Comportamento

5 sinais ocultos de exaustão que revelam que você está no limite

Capa 5 sinais ocultos de exaustao que revelam que voce esta no limite

Fique atento, você pode estar mais próximo de uma crise do que imagina!



A exaustão, para o bem ou para o mal, já se tornou parte de nossa rotina cada vez mais atarefada e acelerada. Uma das maiores fontes de exaustão é o trabalho, e existe inclusive um mito de que certas profissões cansam menos do que outras, o que pode até ser verdade quando falamos apenas do aspecto físico, mas o psicológico é intensamente afetado em qualquer área de atuação.

Em alguns setores, o esgotamento vem por ter de lidar com o público, e em outros, por tentar achar razão em planilhas e números. Para qualquer lado que você vá, é impossível fugir da exaustão, dentro de casa inclusive, pois o convívio familiar pode drenar nossas energias de forma intensa.

Já existem várias doenças que são causadas pelo cansaço mental e físico, impossibilitando as pessoas atingidas de diversas formas. Por isso, separamos esta lista com cinco sinais que você pode estar deixando passar despercebidos, mas que revelam que você está mais perto do que imagina de uma crise. Identifique os indícios e mude sua rotina antes que seja tarde demais.


1. Sintomas físicos – observe o que seu corpo quer dizer

O aparecimento de acne, dor de cabeça intensa, sudorese, diarreia e náusea são fortes indicadores de que algo não vai bem, pois seu corpo está absorvendo todo o seu estresse diário. Observe quando esses sintomas são mais ou menos intensos, por exemplo, se você sempre tem vontade de vomitar quando precisa se reunir com seu chefe.

2. Pavio curto, tudo incomoda e você “explode” com muita facilidade

Quando nossa cota de estresse já extrapolou, qualquer mínimo erro já é suficiente para “explodirmos” com a pessoa mais próxima. Esse é um claro sinal de que sua mente e corpo não estão tendo o momento de relaxamento de que precisam, você está em um completo estado de alerta e descontentamento.


3. Seus hábitos de sono e alimentação não vão bem

As recomendações médicas de dormir oito horas por noite e comer de forma balanceada podem ser batidas, mas são verdadeiras e necessárias. Ao contrário do que muitos pensam, não é só porque estamos mais cansados que dormimos melhor. Aliás, quanto mais cansados, maiores são as chances de não conseguirmos preparar uma refeição balanceada, mas de comer mal e passar a noite revirando na cama, o corpo reclamando e a cabeça a mil. E não caia na história de “compensar depois”!

4. Você se sente insatisfeito com tudo na vida, nada lhe agrada

Nem sempre podemos ter a vida com que sonhamos, mas sempre existe algo para agradecermos no nosso dia. Não estamos falando de um estado de felicidade eterna, isso é irreal, mas é possível estar bem ao menos com algum aspecto da vida. A dificuldade de encontrar pelo menos uma coisa que nos alegre é um fator importante a se observar.


5. Autossabotagem

Este ponto talvez seja o mais difícil de se observar, pois nem sempre temos noção das nossas ações quando nos sabotamos, mas a exaustão chega a um nível tão elevado, que a sua mente começa a atuar contra o seu sucesso.

Aquelas atividades que você sabe que executa bem parecem impossíveis e durante o processo você começa a ameaçar as suas chances de um bom resultado, quer seja atrasando prazos, não se dedicando como poderia ou gastando seu tempo com algo que não seja tão importante.

Os mais inseguros também podem demorar mais tempo para identificar esse sintoma, mas é importante estar atento: todos temos inseguranças e medos, e algo está errado quando eles começam a nos paralisar. A autossabotagem é quando mesmo você sabendo que pode ter sucesso em uma atividade, sua mente, muitas vezes por cansaço, opta por um caminho diferente, deixando de lado seu potencial. Fique atento aos sinais, não deixe que a exaustão leve o melhor de você.


Dieta macabra: mulher come as cinzas do marido e diz que isso a está ajudando a emagrecer

Artigo Anterior

“Não, eu não estou ficando velha, estou ficando seletiva, apostando meu tempo em mim mesma!”

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.