7 coisas que você não sabia sobre os seus pensamentos

O pensamento é uma das faculdades mais poderosas dos seres humanos. Existe um grande consenso entre as comunidades científicas e religiosas sobre a capacidade de manifestar coisas relacionadas aos pensamentos predominantes, e essa seria a principal diferença entre as pessoas bem e malsucedidas.

O problema é que a maioria das pessoas são controladas pelas atividades cerebrais diárias e aleatórias, diferentes da maneira intencional e ordenada de pensar.

1. Pensar corretamente pode ser aprendido

O pensamento é realmente a maior das capacidades humanas, e costumamos creditar que o praticamos bem, todo o tempo, mas isso não é verdade.

As ideias aleatórias que surgem em nossas mentes o tempo todo, sem o nosso controle, são atividades cerebrais induzidas de maneira automática por estímulos momentâneos ou por informações do subconsciente.

É estranho quando observamos nosso sistema de ensino e percebemos que nunca fomos ensinados a pensar. A realidade é que isso pode ser aprendido, assim como aprendemos a escrever, ler ou tocar um instrumento musical.

Se você não tiver algum ensinamento familiar ou por outros meios que estimulem a maneira correta de pensar, serão muitas as possibilidades de ser conduzido para qualquer lugar como uma rolha no oceano.

Todas as nossas intenções, conscientes ou não, se iniciam na mente. O que precisamos fazer é tornar conscientes dos nossos pensamentos para que eles trabalhem principalmente na construção de nossos sonhos, objetivos e metas.

Crie imagens detalhadas desses sonhos. Não desperdice tempo e criatividade com os medos.

A prática diária dos pensamentos conscientes e construtivos pode se tornar um padrão, transformando sua vida de maneira significativa.


2. A imaginação é a sua maior ferramenta

Tudo que você pode observar à sua volta: equipamentos eletrônicos, automóveis, utensílios, móveis. Todas essas coisas foram criadas primeiramente na imaginação de alguém, nada surgiu por acaso.

A imaginação é, sem dúvida, uma grande ferramenta. Com a ajuda dela, você pode alcançar tudo o que quiser.

É necessário imaginar seus desejos com o maior número possível de detalhes, antes mesmo que as soluções e planejamentos venham à mente.

Por isso, é tão importante ter clareza do que você quer e começar a se imaginar na posse do seu grande desejo, como se já o tivesse alcançado. Essa prática, sem dúvida, lhe trará as ideias certas para chegar até o objetivo.

Desperdiçar tempo pensando nas coisas que não queremos que aconteça jamais nos trará benefícios ou grandes ideias para nosso desenvolvimento.

Se você parar e observar sua mente, vai descobrir que faz isso, praticamente, o tempo todo.

As pessoas bem-sucedidas imaginam o resultado final e trazem isso para o presente, veem o que querem e então elas agem como a pessoa que devem ser.

Pode parecer uma ideia bem estranha, mas o nosso maior dom é utilizado com maestria durante a infância.

Temos o costume de nos questionar sobre o que se passa na mente das crianças. Elas criam ideias sensacionais com a imaginação. Cenários e histórias surgem enquanto brincam.

Com o tempo, a maioria das pessoas se esquecem de como utilizar a imaginação para o que deseja e deixam os problemas tomarem conta de toda a mente.


3. Os pensamentos predominantes determinam os resultados

Sabemos que nossas ações produzem nossos resultados, e para modificá-los precisamos mudar essas ações. Nossos atos podem mudar temporariamente, mas os pensamentos que você mantém repetidamente são enviados à sua mente subconsciente e determinam o que acontece em sua vida. Porque suas ações e emoções são controladas pelo subconsciente.

Os eventos em sua vida são o espelho de sua mente. Quando você utiliza a mente, ela o ajuda a alcançar seus objetivos, trazer muita alegria ou inúmeras doenças.

Você pensa em segredo e acontece externamente. Tudo depende de como você utiliza a sua mente.

Haverá um equilíbrio em tudo o que estiver buscando melhorar, quando você mudar e assumir o poder de seus pensamentos.

A mente é o fator básico que governa fortemente a vida inteira. Pense nisso.


4. Pensamentos podem ser atraídos

Conforme começamos a entender a mente, magnífica, que temos, compreendemos o que é um pensamento e o poder que ele possui, descobriremos, também, que pensamos em frequências.

Os bens que desejamos já estão aqui, só precisamos começar a pensar na mesma frequência para atrair os pensamentos que realmente criarão as ideias que nos levarão até eles.

Estudiosos da Física Quântica acreditam que podemos nos envolver em transmissões de pensamentos como telepatia, e que fazemos isso o tempo todo sem nos dar conta.

Entrelaçamento Quântico é um fenômeno estudado pela Física Quântica que possibilitou a elaboração de teorias sobre a conexão das coisas, até as invisíveis, como a força eletromagnética, oxigênio e as ondas cerebrais.

