publicidade

5 surpreendentes dificuldades das pessoas inteligentes:

Muitas vezes invejados, aqueles entre nós que sempre gabaritam provas e entendem facilmente problemas complexos, parecem ter uma vantagem em relação aos outros.



Antes de tirar conclusões precipitadas, por favor, reflita sobre estas desvantagens.

Inteligência cria pressão para o sucesso.

Devido à facilidade de compreender o que os outros podem não perceber, cria-se uma pressão interna para uma carreira melhor, maior renda e status social mais elevado.

Quando as coisas não dão em nada e essas expectativas não são alcançadas, a aceitação é rara. Desconcertados pelos fracassos e desvios da vida, aqueles com o intelecto superior arriscam-se com autocrítica extrema.

Amizades são ilusórias. A maioria de nós busca relacionamentos sociais e íntimos, cientes de que se espera que ofereçamos atenção e um pouco de nós mesmos. A água procura seu próprio nível e nós podemos facilmente encontrar nossa tribo.



Aqueles de grande inteligência raramente têm um momento de silêncio em sua mente, e perdem as nuances sociais que o restante das pessoas têm com facilidade.

Eles também dispensam potenciais amigos que não aparentam ter um nível semelhante de percepção.

A sobrecarga analítica é comum. Para essas pessoas altamente inteligentes, há tanta atividade cerebral acontecendo, que é difícil escolher qual pensamento primeiro quando o instinto é agarrar a todas as ideias de uma só vez. A tomada de decisão é árdua, estressante. Acrescente a isso uma tendência a ser fisicamente inativo, sofrendo, frequentemente, com a falta de sono, e você tem uma cenário perfeita para a depressão. Isolamento intelectual.



Quando sucesso é determinado cedo como forma de validação, o medo do fracasso pode destruir o verdadeiro amor pelo aprendizado e uma paixão por transmitir conhecimento aos outros. Assim, explorados para compartilhar conhecimento com os outros, as pessoas de grande intelecto são muitas vezes vistas como pretensiosas.

Imagine o seu cérebro em plena oscilação. Imagine, alguém poder eficientemente, relatar os fatos, apenas para ser frustrado pela incapacidade dos outros de compreender. Claro que será taxado como “sabe-tudo”, sem noção do porquê. A verdadeira felicidade é complicada.

Em 1926 o psicólogo Lewis Terman Identificou 1500 estudantes na Califórnia com um QI de 140 ou mais, 80 dos quais eram acima de 170. Eles são estudados até hoje. Em suma, a respeito da satisfação com a vida, um grande intelecto pode realmente significar que você está menos satisfeito. “pensar demais” leva à ansiedade social. A incapacidade de pedir ajuda aumenta o isolamento  e a prática de “baixar a cabeça” prejudica a autoestima.

Todos nós temos nossos demônios e os super inteligentes, claramente, não são exceção.

Como Carl Jung observou adequadamente: “O julgamento do intelecto é apenas parte da verdade”.


Direitos autorais da imagem de capa: evgenyatamanenko / 123RF Imagens

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: I Heart Intelligence

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.