7min. de leitura

6 Exercícios fáceis para uma rotina mindfulness (atenção plena):

Abaixo estão 6 maneiras simples de incorporar mais mindfulness em seus dias.

1.Manhãs mindfulness: Acordando com propósito

As manhãs podem ser dolorosas. O despertador toca muito cedo, você continua batendo no botão de soneca e acaba apressado em sua manhã porque esperou muito tempo para se preparar. Mas não tem de ser assim.


Quando seu alarme disparar, tente deitar na cama por alguns momentos, conscientemente sentir sua respiração e começar a sentir seu corpo. Observe a posição na qual você esteve dormindo, comece a mexer os dedos dos pés e flexionar lentamente seus músculos. À medida que você começar a se sentir mais acordado, concentre sua energia na tarefa que está sendo realizada – preparar-se para o dia – e como você enfrentará os obstáculos a sua frente. Isso nem sempre faz as pessoas gostarem das manhãs, mas pelo menos as ajuda a começar o dia de forma calma.

Mantra: Quando meu alarme toca, eu me lembro de acordar com propósito, ser consciente do meu corpo e da transição do sono para a realidade.


2.Superar pensamentos baseados no mundo

Talvez você seja uma pessoa naturalmente ansiosa. Em vez de desfrutar de uma viagem pela estrada com sua família, sua mente se preocupa com o aperto da minivan e um possível acidente. A vida pode ser paralisante em sua riqueza de incógnitas. Nossos corpos têm desenvolvido o medo como uma resposta primordial para nos manter vivos e seguros de perigos percebidos, sejam os perigos reais ou não reais. O pensamento baseado no medo é problemático, não só porque não permite que você aproveite a vida da maneira que deveria, mas porque é um ciclo vicioso e implacável. Quanto mais você permitir que sua mente foque em pensamentos baseados no medo, mais o seu cérebro ficará fora de controle. Mas seu cérebro é maleável e pode mudar, com alguma ajuda. Mas como? Você pode praticar exercícios de mindfulness para acalmar-se. Apenas perguntar-se por que você está com medo pode ajudar a separar as ameaças percebidas de coisas reais. Pense em como você se sentiria se o medo não estivesse presente em sua vida, e medite sobre isso. Pouco a pouco, você pode se ajudar a ir de um estado de medo para um de calma.


Mantra: Aliviando meus medos, eu fico calmo. Permito-me estar presente e livre de pensamentos tóxicos.

3.Alimento para o Pensamento: Alimentação Mindfulness

Pense neste cenário – você está no cinema com um grupo de amigos e decidiu comprar coisas para comer durante a sessão. Talvez você divida alguns lanches como pipoca, um saco gigante de ursinhos de goma e um refrigerante. Até o final da primeira metade do filme, todas essas comidas já acabaram. Quando você não pensa sobre o que põe em seu corpo, é fácil  comer qualquer coisa. Essa é uma maneira horrível de comer. Comer conscientemente – bem como mindfulness – é sobre estar presente. Você pode fazer isso de várias maneiras, como dando mordidas menores e passando mais tempo mastigando, enquanto se concentra na textura e sabor do alimento. Também pode se perguntar se está realmente com fome ou simplesmente entediado. É uma pequena mudança que pode ajudá-lo não só a ser mais saudável, mas mais feliz.


Mantra: O que eu coloco no meu corpo está diretamente relacionado com o que pode sair dele. Vou fazer um esforço para saborear cada colher e ser grato pela comida a minha frente.


4.Mindfulness na caminhada

Não há nada como fazer uma caminhada longa e relaxante, especialmente quando o tempo está ótimo e há uma brisa suave. Ser consciente enquanto faz isso é fácil – concentre-se apenas em como cada passo faz você se sentir quando transfere seu peso para o outro pé. Sinta como suas articulações estão respondendo. Deixe sua mente vagar até entrar em um ritmo. Uma meditação em movimento não é apenas boa para a sua mente – é boa para todo o seu corpo!

Mantra: Um pé, depois o outro. Paz, então compreensão.


5.Mini meditação: Mindfulness em um minuto

Alguns dias você vai sentir que não consegue acordar cedo para praticar mindfulness ou está tão ocupado que é difícil encontrar tempo durante o dia para estar presente. Não é ideal, mas é compreensível! Quando você se sentir pressionado pelo tempo, basta fazer um check-in rápido e lembrar-se de sua respiração. Você está respirando profundamente ou suas respirações são superficiais? Você está segurando a tensão em seu rosto, pescoço, ombros ou barriga? Dê-se 10 a 16 segundos para respirar profundamente e girar seus ombros para trás, pensando sobre o momento presente. É como um pequeno botão de redefinição que o ajudará a permanecer focado e centrado.

Mantra: Usando minha respiração para permanecer centrado, eu posso rapidamente reorientar minha energia.


6.Sinta-se melhor em dias ruins

Dias ensolarados são ótimos porque você pode sair, fazer uma caminhada ou ir para um mergulho, se o tempo estiver quente o suficiente. Mas, sem chuva, você não iria apreciar o sol. Da mesma forma, alguns dias não serão tão bons. Mas é apenas temporário. Quando esse dia terminar, você iniciará um novo dia que traz a promessa de ser ainda melhor.

Perceba que está tudo bem em não se sentir no seu melhor dia, mas com o tempo, o sol sairá por trás das nuvens, e tudo ficará melhor do que agora.

Mantra: Não há nada de errado em ter dias ruins. Eu sei que as nuvens, às vezes, cobrem o sol, e há beleza nisso. Há conforto em saber que as nuvens não vão durar para sempre.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Happify Daily





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.