publicidade

7 razões pelas quais as pessoas permanecem em relacionamentos que não deveriam:

“Perder não é sempre uma perda, às vezes você tem que perder relações tóxicas e maus hábitos para criar espaço para coisas melhores.” – Gugu Mona

Os relacionamentos são, muitas vezes, complexos, e a maioria dos casais têm altos e baixos. Isso acontece com todos – nem tudo é perfeito o tempo todo. Mas, às vezes, as pessoas ficam em um relacionamento que, claramente, não está funcionando. O relacionamento vai de altos e baixos para apenas baixos.



Este é o momento em que as pessoas com entendimentos saudáveis ​​sobre relacionamentos decidem cortar laços e partir – às vezes, mesmo de forma amigável, mesmo que o fim da relação seja triste.

Há momentos, no entanto, em que alguém não sabe quando é hora de acabar com o relacionamento e permanece até muito tempo após a data de validade. Essas pessoas estão infelizes em seu relacionamento, mas permanecem assim mesmo.

O que exatamente a psicologia explica sobre o motivo pelo qual as pessoas ficam em relacionamentos que não funcionam mais?


7 Razões pelas quais as pessoas permanecem em relações que não devem:

1. Baixa autoestima

Uma das razões pelas quais alguém pode permanecer em um relacionamento que não é mais feliz ou saudável, pode ser a baixa autoestima. Alguém que tem alta autoestima é capaz de ver que vale mais do que um relacionamento que constantemente o torna miserável. Essa pessoa é capaz de entender quando é hora de partir, pelo bem de sua própria saúde mental.

Por outro lado, alguém que tem baixa autoestima pode sentir que se falar sobre sua infelicidade em um relacionamento, será confrontado com a rejeição.


2. Medo da solidão

As pessoas que têm medo de ser solitárias são muito mais propensas a permanecerem em um relacionamento que não está funcionando ou que está ativamente fazendo-os infelizes. Esse medo é forte o suficiente para anular quaisquer outros sentimentos que elas possam ter para com seu parceiro. Para elas, estar juntos e infelizes é muito mais preferível do que estar sozinha e infeliz.


A única maneira de poderem curar esse sentimento particular é aprender a encontrar a felicidade a partir de dentro. Aprender a ficar sozinho e amar a si mesmo é a chave para ser capaz de conquistar o medo da solidão, que mantém as pessoas presas em relacionamentos infelizes.


3. Acreditar que seu parceiro pode mudar

Isso acontece muitas vezes com relacionamentos infelizes. Muitas pessoas ficam em relacionamentos não saudáveis ​​porque acreditam que as falhas de seus parceiros acabarão por se resolver. Muitas vezes, a espera não compensa. As pessoas podem e mudam o tempo todo.

Todos estamos constantemente mudando, crescendo e nos adaptando à vida. Infelizmente, não é função de outra pessoa esperar que essa mudança ocorra. Isso só trará ressentimento e infelicidade a ambos os parceiros. A melhor coisa a fazer é deixar seu parceiro encontrar essa mudança por conta própria. Ele pode mudar – eventualmente. Mas não há motivos para aguardar.


4. Medo da instabilidade financeira

Isso geralmente acontece com mulheres cujos parceiros são os únicos ou principais provedores do lar. O medo da instabilidade financeira no mundo atual não é totalmente infundado. No entanto, esse medo pode levar muitas pessoas a permanecerem em um relacionamento que há muito se tornou prejudicial.

A melhor maneira de conquistar esse medo é ter recursos e um sistema de suporte. A família e os amigos muitas vezes são mais do que dispostos e capazes de ajudar nesses casos. Os planejadores financeiros também estão disponíveis para ajudar a elaborar um plano para um futuro financeiro estável.


5. Permanecer no relacionamento pelos filhos

Às vezes, tentar ficar no relacionamento pelos filhos também não é a melhor coisa a fazer e, definitivamente, não é a melhor coisa para qualquer um dos parceiros. Um relacionamento ruim entre os pais muitas vezes afeta as crianças tanto quanto o casal.

Muitas vezes, a infelicidade e o abuso que um parceiro pode suportar durante o relacionamento também é sentido pelas crianças.

Ficar em um relacionamento prejudicial é apenas reforçar aos seus filhos que eles, também, devem suportar e sofrer quando não estão mais felizes. Tomar as medidas para deixar um relacionamento quando se tem filhos pode ser assustador e difícil, mas pode ser feito. Busque centros de ajuda, se necessário e envolva-se com o apoio de amigos e familiares.


6. O abuso é considerado normal

Infelizmente, quando as pessoas crescem em famílias abusivas, muitas vezes estão mais inclinadas a acreditarem que o abuso que é normal. Este é um fator contribuinte para o porquê uma pessoa fica em um relacionamento que é ativamente prejudicial para si. Essas pessoas podem ser incapazes de reconhecer o que é ou não é abuso, pois as partes prejudiciais de um relacionamento – ciúmes, possessividade e até violência – tornaram-se normais para elas ao longo dos anos.

As pessoas que vivenciam isso podem precisar de ajuda para reconhecer como é um relacionamento saudável. Ser uma fonte de apoio para pessoas que se acostumaram ao abuso é um passo importante para ajudá-las a deixar seus parceiros.


7. Acreditam que sua relação é “boa o bastante”

Muitas vezes, pessoas que estão em relacionamentos ruins vão compará-los a outros relacionamentos não saudáveis ​​que parecem pior. Justificam a si mesmas porque não vão embora com o seguinte pensamento: “Bem, pelo menos ele não me bate”, ou “Pelo menos ela não é violenta”. Essas pessoas talvez não saibam que há mais em relacionamentos do que o que estão vivendo atualmente. As pessoas que fazem isso são mais propensas a permanecerem em um relacionamento por mais tempo do que qualquer outra pessoa com uma compreensão saudável de relações.

Compreender os motivos pelos quais as pessoas permanecem em relacionamentos não saudáveis ​​é o primeiro passo para ajudar alguém que você ama – ou a si mesmo. Se o relacionamento simplesmente seguiu seu curso ou se tornou uma fonte de abuso, o mais importante é entender que as relações não precisam ser uma fonte de estresse e infelicidade.

Relacionamentos podem ser saudáveis, felizes e seguros. Uma vez que alguém é capaz de reconhecer porque não vai embora, é mais fácil começar a procurar recursos para permitir que seja capaz de fazê-lo.

____

Traduzido pela equipe de O Segredo – Fonte: Power of Positivity

Baixe o aplicativo do site O Segredo e acompanhe tudo de pertinho. Android ou IOS.

Texto escrito com exclusividade para o site O Segredo. É proibida a divulgação deste material em páginas comerciais, seja em forma de texto, vídeo ou imagem, mesmo com os devidos créditos.




Deixe seu comentário

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site.