publicidade

7 coisas que você pode estar fazendo que reduzem a sua vibração

É bastante fácil ser pego no “sistema”, também conhecido como matriz, e sem brincadeira … isso te traz você para baixo.



É por isso que montamos essa lista. Para expor alguns dos traços comuns das pessoas que vivem na selva urbana

“A única coisa que você pode levar consigo quando sai deste mundo são as coisas que você embalou dentro do seu coração” – Susan Gale

Não é preciso muito para ser uma pessoa espiritual. Ser espiritual significa colocar as necessidades emocionais e psicológicas de si e dos outros à frente das materiais e físicas.


Ser espiritual é mostrar compaixão e ajudar os outros. Ser espiritual é ser altruísta no ganho material e egoísta na progressão da alma. Mas, quando perdemos de vista esta nossa energia, nos voltamos para essas ilusões materiais que podem nos levar a um caminho de ganância, ciúme e inveja de todos, o que reduz a nossa energia vibracional.

Porque o poder dos nossos pensamentos é tão potente, a energia que os acompanha irradia de nosso ser como ondas de sons. Literalmente, o que achamos que mantém a sua própria frequência vibracional e quando nos alinhamos com o que é verdade para a nossa alma, encontramos a paz, aceitação e harmonia em nossa existência.

7. Você exagera nos aspectos materiais da vida

Apesar de brincadeiras físicas poderem ser reconfortante, às vezes, nunca devemos deixar que fiquem no centro do nosso universo. Seja autêntico, persiga a sua paixão e os confortos materiais seguirão.



6. Você se preocupa demais

Preocupações e excesso de pensamentos sobre decorre de falta de confiança. Quando não confiamos em nós mesmos, é difícil confiar no mundo ao nosso redor. Quando não estamos confiantes o suficiente em nós mesmos, acabamos desvalorizando a nossa própria existência. O que nos leva a …


5. Você subestima-se

A melhor maneira de descrever o seu eu superior nesta circunstância é pensar em si mesmo como uma criança com esperanças, sonhos, criatividade e toda a confiança do mundo. Quando somos jovens, nossos mundos parecem pequenos, e ainda assim nossas imaginações são dez vezes maiores. Quando nós envelhecemos, nossos mundos aumentam e nossa imaginação diminui. Seu eu superior sabe que você tem propósito, que seus sonhos são importantes e sua mente importa. Não se venda, você é tão valioso quanto o outro. Pense grande, sonhe maior ainda.


4. Você se agarra às coisas por muito tempo

Na fábrica de nosso ser encontramos a energia, e energia está sempre em um estado constante de vibração. Isto quer dizer, a energia está sempre num estado de fluxo. Deveríamos estar assim também.

Permita-se tempo para processar e tempo para sentir. Sentir todas as emoções que podemos realmente nos faz sentir vivos. Abrace a sua tristeza, comemore suas alegrias e depois passe para a próxima.


3. Você ignora suas próprias necessidades

É fácil ficar preso em ciclos energéticos repetitivos que não servem o nosso bem maior. Quer se trate de um estilo de vida, um emprego ou um relacionamento, quando caímos nesses ciclos nos sentimos presos, ao mesmo tempo sabemos que já devíamos ter partido.


2. Você abafa sua voz interior

“Todo mundo que queira pode ouvir sua voz interior, ela está dentro de todos” – Ghandi

Todos temos a intuição na forma do que chamamos de voz interior, mas o grau de intensidade depende do nível de uns consciência. Conhecido como um insight, esse instinto natural pode passar despercebido se alguém o ignora por muito tempo. Mas quando confiamos, nossa intuição nos permite ser mais conscientes das situações e atividades em nossa vida. Nunca se apresse, sempre tenha um momento para ouvir a si mesmo, confiar em si mesmo, confiar em seu coração.

Quando ouvimos nossos corações, estamos em sintonia com a nossa intuição. Esta ligação revela as verdades escondidas uma vez sobre nós mesmos e nossas situações atuais da vida, permitindo-nos a oportunidade de ficar em contato com a nossa mente subconsciente; libertando-nos das limitações e removendo aspectos restritivos do ego. Isto leva a um enorme crescimento, criatividade e uma evolução da consciência.


1. Você está preso no passado

A única maneira de manter o passado vivo é reciclar a memória. Quando reciclamos memórias, estamos inconscientemente regenerando a velha energia dessas experiências, a fim de “mantê-las vivas” em nossas células e, quando fazemos isso, nosso ego continua a alimentar-se do apego. Esta repetição faz com que nosso corpo energético torne-se estagnado e preso.

Quando você solta o passado, eleva a sua vibração e a energia velha morre, permitindo que a nova energia mais positiva flua. Nova energia traz mudança, e mudança sempre traz novas oportunidades de crescimento e harmonia.

 

___

Traduzido pela equipe de O Segredo

Fonte: Spirit Science

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.