6 atividades que nos ajudam a criar filhos emocionalmente fortes

Nossa realidade tecnológica muitas vezes torna difícil uma verdadeira conexão com as pessoas que mais importam para nós. Nossos filhos são nossos verdadeiros presentes, herdeiros de nosso amor e dedicação. Por isso, é essencial que tenhamos um tempo todos os dias para estar com eles, fazendo nossa parte em sua criação e desenvolvimento pessoal.

Em substituição aos celulares e videogames, existem muitos jogos e brincadeiras que podemos realizar com nossos filhos para ajudar em sua evolução emocional, e ao mesmo tempo promover uma proximidade saudável com eles, o que é fundamental para sua felicidade e completude.

Abaixo, listamos 6 atividades que ajudam a promover relaxamento e união entre pais e filhos, incentivando a sabedoria emocional das crianças.

1. Exercício de respiração: soprando a vela

O objetivo deste jogo é ensinar, tanto os pais quanto os filhos a respirar da forma correta, inspirando pelo nariz, inflando a barriga e, lentamente, expirando o ar da mesma maneira como sopramos uma vela para apagá-la. Para tornar a brincadeira interessante, é legal realmente usar uma vela, e deixá-la a uma distância segura da criança.

Durante a brincadeira, a criança não vai poder se inclinar ou levantar, e no começo não conseguirá apagar a vela por conta da distância. Passadas as primeiras tentativas, os pais devem aproximá-la pouco a pouco, até que a vela se apague. A ideia é que a brincadeira dure aproximadamente 5 minutos, ensinando a criança a respirar profundamente.


2. O jogo da semente

Para esse jogo, precisamos estar em um ambiente tranquilo e relaxado, com pouca iluminação, pois vamos representar o processo de crescimento de uma árvore. Para começar, ficamos de joelhos no chão, com a cabeça para baixo e os braços esticados para a frente, como se estivéssemos nos alongando.

Estamos representando uma semente que, ao som de música, aos poucos se torna uma grande árvore, com grandes ramos (nossos braços estendidos conforme nos levantamos ao crescer). Preferencialmente, este exercício deve ser feito à noite, antes da criança ir para à cama.


3. O jogo do balão

Esse jogo tem o objetivo de nos ajudar a promover o relaxamento através da respiração correta. O objetivo é encher balões coloridos. Primeiro, enchemos um até que exploda, depois enchemos outro e permitirmos que ele elimine o ar de seu interior através de sua “boca”.

Então, pedirmos às crianças que fechem os olhos e se imaginem como balões, à medida que enchem seus pulmões de ar. Depois disso, orientemo-las a eliminar o ar lentamente, assim como os balões.

O próximo passo é pedir para nossos filhos nos contarem situações em que se sentem “cheios”, “incapazes de ficar em pé”, assim como balões e oferecer soluções para que possam  agir conscientemente nessas situações.


4. Pintar mandalas

Essa atividade é indicada tanto para crianças quanto para adultos, porque estimula a criatividade, a concentração, ao mesmo tempo em que traz uma sensação de relaxamento e reflexividade.

Essas são apenas algumas das atividades que promovem o fortalecimento da conexão entre a família e a sabedoria emocional.


5. Amassar papéis e rabiscar

Essa atividade, por mais que possa parecer agressiva, é muito útil para ajudar as crianças a canalizarem suas emoções negativas. Ela também tem outra função importante, incentiva o uso e desenvolvimento de habilidades motoras finas (que envolvem músculos pequenos e coordenação dos olhos e mãos), fortalecendo os músculos das mãos.

Esperamos que essas atividades sejam úteis na educação de suas crianças.


6. A história da tartaruga

A história da tartaruga é uma importante lição a ser ensinada, porque ajuda a desenvolver habilidades de autocontrole nas crianças.

Ela gira em torno de uma pequena tartaruga que estava cansada de tudo e se estressada com grande facilidade. Um dia, essa tartaruguinha, cansada de estar sempre sozinha, encontrou uma outra tartaruga, sábia, que lhe ensinou uma maneira de controlar a sua raiva: entrar em sua concha, contar para se acalmar, acalmar seus pensamentos e relaxar.

Essa história, principalmente quando contada para crianças entre 3 e 7 anos, ajuda a promover o exercício da calma em meio a situações tensas e de estresse. Para facilitar a criação desse hábito, podemos reforçar o exemplo da história dando um papel com uma tartaruga desenhada, sempre que a criança estiver em momentos difíceis.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: tomwang / 123RF Imagens



Deixe seu comentário