem seu senso de moralidade.



3. A presença do pai desencoraja os vícios

Um estudo publicado no Journal of Marriage and Family examinou o impacto da estrutura familiar e da comunidade sobre o abuso de drogas e álcool entre adolescentes. Eles descobriram que as crianças em casas com apenas um dos pais eram mais propensas a serem vítimas de abuso de substâncias, mesmo quando contabilizaram renda e comunidade. Outra descoberta interessante foi que “os adolescentes estão em maior risco de dependência química, se residirem em comunidades com maior proporção de homens desempregados e fora da força de trabalho”. Isso ressalta a ideia de que, mesmo os homens que não são pais, podem ter um impacto positivo – ou negativo – impacto sobre os jovens ao seu redor.


4. Os pais capacitam seus filhos

É amplamente aceito que as meninas aprendam sobre fitness e imagem corporal, principalmente com suas mães. No entanto, novas evidências mostram que este pode não ser o caso. Um estudo publicado pelo Institutos Nacionais da Saúde dos Estados Unidos mostrou que é o nível de aptidão do pai, e não da mãe, que dará o tom para a saúde física de uma jovem. Outro estudo, publicado no Journal of Pediatrics, descobriu que o nível de atividade de pré-escolares estava diretamente ligado ao IMC de seus pais. Quer seja o resultado de um comportamento modelado ou passeios físicos instigados pelo pai, as crianças com pais saudáveis ​​costumam seguir seus passos.


5. Pais envolvidos promovem a realização escolar

Um estudo de 2001 do Departamento de Educação dos Estados Unidos descobriu que os alunos cujos pais estavam altamente envolvidos com o trabalho escolar eram 43% mais propensos a receber boas notas. Não parecia importar se fosse padrasto, pai solteiro ou pai com custódia dividida. Tudo o que importava era que ele se interessasse. Outro estudo destacou a importância de os pais lerem para seus filhos em relação à sua alfabetização. Isto foi provado ser especialmente importante para os meninos, que correm o risco de ver, erroneamente, a leitura como uma atividade feminina.


“Ser pai é, sem dúvidas, minha maior fonte de conquista, orgulho e inspiração.”

A paternidade me ensinou sobre o amor incondicional e me ensinou a ser uma pessoa melhor.” Naveen Jain expressou lindamente as alegrias da paternidade. Um bom pai não só beneficia seus filhos, mas enriquece sua própria vida, além da medida.”

Seja um bom pai, apoie seu filho!  Agradeça ao seu pai, ou simplesmente abrace-o. Ele, certamente, merece!

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: I Heart Intelligence

Você sabia que O Segredo está no Instagram, Facebook e no Twitter? Siga-nos por lá.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.