Com isso, é possível imaginar como os pensamentos podem ser ligados e atraídos entre as pessoas.

Esse não é um conceito tão complicado, mas é necessário praticar. Terá que internalizar os pensamentos sobre os seus objetivos e senti-los com o coração.

Quando você faz isso com todo o seu ser, mente e corpo se movem para uma vibração energética ditada pelo pensamento que foi internalizado.


5. Nossos pensamentos são energia

Todas as coisas em nosso universo são formadas por átomos, ou seja, energia, como todas as formas de ondas e substâncias invisíveis, inclusive nossos pensamentos.

O pensamento humano é uma força real como a energia elétrica, calor ou água.

Vivemos num oceano de pensamentos, assim como de ondas energéticas naturais ou induzidas tecnologicamente. Esses fenômenos são regidos por leis universais exatas.

Nossos pensamentos são como ondas cósmicas que penetram por todo tempo e espaço. Somos seres criativos e fazemos parte das grandezas universais.

Imagine por um momento, quanto seriam os benefícios se utilizássemos essa força de maneira correta para criarmos nossa realidade?


6. Os pensamentos viciam

O cérebro é uma grande fábrica de substâncias químicas: hormônios, enzimas, aminoácidos entre outras.

Todos os sentimentos como: alegria, tristeza, raiva, amor, entre outros, são responsáveis por descargas químicas no organismo através do cérebro.

Nosso cérebro não sabe a diferença entre o que se viveu fisicamente e aquilo que se lembra, porque as mesmas redes neurais são acessadas.

O cérebro é formado por células nervosas minúsculas chamadas neurônios. Eles possuem ramos que se expandem e se conectam com outros neurônios para formarem a rede neural.

Nossos conceitos são construídos no cérebro através da memória associativa. Ideias, pensamentos e sensações, são todas construídas e interligadas nessa rede neural.

O conceito de amor, por exemplo, está guardado nessa rede, mas pode ter sido construído com associações não muito agradáveis como frustrações amorosas e traições.

Nessas condições, ao pensar no amor, podem surgir sensações de dor, raiva ou tristeza. Essas sensações podem estar ligadas a uma pessoa que então é ligada novamente ao amor.

Quanto mais você pensa em coisas que lhe trazem essas sensações, mais reforça as conexões neurais entre as células nervosas, mais firmam os conceitos e mais o cérebro e o organismo todo ficam dependentes das químicas envolvidas.

Seus comportamentos inconscientemente começam a ser moldados de maneira que o levam aos mesmos resultados que lhe trazem mais dessas sensações.

Por isso, as pessoas com problemas nos relacionamentos tendem a passarem pelas mesmas experiências repetidamente.

Esse “vício” pode ocorrer com quaisquer sensações estimuladas diariamente, por isso é tão importante “tomar rédeas” dos seus pensamentos e começar a alimentar a mente com coisas que lhe trazem os melhores sentimentos possíveis.


7. Pensamentos negativos prejudicam o cérebro

Todas as habilidades são adquiridas com treinamento e repetições. Assim como os músculos do corpo, o nosso cérebro pode ser treinado para adquirir maestria em alguma coisa.

Desta mesma forma, os pensamentos negativos podem se tornar uma “habilidade” quando praticado constantemente. Quanto mais a pessoa foca no lado negativo, mais o cérebro se torna capaz de perceber problema nas coisas.

O cérebro estará sempre em alerta, buscando brechas negativas, e você passa a reclamar de tudo.

Os pensamentos negativos repetitivos prejudicam a capacidade de raciocinar, formar memórias, e podem consumir todos os nossos recursos cerebrais causando Alzheimer com o passar dos anos.

É muito fácil perceber o quanto os maus pensamentos atrapalham nossas vidas.

Quando eles resultam em estresse ou transtornos de ansiedade, perdemos temporariamente a capacidade de raciocínio lógico e não conseguimos resolver problemas simples ou ter um relacionamento leve com as pessoas.

Estudos da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, apontam que 30 minutos diários de pensamentos ruins são o suficiente para danificar o funcionamento dos neurônios do hipocampo: a região da massa cinzenta que trabalha na resolução de problemas.

Em resumo, o que devemos fazer é nos distanciar ao máximo das ideias negativas.

Todos nós enfrentamos dificuldades e problemas em algum momento da vida. Para seguir com mais entusiasmo e coragem, devemos zelar pela saúde mental e de nosso cérebro.

Se você parar para pensar, chega a ser irracional, quando nos conectamos a coisas ruins através de noticiários especializados em desgraças, vídeos ou conversas negativas, como se já não bastassem as dificuldades naturais que enfrentamos.

Infelizmente, muitas pessoas praticam isso no dia a dia, sem a mínima noção do tamanho do problema que causam à saúde.


Direitos autorais da imagem de capa licenciada para o site O Segredo: 123RF / Imagens



Deixe seu comentário