6 crenças tóxicas sobre o amor que precisamos parar de romantizar



Sentir-se amado por alguém é uma das melhores sensações que uma pessoa pode experimentar. Entretanto, muitas vezes, temos a tendência de romantizar comportamentos que são, na verdade, tóxicos.

Fazemos isso sem perceber, porque já faz parte do modo como aprendemos a enxergar o amor.

Para encontramos um amor verdadeiro e saudável, precisamos nos libertar das crenças tóxicas sobre esse sentimento.

Abaixo estão 6 crenças tóxicas sobre o amor que precisamos parar de romantizar.

1. “Se for o relacionamento certo, você não há necessidade de se esforçar.”

A pessoa que inventou essa frase, provavelmente, não tinha muita experiência com amor.

O amor verdadeiro é um trabalho constante. Para viver uma grande história com alguém, é preciso estar disposto a trabalhar para fazer as coisas funcionarem, para se comprometer com a outra pessoa, planejar uma vida ao lado e resolver todas as dificuldades que surgirem em seus caminhos.

Em alguns relacionamentos, esse trabalho será mais natural e simples. Já em outros, as coisas levarão mais tempo, afinal não é fácil encontrar uma pessoa cujos valores se alinhem aos seus. Para ser duradouro, o amor precisa ser nutrido todos os dias.


2. “A pessoa certa saberá intuitivamente como amar você.”

Cada pessoa é única, e todos nós recebemos diferentes orientações de como dar e receber amor. Nem sempre nossa concepção de amor é igual à da pessoa que está ao nosso lado, por isso, é preciso conversar abertamente para que as coisas funcionem. A outra pessoa não vai magicamente adivinhar tudo sobre nós.

Nos relacionamentos verdadeiros e duradouros, os diálogos honestos são essenciais para ambos expressarem o que querem em precisa de em um relacionamento.


3. “O amor é o suficiente para um relacionamento funcionar.”

O amor é um ótimo começo para um relacionamento, mas não é o suficiente para fazê-lo durar.

Para ir adiante, é preciso compreensão, altruísmo, estabilidade, compromisso, perspectiva, companheirismo, e muitas outras coisas. Se esses componentes essenciais estiverem faltando, há uma chance muito grande de você ficar preso em um relacionamento tóxico e sem futuro.




4. “Podemos responsabilizar outras pessoas pelo que estamos sentindo.”

Nossos relacionamentos são de nossa total responsabilidade. Sim, eles podem ser afetados negativamente por pessoas negativas e tóxicas, mas, no final das contas, somos nós que decidimos o quanto isso pode nos afetar.


5. “É responsabilidade da outra pessoa derrubar nossas barreiras.”

Todos nós já fomos feridos pelo amor de alguma maneira, e isso nunca é bom. Mas cabe apenas a nós buscarmos maneiras de nos curar de nossas feridas. Se você constrói muros muito altos para se proteger do amor porque foi ferido no passado, precisa ficar sozinho até aprender a lidar com isso de forma saudável.

Não se mostre disponível para relacionamentos se ainda está ferido, porque não é responsabilidade de ninguém curar suas feridas e fazê-lo voltar a acreditar no amor. Se você não está preparado para reciprocidade, não está pronto para se relacionar novamente.


6. “Podemos salvar uns aos outros através do amor.”

O amor é uma força que pode nos transformar de dentro para fora e nos proporcionar incríveis felicidades. No entanto, não nos salva de nós mesmos.

Se uma pessoa não está pronta para se amar e ajudar a si mesma, não importa quanto amor receba, não vai mudar sua realidade. Se alguém está mentalmente ou fisicamente doente, apenas amor não vai devolver sua saúde de volta. Por mais incrível que seja, o amor não resolve todos os nossos problemas.

Quando aprendermos a nos libertar dessas crenças, passamos a enxergar o amor e os relacionamentos com muito mais verdade e positividade, e, consequentemente, atraímos melhores relacionamentos.


Direitos autorais da imagem de capa: ALP STUDIO / Unsplash






Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.