Família

7 hábitos para melhorar a autoestima do seu filho

7 habitos para melhorar a autoestima do seu filho
Comente!

Conheça algumas dicas para fomentar essa habilidade tão importante para o seu filho!

Dentre as infinitas preocupações dos pais com os filhos, talvez uma das que mais mereçam a atenção seja a autoestima que eles desenvolvem desde muito pequenos.

Embora em uma análise rápida as notas na escola ou na faculdade e o trabalho possam chamar mais a nossa atenção, o fato é que a autoestima é fundamental, porque ditará a forma como toda a vida dos pequenos se desenvolverá, seja em âmbito pessoal ou profissional.

Cuidar da autoestima de nossos filhos é zelar pela sua saúde emocional deles, ajudá-los a lidar com os seus sentimentos e os julgamentos alheios. É cumprir a nossa responsabilidade e direcioná-los por um caminho saudável, ensinando-os desde cedo a reconhecer o seu valor e não se deixar abater pelos obstáculos no caminho.

Na lista abaixo, deixamos algumas dicas muito interessantes que ajudarão você a cuidar da autoestima do seu filho. Simples de serem colocadas em prática, elas melhoram substancialmente a maneira como ele enxerga a si mesmo. Confira!

1.Perdoe os seus erros por amor

O amor dos pais pelos filhos deve estar presente em todos os momentos da vida, especialmente nas dificuldades, quando sentimos que eles não são merecedores do nosso esforço. Podemos ter os nossos momentos de estresse e apresentar aos filhos as consequências de seus erros, mas devemos ter sabedoria para sermos guiados pelo amor, caso contrário, criaremos neles traumas eternos.

2.Coloque-se no lugar dos seus filhos

Quando nos tornamos adultos, pode ficar muito fácil julgar e brigar com as crianças por coisas óbvias, mas a realidade é que nós já estivemos no mesmo lugar e passamos pelos mesmos dilemas. Quando reconhecemos isso e assumimos uma postura de amigo, ao invés de carrasco, nossas relações como eles podem melhorar muito.

3.Evite o verbo “ser”

É bastante comum definirmos os nossos filhos dizendo “você é assim” ou “não é assim”. Essa é concepção muitas vezes limitante, porque planta em suas mentes a ideia de que eles serão dessa forma para sempre, e dificulta uma mudança para melhor. Troque essas frases por “você não está arrumando as suas coisas” ou “você não tem conversado muito com a gente” para que eles não cresçam se limitando.

4.Valorize o desempenho de cada um, não o resultado

Nossos filhos, assim como nós, não são perfeitos em tudo, e exigir isso deles é no mínimo injusto, só contribuirá para que cresçam achando que não são bons em nada. Aprenda a enxergar e parabenizá-los pelo seu esforço acima do resultado, isso os ajudará a compreender que são sempre apreciados e os motivará a darem sempre o melhor de si.

5.Torne-se um exemplo a ser seguido por eles

Quando se trata de criar bem um filho, as atitudes sempre falarão mais alto do que as palavras, porque é através da observação que os pequenos aprendem qual caminho devem seguir. Então, se você quiser que seus filhos sejam bem-educados, trate a todos com respeito; se quiser que sejam organizados, cuide também de suas coisas. Isso vale para tudo na vida.

6.Incentive-os a praticar esportes ou outras atividades

A rotina pode cobrar muito da saúde emocional dos pequenos, quando não têm algo com que se distrair. Nesse sentido, os esportes ou outras atividades que lhes permitam movimentar o corpo e suar podem ajudar a torná-los não apenas mais saudáveis, mas também mais confiantes em si mesmos em outras áreas da vida. Substituir o celular por um tempo de atividade com certeza fará diferença em sua qualidade de vida.

7.Fale bem deles para os outros

A opinião dos pais é uma das ferramentas mais importantes para a autoestima dos filhos, especialmente em seus primeiros anos de vida. Saber que são elogiados e mencionados com amor e carinho pelos seus pais os tornará muito mais tranquilos e lhes dará a confiança necessária para encarar o mundo.

Comente!

Uma mulher ou um idoso dormindo? Responda e te diremos quão mentiroso você é!

Artigo Anterior

Mãe pediu aumento de salário para técnico que consolou seu filho cego durante o trabalho

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.