6 dicas sobre administração de dinheiro que todos os jovens deveriam saber

5min. de leitura

No mundo de hoje, uma das coisas mais importantes que um jovem pode fazer é começar a aprender a gerir o seu dinheiro com sabedoria. É muito fácil ficar enterrado em dívidas, e parece quase impossível sair dela. Ao verificar estas 6 dicas, você pode colocar-se no caminho certo para a paz de espírito financeira.



1. Crie um orçamento e cumpra-o!

Você verá esta dica em qualquer blog que ler, e há uma boa razão para isso. Certifique-se de que você realmente faça-o com um valor menor que seu orçamento, e priorize tudo para segui-lo à risca. Caso seja possível, sempre guarde uma pequena parte do seu orçamento numa poupança. É uma ótima maneira de poupar a longo prazo e estar preparado caso algo inesperado aconteça.


2. Se você não tiver uma conta poupança, faça!

É muito importante ter uma conta poupança para emergências, como já dissemos acima.  Eu sempre fui ensinado para ter guardado pelo menos o valor respectivo a 3 meses de salário, pois caso perca meu emprego, tenho uma segurança. Eu entendo como é sacrificante poupar nosso dinheiro, mas realmente é uma necessidade que precisamos aprender a ver como algo positivo. Uma maneira mais fácil é você autorizar e programar a transferência mensal automática da sua conta corrente para sua conta poupança, assim você nem notará.


3. Cuidado com cartão de crédito!

Cartão de Crédito é uma ferramenta poderosa para usar no mundo financeiro e pode realmente te ajudar a comprar um novo veículo ou uma casa. Mas ele também pode ser fatal para suas finanças. De acordo com pesquisa realizada pela Debt.org, o débito médio do cartão de crédito de jovens com idades entre os 18-34 variou de US $ 3000- $ 5200. No mundo de hoje, onde é muito fácil para as pessoas obter um cartão de crédito ou algum tipo de crédito consignado, pode ser uma ferramenta muito perigosa para jovens que ainda estão aprendendo a administrar suas finanças. Pois pensam que possuem todo o dinheiro do mundo e utilizam desse “benefício” sem lembrar que terão que fazer o pagamento de tudo o que gastaram e ainda acrescido de juros, na maioria das vezes.



4. Viva de acordo com suas limitações

Tente manter o seu custo de vida de acordo com o que dinheiro que ganha. Existem estudiosos da área que indicam que a redução de 10% dos nossos gastos de acordo com nosso orçamento é o melhor caminho para uma vida próspera. Ao fazer isso, você acabará com dinheiro extra no final do mês, mesmo depois de ter pago todas as suas contas. Se você passa a aumentar desnecessariamente seu custo de vida, em breve perderá o eixo e passará a não conseguir manter suas dividas em dia, tornando-se um inadimplente.  Coisa que nenhum jovem deve passar a ser.


5. Invista em sua aposentadoria

Se você começa a investir e fazer sua contribuição ao fundo de garantia desde muito cedo, em 20 ou 30 anos passará a ter uma segurança muito maior que sua aposentadoria e estará chegando seguramente e sem problemas com o governo.


6. Invista em planos de saúde

Esse ponto é uma obrigação. Se você não possui plano de saúde através do seu emprego, deve fazer a contratação particular. De acordo com um levantamento feito pelo Fundo Common Wealth, sessenta por cento das pessoas afirmaram não cuidar constantemente da saúde por causa da sua incapacidade de pagar uma boa consulta e 50% delas relataram ter problemas com o pagamento das dívidas médicas. Se você tem um plano de saúde, pode reduzir drasticamente os custos de uma visita ao médico e consegue se manter fora de dívidas, se um dia precisar de atendimento de urgência.


Mantenha estas 6 dicas em mente ao gerenciar suas finanças e você terá uma vida muito mais tranqüila no longo prazo. Assuma o controle agora em vez de se afundar em dívidas.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Life Hack

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.