6 simples maneiras de amar-se novamente:

7min. de leitura

Você merece o tipo de amor que daria a outra pessoa.

Ao longo da vida, nós nos apaixonamos e desapaixonamos por nós mesmos,  muitas vezes.



Toda vez que pensamos negativamente sobre nós mesmos, perdemos, temporariamente, a nossa verdadeira natureza amorosa. Mesmo os “mestres espirituais” tiveram momentos em que não gostaram de si mesmos.

A dualidade de amor e ódio, luz e escuridão é  uma ilusão muito persistente que todos nós nos esforçamos para deixar no passado, às vezes. Na realidade, todos nós viemos do amor.

Como você se originou de um lugar abundante de amor, o amor reside dentro de você também. Então, como podemos descobrir nossa verdadeira natureza estando fora de contato com ela por tanto tempo?


Comece com esses seis exercícios simples, todos os dias, se quiser experimentar um maior amor-próprio.

Abaixo estão 6 maneiras simples de voltar a amar a si mesmo, começando agora:

1. Celebre a si mesmo, do jeito que é agora

Quando você acordar todas as manhãs, agradeça por tudo o que você é. Agradeça os seus olhos por permitirem que você veja, seu sorriso por fazer os outros sorrirem, seus cabelos por protegerem sua cabeça do sol, seu corpo por lhe dar a capacidade de mover-se, sua mente por permitir que você pense, seu coração por permiti-lo sentir, etc.

Você é literalmente um milagre ambulante, nunca se esqueça disso!


Você encarnou nesta Terra em um momento muito especial, quando muitos de nós foram chamados para trazer o planeta de volta ao alinhamento. Aprecie cada parte de si mesmo, porque nenhum outro ser neste planeta veio aqui para fazer o mesmo trabalho que você. Ninguém mais tem a mesma configuração genética ou capacidades, então, alegre-se com todo o seu esplendor único.


2. Dê permissão para sua criança interna renascer

Nossa criança interna não sabe da dor em que nos envolvemos tão fortemente por muitas de nossas vidas – só conhece o amor e a compaixão. Ela quer que nos expressemos plenamente, como fazíamos quando crianças. A criança interna espera ansiosamente que você se canse de viver nos confins de um mundo condicionado e quer que você aproveite a vida novamente.

Acenda a faísca dentro de si mesmo e desista do desejo de se adequar a qualquer padrão estabelecido pela sociedade. Viva de acordo com seus próprios padrões. Uma das melhores maneiras de nos amarmos, é simplesmente sendo autênticos.


3. Perdoe-se totalmente

Qualquer erro é parte de sua jornada – você não precisa se sentir envergonhado ou culpado por qualquer coisa que disse ou fez no passado. Abrace completamente os altos e baixos dessa existência e aceite que suas imperfeições o tornam perfeito. Você não sabia no passado o que sabe agora, então, teve que experimentar certos testes e provações para crescer como pessoa. A totalidade da criação habita dentro de você, então, lembre-se disso da próxima vez em que entrar no caminho dos pensamentos autodestrutivos.

Você reflete diretamente o cosmos, e a totalidade de suas experiências é necessária para que o universo se conheça melhor. Tudo o que você atravessa apenas o leva mais perto do seu eu mais elevado.


4. Pratique meditação amorosa e gentil

Antes que você possa mostrar amor e gentileza para qualquer outra pessoa, precisa dar lugar para isso existir dentro de si mesmo. Você precisa deixá-lo existir em cada célula de seu ser, e tornar-se as qualidades que procura fora de si mesmo. Uma das melhores maneiras de cultivar o amor e a bondade dentro é meditar sobre esses estados de ser. Imagine-se como um ser de luz, que irradia compaixão e amor por si mesmo e por todos nesta Terra.

Pegue essa energia do universo e permita que ela exista no seu ser espiritual. Faça isso por pelo menos trinta minutos por dia e tente não pensar em nada além de amor e bondade. Ao introduzir novos loops de pensamento em seu cérebro, você pode treiná-lo para pensar mais amorosamente.


5. Você já é completo

Você não precisa de nada fora de si mesmo para tornar-se inteiro – você representa todo o universo e já tem tudo que precisa. Você tem amor, compaixão, força, felicidade e todas as coisas que procura fora de si mesmo. Sem você, toda a química da consciência coletiva mudaria, porque você faz parte de tudo. Você é o todo, e uma parte do todo simultaneamente.

Nunca duvide da sua plenitude, e sinta-a em cada osso em seu corpo. Diga “Sou completo” a si mesmo, todos os dias, e você começará lentamente a lembrar-se desse aspecto fundamental de si mesmo.


6. Faça o que o seu coração quer

Nunca negue o que sua alma deseja – afinal, essa chamada é a razão pela qual você está aqui. Vá atrás de todas as coisas pelas quais se sentir atraído. Se você deseja viajar pelo mundo, faça isso. Se você deseja iniciar um jardim orgânico, comece.

Não espere até amanhã, próximo mês ou próximo ano. Faça o que quiser enquanto pode. Para amar a si mesmo, você deve nutrir sua alma e ouvir seus desejos mais íntimos. Você não pode se amar, se rejeitar sua missão. Todos nós temos gostos e desgostos diferentes, mas essas características ajudam-nos a entrar em contato com nosso eu superior.

Se você está pronto para amar a si mesmo, faça a declaração nos comentários abaixo – “Eu sou amado!”

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power of Positivity

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.





Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.