EspiritualidadeO SegredoReflexão

6 diferenças entre religião e espiritualidade

Dizer às pessoas que você é espiritual, mas não religioso é muitas vezes pode causar confusão. As pessoas tendem a pensar em espiritualidade como algo muito estranho e misterioso.



Na verdade a espiritualidade é talvez a coisa mais natural que existe, é simplesmente seu próprio consciente reconhecendo que você é mais do que apenas um corpo, mas uma alma com um potencial infinito.

Para simplificar, aqui está uma pequena lista de coisas que ajudam a destacar as diferenças entre religião e espiritualidade.

1. Não há regras para a espiritualidade


Ao contrário de seguir uma ideologia específica ou um conjunto de regras, a espiritualidade simplesmente permite que você siga o seu coração, ela te incentiva a ouvir a sua intuição e fazer o que é certo para si e para os outros ao seu redor. Ela verdadeiramente liberta-o para ser o melhor que podem ser, e uma boa pessoa com nenhuma promessa de recompensa ou punição. A recompensa é simplesmente a sua própria felicidade interior.


2. Espiritualidade é baseada somente no amor e não no medo

Há muito na religiã medo. O medo das conseqüências de suas ações, o medo do que poderia acontecer depois de morrer se você não viver a sua vida em conformidade. Bem, com a espiritualidade só há amor, ela incentiva você a concentrar toda a sua energia apenas no bom, e agir apenas com base no amor. Considera que as decisões feitas por amor irão capacitá-lo, torná-lo mais corajoso e alimentar sua alma. Ela mostra como ficar de pé apesar de ter medo, como mover-se em fazer o que você acha certo, apesar das consequências que podem vir.



3. Religião lhe diz a verdade – Espiritualidade permite que você descubra-a

Em oposição a dizer-lhe em preto e branco como o universo foi criado e por que estamos aqui, a Espiritualidade permite descobrir estas perguntas e respostas para si mesmo. Ela te habilita a encontrar sua própria verdade em todas as coisas e não estabelece limites para o quão profundo você pode ir em compreender tudo que há para saber.



4. Religião separa, Espiritualidade une

Em nosso mundo há muitas religiões e todas elas pregam que a sua história é a certa. Espiritualidade vê a verdade em todas elas e as une, porque a verdade é a mesma para todos nós, apesar de nossas diferenças e singularidades. Centra-se na qualidade da mensagem divina que compartilham e não nas diferenças de detalhes.


5. A diferença entre Karma e Punição


Em vez de falar sobre punição ou ameaça ao inferno, a Espiritualidade só fala sobre Karma. É a Lei da Atração, você recebe o que dá. Simples.


6. Caminhe em seu próprio caminho

Em vez de antigas histórias sobre anjos e Deuses, a espiritualidade te incentiva a fazer o seu próprio caminho e criar suas próprias histórias. Isto o coloca em uma jornada de esclarecimento e autodescoberta, na qual os únicos limites podem ser definidos por si mesmo. Ela incentiva você a confiar em seu coração e segui-lo onde quer que ele levá-lo.


Se você olhar para a religião, tudo decorre de uma profunda espiritualidade. Jesus e Maomé, por exemplo, tinham profundas jornadas espirituais antes de embarcarem em suas próprias viagens.

Espiritualidade lembra-nos que não estamos separados, não há fronteiras, não há raças e não há divisões culturais. A verdade é que somos todos um e que a única constante é o Amor.

 

___


Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Educate Inspire Change

6 coisas que apenas infj’s vão entender

Artigo Anterior

7 importantes símbolos de sonhos que você nunca deve ignorar

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.