Família

7 irmãos que ficaram órfãos após acidente de carro são adotados pela mesma família!

Os irmãos sobreviveram a um acidente de carro, em que perderam os pais. Acreditavam que jamais conseguiriam ser adotados todos juntos.



A adoção é um processo pelo qual se devolve à criança ou adolescente a chance de viver a dinâmica familiar. São inúmeros fatores que fazem com que as crianças vivam em abrigos ou casas de acolhimento, mas muitos deles envolvem, invariavelmente, algum tipo de trauma, já que todas elas precisam lidar com a perda de alguma forma.

Na Califórnia (Estados Unidos), sete irmãos perderam os pais num acidente de carro, no fim de 2018, e se viram órfãos de uma hora para outra. Além de precisar lidar com o acidente em si, já que todos estavam no veículo no momento da tragédia e se viram sem nenhum tipo de amparo parental, precisariam lidar com a adoção.

O caso saiu nos jornais nacionais e os sete irmãos pediam para ser adotados juntos, mas tinham poucas esperanças em relação a isso. De acordo com a reportagem do CBS8, as crianças tinham idades entre 2 e 13 anos, implorando por uma família que aceitasse todos de uma vez. A história deles viralizou nas redes sociais, e muitas pessoas estavam curiosas com o desenrolar daquela trama.


Pam Willis ficou sabendo daquela história enquanto rolava a sua página do Facebook, e a foto das crianças sensibilizou-a totalmente. A primeira coisa em que pensou foi que ninguém teria espaço para abrigar todos e, em seguida, refletiu que sua casa tinha todo o espaço necessário.

Como não sabia o que seu marido Gary pensava sobre o assunto, marcou-o na publicação e aguardou para saber o que ele achava. Mais tarde, naquele mesmo dia, Pam conta que estava pronta para convencer o marido daquela ideia, mas assim que chegou para conversar, descobriu que ele pensava a mesma coisa. Eles tinham espaço, os cinco filhos já haviam crescido, o ninho estava vazio e eles deveriam adotar os irmãos órfãos.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@second.chance.7.

Os irmãos acreditavam que não seriam adotados todos juntos, mas assim que isso aconteceu, ficaram  surpresos, principalmente porque carregam diversas cicatrizes físicas e emocionais de tudo que aconteceu. Antes do acidente, Adelino, o filho mais velho, lembra-se de já ter passado necessidades com a família biológica, chegando até a ficar sem teto por um tempo.


O adolescente ainda revela que a vida era bem complicada, já que vivia discutindo com os pais para que lhes oferecessem alimentação. Mas o acidente, que provocou ferimentos graves, como ossos quebrados, também ofereceu uma nova esperança, uma motivação para que continuasse vivendo.

Direitos autorais: reprodução Instagram/@second.chance.7.

As crianças são unânimes em afirmar que os pais adotivos fazem o melhor que podem, oferecendo carinho e muitos cuidados que não tinham antes. Como o número de filhos é bem alto, e a história deles já tinha viralizado antes mesmo da adoção, a família se tornou “influenciadora”, ganhando inúmeros seguidores que adoram assistir um pouco do dia a dia deles.


Artista de rua humilhado em semáforo recebe apoio de desconhecidos e já arrecadou R$ 14 mil!

Artigo Anterior

Vizinho doa parte de seu terreno e constrói casa em um mês para morador de rua

Próximo artigo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.