Amor-PróprioAutoconhecimentoO Segredo

5 razões para ficar “como veio ao mundo” mais vezes

5 razões para ficar nua mais vezes

Como mulheres, quantas vezes nós realmente vemos umas as outros ao naturel e realmente nos sentimos confortáveis?



Quando eu estuva nos EUA, rapidamente dominei a arte de mudar de roupa no vestiário. Era diferente, como se devessmos nos manter de alguma forma vestidas, mesmo enquanto nos despíamos.

Então, quando eu acidentalmente encontrei-me em spa nudista no meio do inverno, não foi surpreendente começar a pensar sobre o meu corpo.

Quando eu e minha amiga fomos para a área de spa, esperávamos ver brancas e macias toalhas, roupas de banho e corpos de todas as formas e tamanhos. Mas em vez disso, todos estavam completamente nus. Eu me encolhi. Eu não me inscrevi para isso. Regredi para a minha versão tímida.


Olhando ao redor do mar de corpos nus, eu senti imensa vergonha. Eu não me depilava. Tenho estrias nos quadris. Meu seio esquerdo é um pouco maior do que o direito. Quando foi a última vez que eu raspei minhas pernas? Oh meu Deus, os seios das mulheres de 50 anos são maiores que os meus. Será que minha bunda parece com a de uma mulher de 70 anos? Não. Meu Deus que desespero!

Minha amigo suspirou, olhou para mim e disse: “Eu acho que é considerado rude se não tirarmos nossas roupas.” Rude?! Eu me recusei, mas depois da nossa primeira sauna, eu comecei a entender a lógica por trás da política de não usar roupa. Eu estava seriamente superaquecida. Com uma inspiração profunda (e um enorme suspiro!) Eu tirei meu top.

Meus peitos … … Lá estavam eles. Eu percebi que era mais fácil tirar a camisa na frente de um parceiro sexual, do que expor meus seios em público.

Mas em vez de fixar-se em como as minhas meninas olharam, eu decidi redirecionar o foco para o porque eu senti tanta vergonha. Por que era meu primeiro impulso comparar o meu corpo com os outros? Por que eu estava catalogando cada polegada de celulite que vi? Por que eu estava obcecada com o quão terrível eu pensei parecer?


Aqui estão cinco razões libertadoras do porque você não deve ter medo de ficar nua:

1. “Perfeição” é uma ilusão

Mesmo que esteja feliz com o meu corpo na maioria das vezes, ainda sinto uma imensa pressão para parecer “perfeita”. Desde cedo me ensinaram como me tornar mais atraente para os homens – como flertar, usar saltos altos, saias curtas, cerar minhas sobrancelhas, cuidar meu vestiário, etc. E ainda assim, quando tiro todas as roupas, eu tendo a me preocupar sobre todas as imperfeições, porque vamos ser sinceros, nenhum de nós é livre de imperfeições.

“Imperfeição” significa que há um objeto de perfeição, e isso não é verdadeiro. Cada corpo é diferente. Enquanto eu olhava ao redor do spa naquele dia, não era o meu corpo que me separava de todos os outros, era a minha atitude.



2. Ser vulnerável na frente dos outros é uma coisa boa

Na Europa – Alemanha especialmente – é perfeitamente normal tirar o maiô e dar um mergulho. Ir para a sauna é um passatempo super comum, e subentende-se que todo mundo vai estar nu. Descobri que ver outros corpos nus pode tornar-nos mais confortáveis ​​em nossa própria pele, se estivermos dispostos a encarar o desconforto e medo.



3. Quando você julga outras pessoas, julga a si mesmo

Eu percebi que estava com medo de enfrentar o meu próprio auto-julgamento. Em vez de praticar a auto-compaixão, eu temia. A sociedade nos ensinou a julgar e criticar, em vez de amar e cuidar de nós mesmos e dos outros.

Quando você se compara a outras pessoas, é uma forma de auto-mutilação. Temos que cuidar do nosso corpo físico e emocional, e às vezes é igualmente importante – se não mais importante – ter uma rotina de exercícios emocionais também. Meditação é altamente eficaz para isso.



4. Quando você se sente confortável nu, se sente menos inclinado a usar maquiagem e saltos

Eu nunca fui uma garota feminina – não é da minha personalidade. Às vezes eu sinto vontade de usar batom (raramente), mas eu finalmente percebi e aceitei que não há problema. Perder o traje me ajudou a sentir-me confortável com apenas ser eu mesma.


5. Expor-se para a Mãe Natureza é muito bom


Assim como a neve nas montanhas, meu corpo um dia também irá derreter. Meu bumbum vai ficar flácido e minha pele enrugar.

Se praticar yoga me ensinou alguma coisa, é que eu não sou o meu corpo e eu não sou minha mente. Tudo neste mundo é material, e está sujeito a mudanças constantes. Até mesmo ao me sentar aqui agora e escrever isto, meu corpo está mudando. Minha pele é uma barreira material para o mundo em volta de mim, e de alguma forma tirar minhas roupas nessa montanha me fez sentir mais em paz com a natureza e comigo mesma.

 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Mind Body Green

Zona de conforto

Artigo Anterior

9 coisas que você vai notar depois de meditar por apenas 1 minuto!

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.