FamíliaO SegredoReflexão

6 erros dos pais que têm um impacto negativo em seus filhos

1. Criá-las como se o mundo girasse em torno delas



Claro que como um pai, você quer que seu filho tenha uma vida feliz, mas, ao agir como se todo o universo girasse em torno dele, você está fazendo um desserviço. As crianças nesta situação tornam-se egocêntricas e não se concentram nas necessidades dos outros. Elas são menos propensas a ser felizes e levar uma vida com significado.


2. Apontar traços negativos (muitas vezes falsos)


Eu já dei aula para alunos de ensino fundamental e médio. Uma vez, um aluno me disse que ele nunca poderia aprender porque era estúpido. Perguntei-lhe porquê e ele respondeu: “Isso é o que minha avó diz.” Seus filhos podem decepcioná-lo de vez em quando, mas não espere o pior deles e não os diminua.


3. Punir o mau comportamento e ignorar o bom

O mau comportamento não costuma passar despercebido, e é importante expressar a seus filhos as consequências de fazer a coisa errada intencionalmente. Mas também é importante que o bom comportamento seja recompensado. Se o seu filho tira nota baixa em algumas provas, é totalmente justo tirar seus jogos até suas notas melgorarem. E quando as notas estiverem boas, reconheça! Fazer algo especial para eles.



4. Envergonhar e ameaçar seus filhos

As coisas que as crianças fazem podem ser frustrantes e estressantes, não há nenhuma dúvida sobre isso. Porém, você não pode nunca envergonhar seus filhos. Quando as crianças sentem vergonha, o seu desenvolvimento pessoal é atrofiado. Elas se sentem como não dignas de amor, seja de você ou qualquer outra pessoa, e isso leva a problemas psicológicos. Da mesma forma, você não pode ameaçar seus filhos com castigo por coisas que estão fora de seu controle, como urinar na cama ou uma doença.



5. Ser um amigo, não um pai

As crianças vão para a escola e fazem muitos amigos. O que eles precisam de você é um pai ou mãe. Os pais têm que disciplinar as crianças, definir as expectativas e estabelecer limites. Eles não precisam de um pai só seja seu amigo.


6. Ignorar seu relacionamento ou casamento para se concentrar nas crianças


De acordo com David Code, terapeuta e autor, “As famílias centradas em crianças criam pais esgotados, ansiosos e crianças exigentes.” Eu mesmo não sou especialista em casamento, mas Code argumenta que é tão importante, se não mais, atender às necessidades de seu cônjuge e manter seu relacionamento forte.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo


Fonte: Higher Perspective

5 coisas que você precisa se lembrar quando seu coração está se partindo

Artigo Anterior

Ele viajou o mundo atrás de ensinamentos antigos. Veja seus 83 conselhos para uma vida mais leve.

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.