ColunistasPais e Filhos

7 atitudes que a ajudam a prevenir a ansiedade nas crianças:

7 atitudes que ajudam

A ansiedade infantil é muito séria e complicada, as crianças precisam de ajuda de seus pais e outras pessoas em suas vidas.



Quando reconhecemos os sinais e sintomas desse tipo de ansiedade, somos capazes de oferecer um melhor apoio para nossos filhos, ajudando-os a viverem vidas mais saudáveis e felizes.

Veja abaixo 7 atitudes que ajudam a prevenir a ansiedade nas crianças:

1. Conversar com elas sobre sua ansiedade


A ansiedade na infância não precisa e nem deve ser um tabu. Ao ensinarmos nossas crianças a falarem sobre esse assunto com liberdade e abertura, além de compreendermos melhor o que elas vivem, criamos um vínculo profundo com elas, o que facilita oferecermos ajuda.


2. Ajudá-las a refletir e compreender o que é a ansiedade

A ansiedade não é algo que desaparece da noite para o dia, mas sempre podemos trabalhar para lidar com os sintomas. Você pode ensinar seu filho sobre a condição e como ela o fará reagir, mas é necessário comprometimento e dedicação.



3. Conversar sobre os gatilhos de sua ansiedade

Quando nos dedicamos a aprender quais são as coisas que causam ansiedade em nossos filhos, eles passam a se sentir mais seguros e confortáveis consigo mesmos e em nossa presença, o que pode diminuir sua ansiedade.



4. Formular perguntas com cuidado

A forma como você fala com seu filho que sofre de ansiedade é determinante para o seu estado. Quando for fazer perguntas a ele, faça de uma maneira tranquila, que o permita ser o mais autêntico possível.


5. Entender o efeito que a ansiedade causa nos seus filhos


A ansiedade já não é fácil para adultos, para crianças pode ser ainda mais exaustivo. Por mais que as crianças naturalmente tenham menos habilidades para controlar suas emoções, a ansiedade torna tudo ainda mais complicado. É importante que os pais estejam sempre presentes, mostrando que estão ao seu lado apesar de tudo.


6. Ouvir honestamente seus filhos

Ouvir seus filhos é uma das coisas mais importantes que você pode fazer. As emoções das pessoas que sofrem de ansiedade podem sufocá-las, e conversar com alguém que realmente as ouve pode ser tranquilizador e libertador. Seja um ombro amigo para o seu filho sempre que necessário.



7. Ser um exemplo para seus filhos

É muito importante que possamos ser exemplos para nossos filhos sobre como levar vidas saudáveis, mesmo convivendo com a ansiedade. Incorpore atividades positivas em sua rotina, como tempo para si mesmo, passeios, conversas em grupo e outras atividades que possam ajudá-lo a viver melhor.



Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: altanaka / 123RF Banco de Imagens

Planejamento e organização são tudo!

Artigo Anterior

26 citações inspiradoras para te dar motivação frente aos desafios da vida:

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.